22/04/2015

TOP 4: Livros que se passam no Brasil


Olá, olá, olá!
Tudo bem com vocês? Ontem, 21, foi dia de Tiradentes. Um homem que marcou a história do Brasil, certo? Não é a toa que até hoje o dia em que ele foi executado (e esquartejado) é lembrado. Apesar que muita gente nem liga, ele sem dúvidas faz parte da história do nosso país. 

E por conta disso pensei em fazer um top sobre histórias do Brasil, no entanto eu não li muitos livros que falassem apenas da história (na época da escola sim, mas foram chatinhos rs). Então resolvi fazer um top de livros que se passam no Brasil, a maior parte do tempo e/ou que mostrem algo realmente relevante no nosso país. Adianto que não foi fácil pesquisar nos livros de ficção (os novos, pelo menos) algo realmente que chame a atenção. 

Então, vamos lá?

                                                                     4 - Carnaval                                                                             

Carnaval da Luiza Trigo, que até já fiz resenha pra vocês aqui no blog (se quiserem conferir, clique aqui). 

O livro é um romance fofo e todo meigo. A história se passa a maior parte do tempo em Recife/PE, claro que não tem história em cima de história. Mas a Luiza (Luly) solta inúmeras curiosidades, lugares pra se visitar e até um pouco de história da capital pernambucana. 

Eu indico que leiam, principalmente se ainda não conhecem a minha terrinha. ♥
 

                                                                 3 - As Sete Irmãs                                                                         


Eu ainda não finalizei a leitura desse livro, ainda mesmo ein? Eu acabei largando porque tinha outras leituras pendentes, mas vou retomar porque a Lucinda sabe escrever como ninguém.

Agora sobre o enredo, ele se passa a maior parte do tempo no Rio. A autora fez uma grande pesquisa (grande mesmo!) sobre a história do Cristo Redentor, tanto que a Novo Conceito (autora responsável pela publicação do livro) estava mandando um kit para os parceiros com um documentário (em dvd) sobre o Cristo. Então imaginem... é maravilhoso conhecer de verdade nos livros, o que a gente já nem liga, por estar tão acostumado de ver (seja na TV, internet ou para os cariocas: pessoalmente). 


                                                              4 - 1808 | 1822 | 1889                                                               

Eu ainda não li esses livros, mas eu quero muito! Só vejo comentários maravilhosos sobre como o autor abordou cada assunto. 

Adiantando que: “1808 -  O propósito é resgatar e contar de forma acessível a história da corte lusitana no Brasil e tentar devolver seus protagonistas à dimensão mais correta possível dos papéis que desempenharam duzentos anos atrás.”

1822 - “O livro 1822 pretende mostrar que país era este que a corte de D. João deixava para trás ao retornar a Lisboa, em 1821. Vai falar do Grito do Ipiranga, das enormes dificuldades do Primeiro Reinado, da abdicação de D. Pedro, em 1831, sua volta a Portugal para enfrentar o irmão, D. Miguel, que havia usurpado o trono, e a morte em 1834.”

1889 - “Contribui para a compreensão de um dos períodos mais controversos da história do país, em um relato cativante que explica não só os acontecimentos que levaram à queda da monarquia, em 1889, mas também outros episódios importantes da história brasileira como a Guerra do Paraguai e o movimento abolicionista.”

                                                                            1 - K.                                                                                  

Se tem um tipo de leitura que eu quero fazer é algo relacionado a ditadura militar, deve ser tão angustiante ler um livro em que o enredo se passe naquela época. Andei dando uma pesquisada e encontrei este, que tem uma sinopse que me conquistou. Já tinha encontrado outros, mas eram sempre relatos. Adoro aprender história com livros fictícios. Quem mais? rs 

Sinopse: Em 1974, durante a Ditadura Militar, um jovem casal desaparece sem deixar o menor sinal. Após buscas incansáveis e muito sofrimento, descobre-se que eles eram militantes da resistência e tinham sido sequestrados, torturados e assassinados. O senhor K., o protagonista, fica dilacerado em seu amor paterno e sente-se culpado por não ter percebido o que acontecia com a filha, justo ele que também fora um resistente judeu na Polônia.

~~~~

E aí, gente, gostaram do top de hoje? Já leram algum desses? Se sim, me contem. Se não, me digam o que acharam! haha

Beijos


1 comentários

  1. Putzgrila não li nenhum kkkkkkkkkkkkkkkkkkk mas já tô querendo ler algum livro da Luiza faz um tempo, então isso não vai demorar pra mudar. :D
    Beijos!

    Vício Literal

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO