02/03/2017

Vamos falar de #8: Julgamentos no meio literário

O julgamento que vamos falar hoje não tem nada a ver com o que a gente lê, acho que já meio que abordamos isso quando falei sobre livros de youtubers, crianças, etc. Mas sim sobre as pessoas que acham que por que leem mais ou algum tipo específico de leitura são melhores e superiores. Um dia desses vi esta imagem que está abaixo e fiquei perplexa com a capacidade do ser humano em julgar, uma mulher que usa roupa curta e salto é menos leitora do quem não usa? O que caracteriza um leitor não é o fato dele ler? Roupa define isso também? 
Já vi muita gente dizendo que não lê ficção e que livros dos tipos de romance, fantasia, distopia e etc são baboseiras... e que o leitor não aprende nada e nem vai acrescentar nada na vida dele. São os que se acham cults, os inteligentes, cheio de sabedorias... E cadê que esses livros "cults" ensinaram a esses seres humanos a não julgar? A ler sem preconceitos e que todo tipo de literatura é válida? Como nós somos leitores deveríamos estar cientes que qualquer livro acrescenta e agrega algo sim, desde um romance até um livro clássico renomado.

Não gosto de ler livros de determinados gêneros, mas isso não me dá o direito de diminuir a obra ou dizer que os livros que eu gosto são melhores... e todo leitor deveria agir da mesma forma, a gente tem em mãos - independente do gênero do livro - acesso a informação, a conhecimento. Não dá mais pra ter esses julgamentos infundados e que nitidamente são puro preconceitos. Roupa não define nada, vai definir se a pessoa lê ou não? Pelo amor de Deus... Vou continuar usando shortinho curto, ouvindo sertanejo e lendo meus amados livros.

E vocês, qual é o posicionamento em relação a esse julgamentos? As vezes fico chateada, a gente tem em mãos tanto acesso a conhecimento e as pessoas simplesmente usam da forma mais errada possível: julgando e sendo preconceituosos. :/

E ah, deixo com vocês uma imagem que encontrei também nas redes sociais a respeito da segunda imagem. 
Leiam como, quando e onde quiserem!

PS: Não tenho créditos a quem dar a esta última imagem, se alguém souber me avisem. Sobre a segunda imagem, nem vale a pena né? :x
E o que acham do tema? E falando em tema, me indiquem ;)
Beijos


33 comentários

  1. Oi Kamilla, compartilho de tua opinião quando diz que toda forma de leitura é válida e cabe a cada leitor definir que gênero o atrai mais. A leitura aumenta o vocabulário, ajuda na concentração, derruba barreiras, expande horizontes e deveria reduzir o preconceito e não aumentá-lo (Nem dou bola pra quem se acha melhor por ler um gênero diferente rsr) ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, Lili. Deveria justamente ser o oposto do que estamos vendo. Mas fazer o quê, né?
      Beijos

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua opinião sobre esse julgamentos no meio literário. Muita gente acha isso mesmo, que a quantidade de livro que já leu ou gênero, faz ele melhor que outra pessoa. Mas isso não é verdade, claro que o livro trás conhecimento independente do gênero. Mas isso não lhe faz melhor do que ninguém, e é triste ver pessoa com esse pensamentos ainda hoje. Vamos parar de cuidar das vidas e nos amam, cara. As pessoas passam mais tempo julgando outro do que de fato elogiando ou conhecendo nova pessoas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As pessoas de fato passam mais tempo com preconceitos e julgamentos do que respeitando os outros, infelizmente.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi, Kamilla. Tinha visto a última imagem no facebook também mas não tinha entendido o que ela representava, agora que você falou, consegui perceber a ignorância das pessoas em relação a algo que elas simplesmente não sabem. Eu confesso que sou apaixonada por romances clichês, e muita gente me julga porque esse tipo de romance não traz nada de novo e etc, que eu devo me aventuras em outros gêneros e tal. Mas eu não gosto, e daí? Será que isso me faz menor do que alguém que curte ler todo tipo de gênero? A gente já é julgado pelas nossas ações, pela nossa cor, cabelo e etc todo santo dia, agora vamos ser julgados pelos nossos gostos? Faz me um favor, pessoal perdeu a noção do ridículo.
    Beijo! Leitora Encantada
    Participe do sorteio do blog e concorra a três livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro, Miriã e vejo um monte de gente julgando. Fico ZzzZz. Perderam a noção mesmo, hoje até se respirarmos de forma diferente já somos julgados. ;/
      Beijos

      Excluir
  5. Oi Kamilla, infelizmente julgamento parece estar enraizada na humanidade. Eu concordo plenamente que o faz de uma pessoa um leitor, é estritamente o fato de ler e não seu estilo. Conheço gente que fala que quem lê gibs não é leitor porque "aquilo" não é livro. As pessoas tinham que parar um pouco e repensar as ideias fixas que tem sobre as coisas né.
    Beijokas
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, nada a ver mesmo! As pessoas só tem que parar e pensar mesmo, Pri, é o que tá faltando: usar o cérebro.
      Beijos

      Excluir
  6. Odeio esse povo que se acha demais por ler um certo tipo de livro, isso já me aconteceu quando estava em uma biblioteca devolvendo o primeiro livro da série It Girl, tinha um rapaz no balcão conversando com a bibliotecária e depois que devolvi e estava saindo, escutei ele comentando como tem gente que lê essas coisas, por It Girl ser uma das minhas séries preferidas porque faz parte de Gossip Girl, não me aguentei e fui tirar satisfação com ele, acho ridículo esse povo que se acha mais cult por ler livros que são mais "cabeça", pelo amor de Deus né, do mesmo jeito que você ler seus livros, deixa eu ler os meus em paz também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Giu... muito nada a ver. Leiam o que gostam e nos deixe ler em paz! rs
      Beijos

      Excluir
  7. Eu vi essa imagem também e fiquei até boba.
    Gente, que troço mais sem noção. Agora a pessoa usar short curto vai definir se ela é uma leitora cultuada ou alguma coisa assim? E roupa lá define alguma coisa nessa vida? Eu heim! Achei muito besta esse negócio. Não gostei mesmo ¬¬
    Sobre a pessoa ler determinado gênero, acho que o importante é ler. Se é um conteúdo que eu acho ruim pra mim, pode ser algo bom para outros e o interessante na questão é a pessoa estar criando gosto para ler. Ela vai achar outros temas ao longo da vida e isso não vai definir se ela é melhor ou pior em nada. E nem a bendita roupa que ela está usando.
    Não entendi mesmo o que queriam com essa imagem... só serem preconceituosos mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, roupa não define nada, muito menos se ler ou não. Exatamente, não existe ruim, a maioria das coisas é questão de gosto.
      Eu ouvi um boato pelo facebook que o ilustrador fez porque um cliente pediu, não sei a veracidade da informação. Mas de qualquer forma é preconceito.
      Beijos

      Excluir
  8. Eu tive um professor de português que dizia não importa o que se lê desde que leia, acho que cada um deve ler aquilo que gosta independente do gênero e todos devem respeitar, mas infelizmente tem uns que leem clássicos e se acham por isso, outros leem muito e se acham por isso, não sabia que leitura é competição. Eu não gosto de todos os gêneros de leitura, mas tem gente que gosta dos que não gosto e vice versa é um direito das pessoas não gostar. Roupa não define leitura e nem ninguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso, também não sabia que leitura é uma competição. Se ler porque gosta, não porque quer ser melhor que outra pessoa por causa do gênero escolhido. Roupa não define nada, exato!
      Beijos

      Excluir
  9. é simplesmente ridículo esse julgamento. Penso que cd pessoa teve ler o que a agrada.
    Nessa de julgar pela roupa ou aparência é o mesmo que julgar o livro pela capa e ignorar o conteúdo ou a falta dele. Sem contar que respeito deveria vir em primeiro lugar. Lição que os leitores que julgam deveriam aprender antes de criticar o gênero que vc lê ou como se veste

    ResponderExcluir
  10. Penso exatamente como você, direto vejo em grupos pessoas se gabando porque gostam daqueles livros antigos estio Romeu e Julieta, gostam de nacionais antigos e livros do genero. Se dizem fodoes por ler isso e fico puta toda vez. Eu não gosto de livros assim e não é por isso que sou menos leitora que eles.
    Esses dias vi em um grupo uma pessoa falando sobre esses tipos de livros, dizendo que leitor de verdade são os que leem isso, desprezando os outros tipos de leitores. Tem leitor que curte uma biografia, um nacional, uma distopia, um romance, tem N leitores e nenhum é melhor que o outro. O importante é ler, não é mesmo ? Então pra que ficarem fazendo essa distinção de leitores, vamos ler, compartilhar com ozamigos e incentivar mais pessoas a ler, porque é isso é ser um ótimo leitor, incentivar a leitura e ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém é menos leitor que ninguém, nem comparado daqueles que não tem costume de ler.
      A verdade é que tem leitor pra todo tipo, como você disse, o importante é ler. E vamos incentivar as pessoas, isso é o que importa.
      Beijos

      Excluir
  11. Kamilla!
    O que acho é que tem muita gente 'besta' no mundo, desculpa a expressão.
    O importante é ler, seja HQs, Mangás, Romances, Ficção, Biografia, o escambau... leia, até bula de remédio ( que por sinal agora estão bem mais explicativas)...kkkkk
    O aprendizado vem de cada um, devido as suas vivências e tenho certeza que aprendemos muito em cada livro, nem que seja a forma de escrita, os erros ortográficos, a visão que o autor tem sobre determinado assunto e por aí vai. Não quer dizer que concorde, mas pelo menos, devemos questionar, pensar, mudar nosso ponto de vista (ou não!), o importante é que aprendemos.
    E quanto a roupa que se veste... nem vou comentar isso, é um tremendo absurdo!
    “Todos os homens, por natureza, desejam saber.” (Aristóteles)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem besta mesmo, Rudy! haha
      É de fato um absurdo a questão de roupas e julgamentos.
      Beijos

      Excluir
  12. Nossa, deletei tudo que tinha escrito quando cheguei no fim do comentário, hahaha, que droga quando isso acontece. Mas resumindo, também acho que é ignorante quando a pessoa diz que não gosta sem nem ao menos conhecer. Devemos sempre buscar expandir nossos horizontes e ir atrás de coisas novas. Não gostou? Tudo bem, tudo ótimo, tudo normal mas você pelo menos tentou. Entendo que o foco do post não é esse mas só queria lembrar mesmo que é feio falar que não gosta se você nunca leu.

    E esse tipo de julgamento acontece com tudo: música, filmes, séries. Até nossos hobbies são julgados, como é que pode, né? Eu acho um absurdo! Engraçado que é sempre os tão super incríveis "cults" que diminuem alguém, já parou pra ver? Nunca vi uma leitura fanática de romances ir lá xingar outra pessoa que lê Machado de Assis, hahahah. É como você disse: cadê o conhecimento que esses livros tão incríveis tão trazendo pra eles? Não adianta ler as "melhores" obras se você tiver uma cabeça fechada. Aí não vai acrescentar em nada.
    Amei o posto Kamilla!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E mulher, eu já fiz isso com postagem... apaguei tudo e não foi só uma vez não, já aconteceu várias D:
      Concordo com você a respeito de falar do que não sabe, se você nunca leu ou já foi ler com pré-conceito nem tem porque julgar.
      E é super verdade o que você falou, são os que se julgam mais "cults" que mais julgam e inferiorizam os outros. Sem noção tanto.
      Obrigada, Lu!
      Beijos

      Excluir
  13. Olá, Kamilla!!
    Gostei de você expor sua opinião sobre os julgamentos no meio literário. É importante dar a nossa opinião, pois precisamos compartilhar nossos conhecimentos com todos, como cada pessoa vê.
    Amei o post!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  14. Tenho a mesma opinião que a sua. Cada um tem o seu gosto não cabe a ninguém julgar o que o outro lê. A leitura só nos enriquece e esse preconceito é simplesmente ridículo, seres ignorantes que se acham melhor do que os outros, ignoro. Não importa qual seja leitura escolhida, ela sempre será válida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer tipo de preconceito é ridículo! E super concordo, leitura - seja qual ela for - sempre será válida.
      Beijos

      Excluir
  15. Hoje em dia tudo é motivo de julgamento! As pessoas dão um jeito de julgar até as coisas mais simples. O padrão hoje em dia é julgar quem pensa de uma maneira diferente da sua, não da mais pra expressar opiniões, porque se outra pessoa olhar que você tem um conceito diferente ela já vai discordar e querer debater de uma maneira ofensiva. O pior é que isso acontece até no meio literário, e isso é péssimo, porque pra mim qualquer leitura que você gosta vale.
    Um dia na escola meu colega tava falando de um livro sobre Crepúsculo que ele tinha lido e outra garota disse que ele era um idiota em ficar lendo merda, e eu pensei, qual era a necessidade dela abrir a boca pra julgar o livro dele? Se ela não gosta desse tipo de livro era só ela ficar quieta, não precisava causar confusão.
    Adorei o que você falou, porque esse assunto também precisa ser discutido pra abrir a cabeça das pessoas. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... vi recentemente uma postagem em um grupo que colocou o Nicholas Sparks pra baixo, assim como os leitores dele. Como se ler Dostoiévski (que nem sei falar o nome direito haha) fosse superior. E a mina criticou de todas as formas, achei tão ridículo. Velho, nada fez ninguém melhor não.
      E essa guria aí um poço de inconveniência ein?! Diz ao teu amigo que é "nois" lendo crepúsculo ♥
      Beijos e obrigada pelo comentário.

      Excluir
  16. Simplesmente odiei essa primeira imagem, até houve uma discussão em um grupo que participo porque a maioria dos CARAS estavam concordando com ela e isso me deu muita raiva.
    Eu uso roupa curta se quiser e ainda assim leio muito mais que esses pseudo cults por aí que acham que só Dostoiévski é que acrescenta alguma coisa na nossa vida.

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Março você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MEU DEUS, como assim os caras estavam concordando? dá medo, o pior é que tem mulher que concorda também. Véi, na boa... Esse povo usa tanto a cabeça pra criticar, mas cadê que as usam pra respeitar? Ler clássico pelo visto tá fazendo é as pessoas ficarem alienadas, o que sem dúvidas, não é o intuito dos livros.
      Beijos

      Excluir
  17. Oi Kamilla,
    Para mim toda leitura e válida, independente do gênero literário. Sei que as pessoas que leem mais clássicos, por exemplo, aos olhos da sociedade são mais cultas, já que é um gênero que tem uma linguagem mais difícil, palavras diferentes (para isso existe dicionário não e mesmo?). A questão é que o que importa é a qualidade da leitura e não a quantidade. E isso não tem nada a ver com a forma que a pessoa se veste ou age, não depende da profissão e nem da classe social.

    ResponderExcluir
  18. Kamilla eu também presenciei essa imagem nas redes sociais e fiquei sem reação e bem decepcionada. Não é a roupa que faz a pessoa ou o caráter dela, como as pessoas podem achar que o tamanho da roupa diz se a pessoa lê ou não?! O preconceito infelizmente é o que muito ocorre na sociedade, isso é muito decepcionante.

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO