26/03/2015

RESENHA: A Mais Pura Verdade - Dan Gemeinhart


A Mais Pura Verdade

Autor: Dan Gemeinhart
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Edição: 1
Ano: 2015
A Mais Pura Verdade - Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.
Mas, em certo sentido um sentido muito importante, Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.
Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça.
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.
Simplesmente não sei como partilhar com vocês os meus achados do livro, mas adianto que amei!

O Mark é uma criança que tem câncer, desde os seus 7 anos ele luta contra o câncer e hoje com seus 12 anos ao saber que o câncer está de volta ele decide fugir, realizar um sonho dele e de seu avó paterno, que já falecera. Ele junta todas as coisas que acha necessário: Uma máquina de fotografar (das antigas), caderno e caneta, algumas comidas, corda, alguns remédios, passagem de trem e o principal, o melhor cachorro do mundo. Beau. 

“Sozinho, estou deixando o meu lar. 
Uma nova jornada, uma nova estrada. 
Para as montanhas agora.”

Eu realmente não sei descrever tudo que eu senti no decorrer da leitura, é difícil e complicado. Sempre é, quando amamos um livro né? E foi isso que aconteceu comigo em relação A Mais pura verdade. Mas vou tentar passar o máximo do que senti, e tentar convencer a vocês a lerem o livro.

Pela sinopse, pelo resuminho que fiz e até por outras resenhas e comentários (e primeiras impressões) sobre o livro, vocês podem até ter a errada impressão que o livro é apenas sobre uma criança que tem câncer. Mas eu vos digo que é bem mais que isso! Ele de fato vai a montanha, mas antes dele chegar lá ele passa por muitas coisas, aprende muita coisa e nos faz aprender muito mais. 

Quando fiz as Minhas Primeiras Impressões, comentei que já tinha chorado e me apaixonado pela história. Eis que o livro chegou e reli todo o começo novamente, e adivinhem? me apaixonei e chorei ainda mais. 

A trama tinha tudo pra ser clichê, tudo, mas o autor foi feliz demais na construção de cada personagem, de cada cenário, de cada cena, de tudo. 

Há cenas em que o Mark ele nos dá pena pela situação que vive, lutando contra o câncer, mas essas são minoria. A grande maioria é voltada para a força que alguém, principalmente ele, uma criança tem pra lutar. Pra correr atrás do que quer. Apesar dele ter fugido e deixado os pais e a melhor amiga pra trás, eles estavam sempre presentes na caminhada do Mark. E a construção que o autor fez, e as descobertas juntamente com o protagonista, foi o incrível. 

A caminhada dele foi bem intensa, cheias de altos e baixos, que nos afligem e que dá vontade de ir lá correndo ajudar, de nos meter na história e dá um abraço no Mark, aliás não é atoa que tem um comentário na capa do livro dizendo exatamente isto. 

Sobre os personagens: Mark é incrível, é maravilhoso! Que menino forte, inteligente, amigo, leal, fiel e determinado. E o Beau, que é o cachorro, gente... eu falei pouco dele, aliás mal falei dele. Mas que cachorro é esse? Estou perdidamente apaixonada pelo Beau, ele é incrível, amoroso, leal, fiel... quem ama cachorros, vai com certeza amá-lo. E quem não gosta, vai passar a entender o sentimento que um cachorro nutre pelo seu dono e sem pedir nada em troca. 

“Os cachorros morrem, talvez. Mas uma amizade, não. Não se a gente não quiser que ela morra.”

Os demais personagens apareceram bem menos que o Beau e o Mark, mas não foram menos interessantes por isso. No entanto deixarei pra vocês conhecerem lendo o livro, a única que falarei (e pouco sobre) é a Jessie, a melhor amiga do Mark, e ela, apenas ela sabia pra onde o Mark tinha ido. E não falou nada, foi fiel sempre, pra apoiá-lo. Incrível e raro amizades assim, achei lindo isso neles. 

Sinto que no decorrer desta resenha, eu enrolei um pouco e até me tornei um pouco repetitiva. Mas gente, sério... tá difícil colocar tudo que eu senti, o quanto amei esse livro. Espero que entendam.

E por fim, sobre a diagramação ela está simplesmente incrível. Não encontrei erros, toda a formatação está ótima, letras em tamanhos satisfatórios e detalhes maravilhosos. Um coisa que não comentei lá em cima, é que o livro tem a capítulos alternados, um capítulo inteiro é escrito em primeira pessoa pelo Mark, e o outro que é um capítulo fracionado onde acompanhamos a agonia e os receios da Jessie e dos pais do Mark (Não entenderam? olhem essa imagem aqui).

Comentário final: Leiam esse livro, vale a pena. E como vale!

                                                                       QUOTES:                                                                        

“Isto é uma coisa que eu não entendo: por que desistir sempre parece bom até que você o faça.”
“Às vezes, chorar é mais fácil quando alguém chora com você. Mas outras vezes só torna a situação ainda pior.”
“Os cães nos ensinam a amar e ser carinhosos. Eles nos fazem lembrar das coisas que realmente importam.”
“Isto é uma coisa que eu não entendo: tudo.”


13 comentários

  1. Olha primeiramente quero confessar que eu adorei a sua resenha.
    Eu ainda não li o livro, mas quero muito tirar minhas conclusões, pois todos estão dizendo que o livro tem uma simplicidade que toca lá no fundo e espero gostar bastante, porque já tem tempo que não leio livro assim sabe? Eu fiquei encantada com tudo que você abordou sobre a história e espero que ano que vem eu leia e resenhe no meu blog logo, porque já estou ficando bastante curiosa para saber o que acontece com o personagem. Enfim...Parabéns pela sua resenha. Adorei =]


    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/03/resenha-apenas-uma-garota-comum.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazia tempo que um livro não me tocava mesmo! Pegue-o pra ler e aprecie! :)
      Obrigada <3
      Beijos

      Excluir
  2. Oi tudo bem? Achei muito interessante a sua resenha, quem sabe em breve eu leia ele também, e dai podemos trocar opiniões também. Mas eu vim aqui dizer que indiquei numa tag, caso você já tenham sido indicada peço desculpas. Beijos
    http://alemdaminhaestante.blogspot.com.br/2015/03/tag-7-coisas.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é ótimo, leia. E ah, já respondi essa tag. Mas obrigada por ter lembrando do L&A <3
      Beijos

      Excluir
  3. Oi ,vi muita gente falando desse livro , mas ainda não tinha lido nenhuma resenha e você me fez ficar loouca pra ler kkkk , tem alguma livraria aberta ??kkk

    Beijos ❤

    Sushibaiano.com

    ResponderExcluir
  4. Oi ,vi muita gente falando desse livro , mas ainda não tinha lido nenhuma resenha e você me fez ficar loouca pra ler kkkk , tem alguma livraria aberta ??kkk

    Beijos ❤

    Sushibaiano.com

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Kamilla lindona, eu li este livro e amei. Ele entrou na minha lista de favoritos dos últimos tempos, é tão lindo e perfeito e eu também super recomendo que leiam este livro.

    Beijokas querida e não esquece de mim não, estou trabalhando e está corrido, mas sempre dou uma passadinha aqui.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/2015/03/tag-bate-papo-literario.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não esqueço não! <3 haha
      Esse livro é incrível né? é a mais pura verdade. ♥
      Beijos

      Excluir
  7. estou surpreendida pela sagacidade do enredo, a mais pura verdade é que é impossível não se apaixonar e torcer pelo Mark!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço das suas palavras, as minhas. <3
      Beijos

      Excluir
  8. Como assim você não conseguiu se expressar? A resenha tá maravilhosa! Só posso dizer: sim, sim, sim. Concordo com tudo o que você comentou sobre esse livro, é perfeito e o Beau é a o cachorro mais fofo que existe, quero ele pra mim hahahaah <3
    Beijos!

    Vício Literal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada Sara! <3 Beau é... sem palavras.
      Beijos

      Excluir

PAGINAÇÃO