28/07/2016

Papo de Leitor #6 - 5 Clichês de livros de romances

Sou apaixonada por um romance, é um gênero que me encanta, me faz torcer pelos personagens e principalmente sofrer pelas consequências que o destino trouxe ao casal. Mas esses dias estava lendo um livro que parecia claramente Ctrl+C e Ctrl+v (cópia) de outros romances que leio, mudando apenas o nome dos personagens e algumas poucas reviravoltas que acontecem, o que me leva a pensar “Qual o limite de um clichê ?”

Hoje em dia, em resenha de livros de romance, sempre vejo comentários como “A resenha é boa, mas a sinopse mostra claramente que se trata de um livro clichê” ou “Já li livros com a mesma premissa, por isso deixo passar a indicação”. Qual a dificuldade de criar algo original, que não seja baseado em outro livro ou filme? Porque livros com finais tristes são considerados inovadores, até livros de jovens/adultos precisam ter o famoso “Felizes para sempre”? Fico surpresa sempre que leio algo que mostra uma personagem que sofre, que não terminar com o par desejado. Me entendem?

Por isso separei aqui 5 clichês típicos de livros romances, e a missão é descobrir um que não apresente nenhum deles
TRIÂNGULO AMOROSO QUE TODOS SABEMOS QUE NÃO IRA MUDAR A HISTÓRIA DO CASAL PRINCIPAL

Tenho uma relação de amor e ódio com triângulos amorosos, as vezes acho que ficou perfeito no livro, dando uma adrenalina a mais, em outras vezes acho que serviu apenas para colocar páginas a mais no livro, sendo que o leitor sabe com quem a mocinha ira terminar.


PERSONAGEM FEMININA QUE NÃO ACREDITA EM SI MESMA



Sempre tem aquela mocinha que não acredita em seus potenciais, que acha que um homem pode mudar sua vida, que não é nem um pouco corajosa e chora ou sofre sempre que algo da errado.





A TÍPICA ATITUDE “O PROBLEMA NÃO É VOCÊ, SOU EU.”


Essa frase é piada até para quem não lê livros. São muitas as personagens que abandonam seu “par perfeito” porque não se acham boas o suficiente para eles, e sempre gera aquele famoso “o mocinho vai atras da mocinha para mostrar que gosta dela como ela realmente é” que eu iria colocar como item 6.




MOCINHO LEVADO QUE ENCONTRA SEU PAR PERFEITO E DESISTE DA VIDA DE BAD-BOY
Não leio livros eróticos, mas essa é uma atitude que esta presente em muito livros HOT´S. O mocinho é completamente levado, “fica” com muitas pessoas, até que uma delas desperta um sentimento enorme, que ele nunca sentiu antes e não sabe se controlar.
AMIZADE QUE GERA UM ROMANCE 



Os dois eram muito amigos, até que percebem que os sentimentos que sentem pelo outro vai alem da amizade, o que causa estranhamento no grupinho da escola e muitas vezes um ciúmes maior que o normal.


20 comentários

  1. Oi, Maria Fernanda! A lista está excelente, é bem isso mesmo. Me sinto meio enganada com os triângulos amorosos, não lembro de nenhuma história que isso tenha mudado o fim do casal principal. Mocinhas extremamente inseguras me irritam!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  2. Olá, Maria Fernanda! Adorei...É exatamente assim os clichês, as mocinhas e os mocinhos se encontram, apaixonam e sofrem aí o resto já sabemos. Mas o incrível é o quanto esses livros vendem, não é mesmo? As pessoas estão interessadas em livros que tem aquilo que elas querem viver...Um amor impossível, um homem perfeito, a mulher dos sonhos e etc kkk Parabéns pelo lindo blog :*

    ResponderExcluir
  3. Oi, Maria Fernanda!
    Ótimo post, haha. Adorei.
    Atualmente o que mais se encontra são livros de romances que possuem todas essas características, poucas coisas mudam, é verdade. E algumas vezes eu até gosto de ler, mesmo com a previsibilidade e o clichê. Mas, sim, há bons romances, aqueles que se diferenciam e não são clichês. Um deles é um clássico da literatura inglesa e o meu favorito, Orgulho e Preconceito. Eu, pelo menos, o vejo sem as características mencionadas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ola
    Adorei o post e concordo com varias situações. Eu até gosto de ler livros de romance, mas prefiro aquele onde o casal não se conhece ou nunca se viu em situação alguma. Acho que quando os dois se conhecem pode ficar ainda mais chiche e estou saturada disso. Sei que ha romances que se tornam inesqueciveis, mesmo com o tempo, mas é preciso dar chance para novos amores. Mas é assim mesmo... histórias previsíveis estão sempre por ai
    Beijos, Fernanda

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Você resumiu muito bem vários clichês que estão presentes por aí.
    Confesso que, mesmo sendo clichê eu gosto de um romance, mas alguns são muito parecidos e isso incomoda. A coisa que mais me incomoda nos clichês são as mocinhas que não acreditam em si mesmas. O último não me incomoda tanto, pois acho que quase todo mundo já sentiu algo pelo melhor amigo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo certo? Realmente criatividade 100% está em falta, e a maioria dos livros, como você pontua, faz um copia e cola nítido. Apesar de muitos livros serem assim, até mesmo prevendo o final, quem fica com quem, mas eu leio mesmo assim (risos). Quando a obra é boa, não me importo. Gostei da sua ideia de levantar esses pontos. Até então já tinha pensado nisso, mas não pensado em escrever sobre. Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. É exatamente por essa sensação de clichê e de mais do mesmo dos novos livros de romanxe que eu acabei me afastando do gênero. Não aguentava mais sempre a mesma história....mas se a gente pensar bem o amor em si é cheio de clichês neh? E para quem gosta muito do gênero tenho certeza que não é um empecilho, já no meu caso acaba sendo.
    Bj

    ResponderExcluir
  8. cara, você falou tudo o que penso sobre esse assunto... eu não curto romances justamente por esses elementos estarem sempre presentes, na maioria deles... tomei abuso já, posso afirmar isso... parece que a fórmula que vende tem que usada ate gastar... por isso nem perco tempo em alguns livros, que sei exatamente que vão ter um desfecho da forma como previ, porque os autores não saem da bolha dos clichês... enfim...
    muito bem colocado o teu post...
    bjs...

    ResponderExcluir
  9. Ooi,
    Eu amo clichês! Mas concordo com você que as vezes parece que alguns autores forçam a barra, para mim um clichê é sempre bem vindo se for bem escrito. Eu gosto de personagens desenvolvidos e nada superficiais. Não vejo problema na mocinha insegura com o cara regenerado, acho que quando bem escrito o livro me conquista mesmo com os clichês.
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Eu nunca tive muito problema com clichês, porque acredito que bem trabalhados são ótimos. O que eu mais gosto é dos amigos que se apaixonam e do bad boy que vira bonzinho. Haha me derreto toda.

    bjs =)

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Amo todos esses clichês! Exceto do triângulo amoroso, que só me faz passar raiva hahaha Mas eu gosto de histórias com esses elementos, apesar de ser uma coisa bem previsível, eu me divirto bastante lendo livros assim.
    Beijos.
    http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Eu sou uma pessoa de "finais felizes, flores e coraçãozinhos". Amo romances, seja lá de que forma for, e adoro um clichê, porque seio que vou encontrar nele o que eu gosto de ler e claro, um final lindo e feliz. Claro que, gosta da fórmula do clichê, mas a forma que o autor leva a história, é que faz toda a diferença. Quando eu vejo uma cópia completamente descarada, não rola para mim. Clichê sim, mas com a devida originalidade.

    Beijos,
    Dai | Blog Virando a Página

    ResponderExcluir
  13. Eu particularmente não ligo se uma história é clichê, desde que ela seja bem escrita e, claro, nos faça apaixonar pelos personagens.
    Esses elementos que você citou são legais quando não são exagerados, claro.
    Adorei esse post!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  14. Oi, Maria!
    Eu adoro o clichês! Para mim livro bom tem que ter final feliz porque tragedia nos já vemos muito nessa vida a fora. Desde que a autora ou autor consiga desenvolver bem a história e os personagens sejam interessantes. Amo um bom clichê! :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  15. Nossa, você conseguiu sintetizar tudo que detesto num livro de romance em um post. Eu não sou fã do gênero, nos últimos tempos até tentei me animar e li alguns, mas acabei achando que era tudo mais do mesmo. As histórias são previsíveis, e repletas de clichês. Eu sei que esse gênero tem um público gigante, eu sou uma das única que não curto, mas...

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Confesso que adoro um clichê! Mas só quando ele é bem desenvolvido, e consegue me prender com elementos um pouco diferentes, como um mocinho que deixa de ser bady boy pela menina que sempre foi apaixonada por ele (mas que ele acreditava ser apaixonada por seu irmão) ou coisas do tipo.
    Mas confesso que triângulos amorosos eu não gosto, não leio e detesto essa indecisão.

    ResponderExcluir
  17. Oiee ^^
    Aaah, esses malditos triângulos amorosos...kkk' eu também amo e odeio triângulos, principalmente porque eu sempre acabo torcendo para quem acaba se enfiando no meio do casal, e acaba de lado no final *-* Aaah, esses bad boys que mudam quando conhecem a mocinha já me cansaram kkkk' de início eu AMAVA livros assim, mas JÁ CHEGA! Adorei o post, mencionou todos os clichês que eu conheço...haha'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Olá

    Ahhhh como eu amo um bom cliche quando aplicado do jeito certo. Pra mim se é cliche ele funciona (na maioria das vezes). O que tem me incomodado mesmo é em livros de New Adult os bad boys se tornarem diferentes depois de apaixonarem, sério parece que é regra pra ser livro do genero, fica tudo muito igual. Masssssss amo os cliches♥

    Everton equipe Rillismo
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Maria, tudo bem?
    você citou os grandes clichês dos romances mesmo, super concordo com os triângulos amorosos, o bad boy que se apaixona e larga dessa vida, sem contar nos amigos que se apaixonam! gostei bastante do seu post, tudo muito verdade!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO