10/11/2016

Vamos falar de #1: Livros de yotubers, crianças e etc

Olá leitores! Como vão? Como vocês podem perceber já não temos mais o Papo de Leitor. A Maria Fernanda, responsável pela coluna, já não está mais no Lendo & Apreciando e as nossas quintas ficaram vazias... será? Não por hoje. Irei estrear com vocês a coluna "Vamos falar de" onde abordarei alguns temas aleatórios sobre o mundo literário - ou não. 

O tema de hoje é sobre livros de youtubers, crianças, etc...
Mas porquê esse tema, Kamilla? Que já está mais que batido... não, não está. E eu venho me irritando muito com isso. E não, eu não estou falando sobre os livros... mas sim das pessoas que comentam sobre. Estamos em pleno século XXI, em que a base de qualquer coisa deveria ser o respeito, mas o que menos vemos é isso.

Particularmente nunca li nenhum livro de youtubers ou escrito por crianças e nem tenho interesse, devo admitir. Mas quem sou eu pra dizer que a obra é inferior aos demais? Como posso encher a boca pra dizer que é ruim, sendo que várias pessoas gostam da obra? É fato que virou uma "modinha" (foi a palavra mais próxima que encontrei, mas modinha queridos leitores, não é algo ruim) a publicação de livros assim, mas as editoras estão vendo que é um lucro certo, vão deixar de vender porque alguns acham que não é conveniente que publiquem? não faz nenhum sentido!

Gosto é gosto, você pode - assim como eu - não ter interesse em ler tais obras, mas isso não quer dizer que ele seja inferior porque foge do que você costuma/gosta de ler. Existe uma palavrinha chamada respeito, conhecem? Que segundo uma bela definição nada mais é que: “Respeitar não significa concordar em todos as áreas com outra pessoa, mas significa não discriminar ou ofender essa pessoa por causa da sua forma de viver ou suas escolhas.”* Vocês estão compreendendo o que eu quero dizer? Estou cheia de postagens discriminatórias embasadas em puros achismos e ofensas. 

E há um fator bem relevante para todas essas publicações, ela consegue atrair novos leitores. Será que o pessoal que só consome vídeos de internet e de repente ver uma obra do seu youtuber preferido e começa ler e percebe que há um mundo maior na leitura? Isso é um ponto super positivo. Me digam, qual foi o livro que te colocou no mundo literário? foi indicação? admiração? ou você acordou e pensou "Ah, esse livro vai me fazer gostar de ler", a gente sabe que não é assim que a banda toca... então pense e repensem seus preconceitos.

E eu sei que há muitas obras por aí que nem foram escrito pelos próprios youtubers, crianças, gamers, etc, mas vocês se enganam achando que isso só acontece com eles. Se quiserem, podemos até falar sobre isso em outro post. :)

O ponto que eu gostaria de falar com vocês é que: Todo tipo de leitura é válida sim, você queira ou não, goste ou não. Ponto. Mas gostaria que percebessem que não é porque você não gosta que um livro é inferior ou que um livro é superior porque é de um autor famosíssimo (deixemos esse tema para outro post). Um conselho que eu dou é que leiam, o que gostam e até que saia da sua zona de conforto... se joguem! Toda experiência que um livro trás é ótima, seja um livro maravilhoso ou até aquele que a gente não gostou tanto, sempre valerá a pena porque você sempre extrairá algo dele.

E vocês, o que acham sobre? concordam comigo? me mostrem seus pontos de vista e vamos debater!
Beijos

*Informação extraída do site Significados


21 comentários

  1. Me sentia um ET por não me interessar nesse tipo de leitura. Obrigada! ahahah
    Nunca fui muito fã de biografias ou coisa do tipo, sempre gostei mais de uma história com um bom enredo e que me envolvesse. Não vejo isso nos livros de youtubers, por exemplo!

    http://eitalaurinha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem muita gente que não se interessa! hahaha
      Mas o lance é respeitar :D
      Beijos

      Excluir
  2. Concordo com você gosto literário cada um tem o seu e devemos respeitar, ninguém é obrigado a ler aquilo que não gosto, embora as vezes podemos nos surpreender com leituras que não estamos acostumados, não gosto de livros de biografias e nem de auto-ajuda, mas respeito quem gosta. Virou uma febre os livros de yotubers no momento não tenho interesse em ler, mas quem sabe um dia rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não curto muito o estilo não, principalmente auto-ajuda. rs
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Kamilla,
    Já li alguns livros de youtuber's, não gostei, mas isso não impede outras pessoas de gostar. Tive uma professora que falava que livro eram só os clássicos e qualquer outro tipo de leitura não valia a pena, entretanto, acho que toda leitura é válida, pelo menos assim mais gente será adepta à leitura. Que o respeito prevaleça.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa professora é bem zoada, ein?! kkkk
      Toda leitura é válida, sem dúvidas. <3
      Beijos

      Excluir
    2. Muito zoada! Fico pensando nas pessoas que tem professores assim e desistem de ler por falta de incentivo.
      Beijocas ^^

      Excluir
  4. Não sou chegada a livros de YouTubers! Acho que não faz muito meu tipo!
    Pois a maioria são biografias e acho que eles ainda não tem idade para fazer isso!
    Mas isso não impede de outras pessoas leres. Eu particularmente não gosto!
    Bjossss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o post não é questão de gosto, é questão de respeito :)
      Beijos

      Excluir
  5. Concordo com a Rita de Cássia quando diz:" Não sou chegada a livros de YouTubers! Acho que não faz muito meu tipo!
    Pois a maioria são biografias e acho que eles ainda não tem idade para fazer isso!" Acho um pouco prematuro a maneira de escrever deles, mas isso é algo que eu penso, leio de tudo que me cai à mão, e olhe que não gosto de biografias, mas acredito que se existe um livro dessa temática é porque tem público para ele, afinal existe a lei da oferta e da procura. Eu não leio, mas se alguém pergunta eu digo: experimente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão do post não é se tem maturidade ou se teria conteúdo suficiente e sim que deve ter respeito para com as obras. Todo livro tem seu público, como você mesma disse. E as editoras sabendo disso, obviamente que vão publicar.
      Eu nunca li e nem tenho vontade, mas não vou dizer nunca. :)
      Beijos

      Excluir
  6. Oi, Ka!
    Concordo com você. Também não curto livros de YouTubers e não compraria, mas por outro lado tem mente que gosta e cabe a todos respeitar. O mais importante é que esses (e outros) livros sirvam de estimulante à leitura, que por sua vez é muito importante. Seu post foi incrível e veio na hora certa, parabéns.
    Beijos Lendo Com Ela

    ResponderExcluir
  7. Kamilla!
    Concordo no ponto em que todo livro que arrebanha mais um leitor é sempre bem vindo e nesse ponto, os livros de youtubers tem feito muito sucesso mesmo.
    O que não concordo é em as editoras ganharem os créditos pelas edições e muito dinheiro em cima disso, tornou uma forma comercializada de divulgação.
    Nem entro no mérito dos livros serem ou não bem escritos, porque já li alguns e uns são até bonzinhos, embora agora seja mais seletiva em relação a esse tipo de leitura.
    E mais uma vez tenho de concordar com você, porque devemos respeitar todos os gostos, escritores, leitores, etc...Acho apenas que eles (alguns) deveriam aceitar as críticas (construtivas) de quem leu e eles respeitassem também a opinião dos leitores.
    “Capacidade de saber cada vez mais sobre cada vez menos, até saber tudo sobre nada.” (Millôr Fernandes)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  8. Esse estilo de leitura não faz muito meu estilo, então prefiro não ler...
    Concordo com vc, quando diz que devemos respeitar o gosto literario de cada um. Mas o que me deixa triste, é que as editoras estão sempre publicando livros de youtubers visando lucro. Eu não acho legal um autor publicar um livro por publicar, ou apenas por que esta na moda...

    ResponderExcluir
  9. Não tenho interesse por este tipo de livro,mas você está correta,a estratégia das editoras de expandir o universo "Youtuber" só tem a contribuir para a literatura contempoânea,atraindo pessoas a aderir o hábito da leitura.

    ResponderExcluir
  10. Esses livros viraram modinha mesmo, mas temos que respeitar não é mesmo?
    Eles atraíram um público enorme e isso tem que ser aproveitado.
    Confesso que tentei ler um, mas não curti e por isso evito esses livros.
    Acho que todo tipo de livro tem que ser bem vindo, isso ajuda a aumentar ainda mais a cultura da literatura.
    Gostei bastante da sua opinião.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  11. Ameeei o post, Kamilla! Falou e disse. Tenho um conhecido que falou um dia desses que "literatura de verdade só os clássicos" e que a leitura dos meus best-sellers não é válida, passei horas discutindo sobre isso, sobre esse preconceito. Seu post é muito pertinente sim pois ainda há, e agora mais que nunca, um preconceito enraizado com a literatura jovem/contemporânea, e essas ofensas gratuitas já passaram do limite. Eu particularmente não tenho interesse na maioria dos livros de youtubers, mas em momento algum atiro pedras naqueles que o leem. Falta muita empatia.

    Beijooooooooos <3

    ResponderExcluir
  12. Não leio livros deste tipo, mas não critico quem lê, concordo co a ideia de que qualquer leitura é válida, e começando por algo que gostamos muito no futuro uma obra clássica se tornará interessante, foi assim comigo é assim que eu penso. Acho que o preconceito literário tem que acabar, como você disse, temos que respeitar o gosto de cada um.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  13. Oi, Kamilla!!
    Muito bacana essa postagem, também acho que toda leitura é válida pois todo leitor tem que começar a ler o que gosta não que outra pessoa gosta. Cada pessoa é diferente eu particularmente não gosto desse tipo de leitura mais sei que tem muito jovens que gostam e respeito isso como também quero que respeite o tipo de leitura que gosto.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  14. Super concordo, o que virou mais moda que os livros de youtubers foi falar mal de livros de youtubers, sem contar que existem sim livros bons, como o livro da Mandy Candy que ajuda muito vermos como vive uma pessoa trans, o livro Um Livro Para Ser Entendi, que é de um dos criadores do Põe na Roda, enfim, existem sim livros que podem ter conteúdo e que foram escritos por youtubers, até porque, isso é considerado um desafio para eles, então quem somos nós para julgarmos o trabalho e o esforço de alguém?
    E lembro até hoje que o livro que me fez amar leitura foi A Marca de Uma Lágrima, li por indicação de uma amiga e me apaixonei por esse mundo!

    ResponderExcluir
  15. Oi, Kamilla!
    Não achei nada batido, muito pelo contrário. Eu também não tenho o mínimo interesse nesses tipos de livro mas isso nunca me fez denegrir os livros pra ninguém nem nada do tipo. O meu único receio é que as editoras passem a dar cada vez mais espaço pra esses livros, e acabe por dar poucas chances a tantos outros autores com obras maravilhosas esperando pra serem descobertas. Mas realmente, no fim das contas o principal é o lucro :/

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO