30/09/2015

TOP 4: Melhores traduções


Olá, olá, olá!
Tudo bem com vocês? Hoje é dia de top! Yeah! E o tema de hoje é Melhores Traduções, mas porquê Kamilla? Bom, hoje é o dia mundial do tradutor sabiam? pois é! No dia 30 de setembro foi o dia que faleceu o São Jerónimo, tradutor da Bíblia, isso mesmo... ele traduziu do grego antigo e do hebraico para o latim. Bacana né? Infelizmente é uma profissão pouco reconhecida, mas como eu sem as traduções dele não poderia conhecer muitos dos livros que leio, deixo aqui o meu parabéns a todos os profissionais dessa área. 

Irei citar quatro livros em que, creio eu, deram um trabalhinho a mais para os tradutores e por isso as considero as melhores traduções.

  
4. Filha da Floresta (Tradutor: Yma Vick) skoob

O livro tem muitas coisas sobre a mitologia celta (britânica e irlandesa) e então imagine traduzir toda uma cultura, expressões, personagens antigos dessa mitologia para que o leitor que é totalmente leigo sobre consiga entender perfeitamente. E ao ler esse livro conseguimos mais que entender, conseguimos adentrar na história.




3. O Pequeno Príncipe (Tradutor: Dom Marcos Barbosa) skoob

O Pequeno príncipe é um clássico e todos sabem e ele além de ser um clássico tem uma linguagem cheia de metáforas o que, creio eu, seja um pouco complicado de traduzir. Muitas coisas ao serem traduzidas acabam perdendo o efeito que o autor que, mas com o Pequeno Príncipe não. Pelo menos não pra mim. 




2. Métrica (Tradutor: Priscila Catão) skoob
Alguém aqui já leu Métrica? ainda não? estão perdendo um livro e tanto. Nesse livro nos deparamos com várias poesias do tipo slam. Vou explicar melhor pra vocês, achei uma definição e lhe apresento ela: "poesia slam não é declamada e cada poeta imprime ao seu texto cadências, ritmos e leituras próprios, que, sem sua voz, seriam decididos pelo leitor. É um poema que necessariamente terá ruído, barulho, vida própria – nada parecido com uma leitura silenciosa e calma, normalmente associada ao gênero poético". Deve ser complicado traduzir uma poesia slam para o português, por isso deixo meus parabéns para a tradutora. Palmas. 



1. Passarinha (Tradutor: Heloísa Leal) skoob
Esse é um dos livros que adoro e que quero reler... ele fala de uma protagonista que tem síndrome de Asperger e que não entende/compreende certas coisas e sentimentos. E vamos junto com ela aprendendo pouco a pouco. É ótimo! O livro em si trás várias coias bem complexas de serem traduzidas, como sei isso? Logo no início do livro temos uma nota da tradução, explicando que o livro trás muitos detalhes, mensagens com duplos sentidos, com jogos de palavras e trás algumas mais explicações sobre a tradução de alguns elementos do livro. E o livro ficou impecável, deu pra entender perfeitamente bem... Ah, além disso no decorrer da história a gente encontra no rodapé algumas explicações a mais. Por isso que ficou no primeiro lugar do top! 

~~~~

Por hoje é só pessoal, espero que tenham gostado do top! E parabéns para todos os tradutores :) Agora me contem, vocês já leram algum desses livros? 

Beijos,
Kamilla


2 comentários

  1. O trabalho de um tradutor é indispensável! O que seria de nós sem eles, né? Seria muito limitado a escolha de livros.
    Desses livros, concordo com você quanto a tradução de O Pequeno Príncipe. Fizeram um ótimo trabalho e eu sou apaixonada por esse livro!
    Abraços.
    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
  2. Oiii!!
    Não li nenhum desses livros ainda :(
    Achei o máximo vc dedicar um post às melhores traduções, pois isso é algo mega importante. Sou tradutora e acho o máximo trabalhar com livros, ainda não tive a oportunidade de traduzir um livro de literatura.
    Acho que de todos o mais complicado deve ter sido o primeiro. Realmente é difícil e tem que ter uma pesquisa gigante quando existem tantos termos culturais assim.
    Adorei!! Beijos!!
    Quer Falar de Livros?

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO