12/05/2017

RESENHA: O Livro dos Espelhos - E. O. Chirovici

O Livro dos Espelhos
Autor: E. O. Chirovici
Editora: Record
Páginas: 322
Edição: 1
Ano: 2017
Quando o agente literário Peter Katz recebe por e-mail um manuscrito parcial intitulado O livro dos espelhos, ele fica intrigado. O autor, Richard Flynn, descreve seus dias em Princeton, e documenta sua relação com Joseph Wieder, um renomado psicólogo, pesquisador e professor. Convencido de que o manuscrito completo vai revelar quem assassinou Wieder em sua casa, em 1987 — um crime noticiado em todos os jornais mas que jamais foi solucionado —, Peter Katz vê aí sua chance de fechar um negócio de um milhão de dólares com uma grande editora. O único inconveniente: quando Peter vai atrás de Richard, ele o encontra à beira da morte num leito de hospital, inconsciente, e ninguém mais sabe onde está o restante do original. Determinado a ir até o fim neste projeto, Peter contrata um repórter investigativo para desenterrar o caso e reconstituir o crime. Mas o que ele desenterra é um jogo de espelhos, uma teia de verdades e mentiras, e uma trama mais complexa e elaborada que a do primeiro lugar na lista de mais vendidos dos livros de ficção.

Foi uma grata surpresa!

Peter Katz é um agente literário que recebe por e-mail os primeiros capítulos de um manuscrito do Richard Flynn, intitulado O livro dos Espelhos. O que chama a atenção do agente é a forma que o e-mail é escrito, de um jeito diferente e convidativo. Logo inicia a leitura do manuscrito e fica curioso pra saber o desfecho, mas quando tenta entrar em contato descobre que o Richard está com câncer em fase terminal. Ele então contata o jornalista John Keller, para que investigue a história. 
“Mas, às vezes, o ódio e a dor podem ser combustíveis tão poderosos quanto o amor.”
A história de O livro dos Espelhos: O livro que o Richard escreveu conta sobre os dias que passou em Princeton, onde conheceu a Laura Baines, que diz estar envolvido. O professor, que é um renomado psicólogo, Joseph Wieder com quem começa a trabalhar (em sua gigantesca biblioteca) e que ele pensava ter um caso com a Laura. Na última parte do manuscrito ele conta um pouco sobre o assassinato do professor Wieder, no qual ele foi um dos suspeitos. Ele foi a casa do professor? Ele matou o professor? Não se sabe, o manuscrito acaba justamente onde começaria as respostas.

O livro é dividido em três partes: Peter Katz, onde também acompanhamos o manuscrito do Flynn. O de John Keller sobre a investigação e por fim do Roy Freeman, um policial aposentado, mas que foi um dos detetives que cuidaram do caso do assassinato do Wieder.
“A gente não sabe o que é dor até sofrer um corte tão profundo que nos permita perceber que as feridas passadas não foram nada mais que arranhões.”
Nós vamos acompanhando junto com o Keller (o jornalista investigativo) e aos poucos vamos vendo que a verdade do Richard, pode não ser a verdade dos outros. O que será que de fato aconteceu? O jornalista não ficou até o fim, desistiu do caso, mas reacendeu a vontade no Roy de descobrir a verdade. Será que ele conseguiu? O livro é nesse ritmo, você fica se perguntando o tempo inteiro o que é real, o que aconteceu, como aconteceu e o que danado aconteceu com o professor Wieder e quem o matou?! 
“Às vezes, por trás das aparências se escondem monstros.”
O livro dos espelhos é viciante, é bem escrito, daqueles que você não consegue parar por nada. Vai lendo e lendo, até descobrir o que aconteceu. Trás muitas surpresas e novidades, mas pra mim o final não teve aquele clímax, mas devo admitir que me surpreendeu e me fez de trouxa. Imaginava outra coisa, sabe?! E achei o final fraquinho, porque ao mesmo tempo que não era o que eu esperava, não teve nenhum impacto. 

Devo ressaltar aqui que a escrita do autor é fluída, gostosa e viciante. Fisga o leitor de um jeito. Gostei muito desse fator.

Sobre os detalhes: A cada parte do livro se tem o nome do personagem destacado e uma frase que tem a ver com a história. Os capítulos não são muito extensos, e eu particularmente prefiro assim. A diagramação está ótima, um espaçamento e tamanho de fonte que ajudaram muito ao dar o dinamismo a leitura. Não encontrei erros. 

Comentário final: Se você gosta de um livro com mistérios e suspense, você vai adorar este. Não espere um final com um clímax arrebatador, porque não tem, mas é surpreendente de qualquer forma. E vale a pena!


30 comentários

  1. Oi Kamilla, acho que o bom de livros de suspense é ser surpreendido ao final e mesmo você tendo considerado o final fraquinho, achei isso um ponto positivo, bem como a escrita fluida e viciante, caso resolva me arriscar na leitura esses fatores são importantes, pois esse não é geralmente o tipo de livro que leio e os pontos citados podem fazer com que eu curta a leitura ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É de fato um ponto positivo, mas não tem um impacto PÁ, que eu esperava. hahaha
      Beijos

      Excluir
  2. E muito difícil eu ler livros desse gênero, porém hoje em dia tenho gostado bastante da forma como esses autores tenham construído uma leitura em volvente e cativante, como nessa obra. Que por mais que não tenha um final arrebatador, ainda sim conseguiu construir uma trama com um começo, e meio incrível. Super me interessei pela leitura.

