04/11/2016

RESENHA: A Garota do Calendário Janeiro - Audrey Carlan

A Garota do Calendário #1
Autor(a): Audrey Carlan
Editora: Verus
Páginas: 144
Edição: 1
Ano: 2016
Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.
Não esperava gostar tanto desse livro...

Mia é uma mulher que tem seus projetos de vida, mas se vê obrigada a trabalhar com a sua tia pra ajudar o seu pai que está hospitalizado por causa de um agiota.  Em suma é basicamente isso... O contrato é que ela passe 24 dias de cada mês com um cliente, ela inicialmente fica receosa, mas o único jeito de conseguir pagar esse agiota (já que a quantia é altíssima) é passando por isso. Em certo momento ela, que quer ser atriz, pensa que pode aprender a interpretar melhor. Por isso são doze meses, doze livros e doze clientes. Mas nem tudo é tão fácil assim, não é mesmo?

O cliente de janeiro é o Wes, um diretor de cinema maravilhoso. Antes de conhecê-lo nossa protagonista pensa o contrário do que ele é. Imagina-o feio, no mínimo. Não é bem assim... O Wes é daqueles homens que te fazem suspirar loucamente e ele contrata a Mia para que ele consiga em eventos sociais conversar tranquilamente e fazer contatos, já que sempre tem urubus (vulgo interesseiras) por perto. Neste trabalho da nossa protagonista não é obrigatório o sexo, mas entre o Wes e a Mia o desejo é crível. E eles cedem e amam as noites de sexo que tem. Sim, o livro tem cenas hots... que particularmente não achei nada demais, mas se você não gosta, vai pra outros livros.

A Mia é uma protagonista crível e com problemas reais. Ela é amiga e se importa muito com seu pai, sua irmã e sua melhor amiga. A mãe dela desaparecera quando era muito pequena, por isto o pai começou a beber e se viciar em jogos, daí vocês já tiram o porquê da dívida que a Mia está tendo que se virar pra conseguir o dinheiro: o vício do pai. A Mia é do tipo de mulher que se apaixonou por todos os caras que já transou e apesar de não ser obrigatório é óbvio que isso acontecerá mais vezes no decorrer dos outros livros. E acho isso bom, o autoconhecimento e o saber o que realmente se quer e precisa, não só por carência sempre é bom.

Falemos um pouco sobre a relação com o Wes: ele é encantador, um príncipe, gostoso e maravilhoso. Mas não é o suficiente pra Mia largar tudo, ela tem os seus problemas, não tem pra quê se fazer de coitadinha. Ela tem que resolver. É um desafio grande, sem dúvidas.

Sobre os detalhes: A escolha da capa pela Verus não foi fácil, acompanhei nas redes sociais e foram muitas capas e votações e ficou, cá entre nós, a melhor opção. A parte interna do livro está ótima, espaçamento e tamanho da fonte. Não encontrei erros.

Comentário final: O livro é delicioso de ler, fininho só tem 144 páginas. E eu super curti e super indico pra quem gosta do estilo. 


21 comentários

  1. Eu conhecia o livro por todo o comentário que ele está causando, mas não vi nada de tão fascinante. Ainda não li, mas agora fico me perguntando qual dos clientes vai derreter o coração dela ou se isso vai acontecer. Confesso que o mais gostei na história até agora foi a tia dela ter uma empresa de acompanhantes rsrs essa mulher deve ser incrível rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem peculiar essa tia, né?! hahaha
      Sobre o mocinho que derreterá o coração dela, não sei, mas quero que seja o Wes. Ok, que foi o único que conheci até então XD
      Beijos

      Excluir
  2. Desde que vi as capas desses livros, me interessei bastante. Depois de 50 tons, comecei a me interessar por esse tipo de literatura. Não vejo a hora de ler!

    beijos
    http://eitalaurinha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então você vai gostar bastante, corre pra comprar! :D
      Beijos

      Excluir
  3. Sempre fico impressionada quando leio resenhas desse livro, isso porque as opiniões são sempre diferentes demais. Fico feliz que você tenha tido uma boa experiência com o livro, e eu morro de vontade de ler, embora também não espere gostar tanto (e provavelmente não vou). Não sei se a Mia é o meu tipo preferida de personagem, sei lá.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só vai saber se é ou não, se ler! haha Eu gostei dela, ela não é muito de mimi não.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi!
    Já tinha ouvido falar desse livro, mas não sabia da história, sinceramente não me despertou curiosidade, não me interesso por livros "hot", a capa tá maravilhosa, e sua resenha tá incrível, parabéns.
    Beijos.
    Lendo Com Ela

    ResponderExcluir
  5. ganhei esse livro em um sorteio, mas ainda não li. Gosto de livros nessa temática, desde que tenha uma historia por trás e não fica só no sexo, esse pelo visto tem uma historia e tanto, porque ela acaba sendo obrigada a ser companhia de luxo, para pagar a dívida do pai, acho que da para tirar muitas lições das historias que virão.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Kamilla!!
    Gostei muito da resenha mas infelizmente ainda não li nenhum dos livros dessa série, sei que já saiu todos os 12 livros mais a história em si não despertou meu interesse.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  7. Kamilla!
    Tenho visto o bummmm que essa série tem causado no mundo literário e apesar de gostar de livros hots e fininhos, ainda não tive vontade de acompanhar a trama de Mia, quem sabe mais para frente....
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  8. Estou ansiosa pra ler essa serie!!

    No começo tinha um certo receio em relação aos livros, pensei que essa estoria de "um cara novo a cada mês" não ia me prender tanto... Minha opinião ja mudou completamente depois de ler essa resenha e ouvir otimos comentarios dos livros seguintes. Agora so tenho curiosidade pra conhecer um pouco mais a personalidade de Mia e o desfecho da serie.

    ResponderExcluir
  9. Adoro livros desse gênero, pelo que você descreveu parece com a série MMA Fighter, adoro essa série e adoro livros que seguem esse tipo, estou querendo ler a garota do calendário a um tempinho já, só me falta o dinheiro para poder comprar todos.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Gosto bastante desse gênero e estou bem interessada nessa série.
    A história parece ser muito boa <3
    Estou vendo muitos comentários positivos e isso está me deixando cada vez mais curiosa.
    Tenho os dois primeiros livros mas não li ainda, pois quero completar a série toda para ai sim começar a ler, sou dessas haha
    12 livros não é fácil, haja dimdim! Vida de leitor é complicada né? haha
    Gostei bastante da resenha e de poder conhecer um pouquinho mais da história da Mia.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  11. Eu já li vários comentários sobre este livro, mas ainda não me empolguei em ler. A Mia parece ser uma protagonista lutadora, mas ao mesmo tempo parece que ela não procurou outros meios de ajudar seu pai e se procurasse não haveria série...rs.... Gostei da sua resenha, mas ainda não me interessei pelo livro.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  12. Eu já li até o mês de março e ameii!
    O primeiro é o melhor (ESSE)
    O Wes e a Mia formam um casal muito lindo! Amo ele!
    Esse livro acho que vai ser o melhor da série ou um dos!
    Ameii e estou doida para ler o resto!

    ResponderExcluir
  13. Olha, eu não gosto muito de livros mais voltados pro sexo não, mas achei a premissa bem interessante, ainda mais que faz a gente olhar certas coisas com outros olhos, como ser acompanhante de luxo! Achei bem interessante de verdade, ainda mais ter cada livro voltado para um caso diferente, alem de que as capas padronizadas são lindas!
    Bateu curiosidade aqui ahahaha

    ResponderExcluir
  14. Genteee, o livro é tão fininho que fiquei com vontade de ler haha. Não consegui ir muito longe com Sylvia Day, mas fiquei interessada, principalmente por saber que a Mia é tão amiga e que é para pagar dívidas de jogo (do pai) que ela está trabalhando. Quero.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  15. O grande problema com os livros deste gênero é que geralmente as histórias são sempre semelhantes (pelo menos em algum ponto),mas apesar disso esta trama se destaca por ter algo a mais,o que só me deixa mais curioso para ler este livro.

    ResponderExcluir
  16. Oii Kamilla, tudo bom? Também não esperava gostar tanto desse livro! A Mia é uma protagonista bem cativante, e na maior parte do tempo é auto astral. E sobre o Wes eu só tenho elogios (e suspiros) nesse livro, mas vou logo dizendo que em um volume aí ele caiu um cadinho no meu conceito hahaha.
    A resenha ficou linda!
    Beijoos

    ResponderExcluir
  17. Oi, Kamilla!
    Claro que já conheço a série por todo esse bafafá dos livros, e mesmo depois de já ter lido inúmeras resenhas continuo não me empolgando a ler.
    Acho que a profissão de acompanhante de luxo ficou muito romantizada nos livros, com ela sempre tendo clientes lindos e maravilhosos ao seu dispor a cada mês. Ao meu ver (que claro, pode estar completamente errado), é que a única coisa que ela tem de vida real é a preocupação com o pai e a dívida.

    ResponderExcluir
  18. Opa, agora estou surpresa!!!! desde sempre vejo essas capas por ai e NUNCA me interessei em ao menos ver do que se trata e qual foi minha surpresa?? A resenha mostra um surpreendente pelo que a capa apresenta, historias picantes com um objetivo serio,que baita mistura. Admito que estou com preconceito em ler, mas vou deixar a janelinha aberta, vai que algum cai na minha mão.

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO