03/10/2014

RESENHA: Se eu ficar - Gayle Forman

Se eu ficar 

Autor: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Edição: 1
Ano: 2014
Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.
Depois de tanto rebuliço por causa desse livro, esperava mais... bem mais.

Mia tem 17 anos, tem uma família bacana, um namorado lindo e legal, e uma amiga maravilhosa. Até que um dia acontece um trágico acidente. Onde ela acaba perdendo a sua família: seus pais e seu irmão mais novo. E é a partir desse acidente em que o desenrolar da trama começa a se formar. Logo de cara, quando o acidente acontece, fica tentando entender o que aconteceu.

O livro foi decepcionante pra mim e esqueci de um detalhe. Ela fica tentando entender como tudo acontece, no entanto, também fica tentando entender como ela consegue visualizar tudo. Todo o acidente, se ela própria está em coma. Lembra um pouco E se fosse verdade, onde a mulher consegue ver tudo mesmo estando internada. E isso acontece com a Mia, protagonista de Se eu ficar. Mas as comparações cessam por aí. 

Já no acidente quando a Mia tenta entender o que está acontecendo, ela vê o pai e a mãe mortos. E a impressão que me passou, naquele momento, é que ela não estava sentindo nada. Gente, sério. Em certos momentos ao decorrer do livro a protagonista não me convenceu, não consegui me conectar com ela. Ela depois que ela foi levada para o hospital, ficou olhando/observando a idas e vindas dos parentes, principalmente dos avós. E nem aí ela me pareceu realmente triste, em dúvida ou com medo.

Durante a trama a protagonista tinha certos flashbacks, contava momentos que havia vivido com os pais e irmão, e principalmente o namorado. Claro, eu sei que o namorado é algo maravilhoso, que pesa muito também na nossa vida. Mas ela tinha acabado de perder os pais! Uma outra coisa que me irritou um pouco foi o mimi da protagonista nesses flashbacks, pra vocês entenderem melhor os pais dela são roqueiros e o namorado também e ela é musicista clássica. No começo qualquer um nessa realidade ficarei um pouco por fora, mas a vida inteira? Ah, meus pais gostam desso tipo de música... Ah, meu namorado é roqueiro e não me encaixo no mundo dele. E gente, os pais e o namorado pouco se importavam pra isso. Na narrativa da própria Mia me deu a entender isso. E ela ainda assim ficava cheia de insegurança e de mimi. Me irritou.

Mas calma, o livro é bom. Teve momentos que me emocionaram, os momentos que o foco não era os sentimentos da protagonista. Mas sim, a do namorado, dos avós (principalmente do avô), e da melhor amiga - Kim. Claro que ela continuava sendo a narradora, já que o livro é em primeira pessoa. A trama em si é algo bem bacana. Nos faz refletir, hoje pode estar tudo bem e amanhã? será que vai?

Eu indico que leiam, porque opiniões variam. A minha não foi totalmente positiva, como de muitas pessoas que eu vi. Mas a leitura ainda assim, vale a pena.

E esqueci um detalhe: a diagramação interna e está cheias de erros. Como por exemplo: “Adam perceber que eu estava magoada”, Entendo que foi a ânsia de publicar o livro, por causa do filme, mas o que custava ter um pouco mais de cuidado né? A Novo Conceito em alguns livros tem tantos cuidados que até dá gosto, em outros acaba falhando desse jeito. Há detalhes em todas as folhas do livro, o que achei fofo. A capa é a mesma do filme, gostei também. 

QUOTES: 

“– Mas, falando sério, como a gente consegue acabar com o nervosismo? - Papai continuava sorrindo, mas posso dizer que ele tinha ficado sério porque diminuiu o tom de voz: 
“– Nós não conseguimos. Apenas aprendemos a lidar com ele. E aguentamos firme.”
“O meu povo sabe lutar como ninguém, mas com palavras, palavras, muitas palavras! -contou-me Kim certa vez.”
“Percebo agora que morrer é fácil. Viver que é difícil.”
“Às vezes você faz escolhas na vida e outras, as escolhas vêm até você.”


16 comentários

  1. Ei, Kamilla.

    Visitando blogs vi o link do seu e resolvi dar uma passadinha por aqui e encontro a resenha de Se eu ficar, lindo livro não?
    Eu fiquei louca pra ler ele e já fui comprando na pré-venda e quando chegou o li em apenas 2 dias, acho que teria lido em 1 se não tivesse tão atarefada naquela semana. Gosto muito de Mia e do seu amor pela música, acho maravilhoso e fiquei agora pensando na diagramação. Linda né?! Aquelas cifras pelo livro e tudo mais. Apaixonei pelo Adam e muito mais depois de ver o filme, acho que o ator ficou perfeito em sua encenação. Como uma viciada em livros já fiz o pedido de Pra onde ela foi. #chegalogo
    Acho que estou falando demais, mas queria te dizer que adorei seu blog e pelo que notei você é nova por aqui. Já curti sua page do face e seguir seu blog. Visita o Paradise depois, olha o link dele: http://paradisebooksbr.blogspot.com.br/

    Tenho uma irmã que chama Kamilla também o nome dela e escrito igualzinho ao seu.
    Vou ficando por aqui e beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por visitar meu cantinho. O livro trás uma reflexão bem válida realmente. ^^
      Já estou seguindo o blog de vocês e curti a página também!

      Beijos pra ti e pra minha xará também hahah

      Excluir
  2. Oi, Kamilla!
    Já estou mais que receiosa em ler esse livro.
    Estou vendo que as maiorias das pessoas que lêem se decpcionam. Com toda aquela divulgação acabou que o filme parece ser melhor que o livro.
    Uma pena né?
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, fizeram tanto reboliço. Pensava que era O livro. Mas acabou sendo um livrinho com uma história morna. E só. Infelizmente. Eu vi muita gente comentando isso, Eliana, que o filme era melhor que o livro. E olha que isso é raro. rs

      Beijos

      Excluir
  3. Esse livro me parece interessante, acho que vou ler, mas agora com a sua resenha, vou ir com menos empolgação, porque acho que é melhor descobrir que o livro é melhor do que você imaginava, do que criar expectativas enormes e elas não serem atendidas kkkkkkk enfim, gostei da tua resenha, me alertou bastante.
    Beijos!

    Blog Vício Literal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem melhor mesmo. Tem uma mensagem bacana, eu indico que leia. Mas sem ir com muita cede ao pote mesmo. É bom pra não se decepcionar com a leitura. haha E se gostar, vai ser lucro, pois a leitura acaba sendo mais gostosa quando a gente não espera tanto.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi, como vai?
    Gostei muito da sua resenha, apesar de eu ter achado Se Eu Ficar um dos melhores livros desse ano.
    Fico contente que mesmo com pontos negativos, você ache que o livro valha a pena e o indique.
    Eu também amei a diagramação dele.
    Beijão,

    www.enquantoestavalendo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As opiniões sobre esse livro estão bem distintas. Talvez fosse mais agradável pra mim em outro momento ou se eu não estivesse esperado tanto. O livro traz uma reflexão bacana, eu gostei disso.

      Esses detalhes das notas realmente foram show!

      Beijos

      Excluir
  5. P.S: Quando digo diagramação, digo as notas musicais que estão nas páginas. Beijão!

    ResponderExcluir
  6. Olá Kamilla!
    Gostei bastante da sua resenha. Acredita que não me senti nenhum pouco tocada para ler esse livro muito menos para assistir o filme? Então, acho que a história em si não me chamou a atenção.

    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. É bem chato quando a personagem fica de mimimi mesmo haha
    Apesar disto, parece ser uma estória que emociona muito e faz refletir. Gostei da sua resenha! :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito mesmo, ando sem paciência alguma pra isso! haha
      Beijos

      Excluir
  8. Eu já li esse livro e adorei, ele é incrível mesmo. A simplicidade que a autora escreve e a forma que tudo é tão real me cativou, adorei e leitura.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Acho que muitos leitores se decepcionaram com esse livro, eu estou na pagina 50 e sinceramente também esperava muito mais. Até agora eu não vi nada de interessante. Ao contrario, as vezes quero que ela morra logo kkkkkkkk Caramba garota egoísta que só pensa nela. Uffa... esse livro me estressou, vou terminar a leitura e ver se minha opnião muda.
    TO seguindo seu blog, se puder seguir de volta ficarei muito muito feliz. Obg por visitar o meu.
    Beijos e amei seu blog.

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A protagonista é muito chatinha e sem noção, como você disse egoísta. Os pais acabaram de morrer e ela fica de mimi, pelo amor! hahaha Mas continue, vai que né... tem uma cena por vir que é emocionante, mas não é dela sabe? kkk
      Beijos e obrigada <3

      Excluir

PAGINAÇÃO