    ResponderExcluir
  3. O último livro de suspense que e li e que vinha com o toque de terra foi Caixa de Pássaros. Eu não sou muito fã desse estilo, leio um aqui outro ali até pra não perder a graça.
    Esse eu achei bem interessante, parece convidar o leitor a descobrir esse final junto com o personagem..
    Fiquei um pouco em dúvida se iniciaria essa leitura. Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi, Kamilla
    Adoro o gênero, ainda mais quando o livro enche a gente de perguntas. Uma pena que o desfecho não tenha sido tão bom assim. Mas mesmo com essa ressalva ainda pretendo ler o livro um dia. Ótima resenha.

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um ótimo livro, muita gente amou.
      Beijos

      Excluir
  5. Adoro livros nesse estilo. Esse livro foi um dos que foram apresentados no Mochilão da Record e eu fiquei super curiosa pra ler ele! Tenho visto boas criticas dele até então, já tá na minha lista xD

    ResponderExcluir
  6. Eu amo livro de suspense!
    Antes eu lia mais romances e aventuras e agora estou me aventurando em outros gêneros e suspense é maravilhoso. Vi muitas fotos desse livro no Insta e estou super curiosa sobre ele!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Legal o final apesar de fraquinho ter sido surpreendente, e que a leitura foi muito viciante, gosto de suspense então fiquei super intrigada com o questionamentos: o que, como, o que danado aconteceu e quem o matou, realmente fiquei super curiosa para obter essas respostas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem nesse ritmo mesmo, você só para quando descobre. kkk
      Beijos

      Excluir
  9. Fiquei com vontade de ler, pois achei que vale a pena por ser bem escrito e parece ser daqueles que deixa o leitor eufórico por saber o que vai acontecer, mesmo o final não sendo lá tudo isso.

    ResponderExcluir
  10. Oi Kami.
    Eu adorei essa premissa e saber que tem investigação ainda mais Adorei saber que o livro te prendeu e adoro me sentir assim só consegui largar depois de ter terminado eles cobrindo todo o mistério em relação aos personagens, eu amei essa capa e não vejo a hora de ler.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro muito bom, você vai adorar Mar!
      Beijos

      Excluir
  11. Boa tarde, Kamilla!
    Nossa, tinha comentado na postagem anterior que estava ansioso pela resenha, tomei um susto quando a vi no momento seguinte :D Fiquei bem curioso com a trama depois da resenha e, se um dia tiver a oportunidade de ler a obra, lembrarei da sua dica para não criar muita expectativa com o final.
    Abraços :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre bom de qualquer forma não ir com muita cede ao pote, né? :p
      Beijos

      Excluir
  12. Oi Kamilla!
    Apesar de adorar os livros que apresentam um final mega elaborado e que faz o leitor perder a linha, gosto de livros que desenvolvem bem a história e tem um final bom. Adorei a história, todo esse ar de investigação e essa mistura de verdade e mentira.
    Quero ler com certeza. Adorei a resenha flor.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  13. Eu não leio tantos livros de mistério, não é meu gênero favorito, mas eu gosto bastante de ler alguns de vez em quando. Fiquei bem interessada nesse livro, eu não conhecia ele, mas achei o enredo bem interessante. Gostei de saber que a escrita do autor é bem fluída, só é uma pena que o final não seja tão surpreendente, mas fiquei com vontade de ler o livromesmo assim :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Kamilla!
    Toda trama do livro parece bem intrincada e como tem mistério e muito suspense, claro que quero ler, mesmo que o final não tenha sido surpreendente ou arrebatador, acredito que só o fato da expectativa em poder desvendar a trama, já vale demais aleitura, porque nos deixa tensos e curiosos.
    Desejo uma ótima semana!
    “Conhecer os outros é sabedoria. Conhecer-se a si próprio é sabedoria superior.” (Lao-Tsé)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  15. Olá Kamilla,
    Nossa, bem interessante esse livro, gosto bastante de misterio e suspense com certeza eu amaria ler ele. Ao longo da resenha fiquei com tantas perguntas na cabeça sobre ele, o que será que aconteceu com o professor? qual foi a razão disso? e bem intrigante essas duvidas!

    ResponderExcluir
  16. Oi Kamilla,
    Amo livros de mistérios e suspense, adoro ser fisgada por uma trama intricada assim, que fisga o leitor desde o inicio. Estou duplamente curiosa com essa história, pois quero conhecer o desfecho do manuscrito e também saber o que realmente aconteceu com o professor. Mesmo que o final seja fraquinho, acho que é uma leitura cheia de surpresas e viciante. Vou querer ler sim!
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oiee Kamilla! Li também recentemente o livro e adorei! Sou viciada em thrillers de conspiração, e esse não me decepcionou. O final foi mais calmo do que eu esperava, sem ação, mas acho que se o autor tivesse introduzido mais elementos ali teria ficado forçado. Não foi um favorito, mas foi uma experiência beeem boa. E é mesmo difícil de largar, mega instigante. Adorei a resenha!!

    beijos!

    ResponderExcluir
  18. Oi Kamilla,
    Achei a sinopse um pouco confusa, mas isso me deixou mais curiosa para conhcer esta trama. Nunca li nenhum livro que tivesse outro livro na história e, com certeza, nunca li uma história como a de O Livro dos Espelhos. A angústia que Peter Katz senti ao chegar no final do manuscrito sem ter a respostas que procura é a mesma que nós leitores sentimos quando concluímos um livro e não temos a continuação e achei essa ideia do autor genial. Uma pena o final não ter sido melhor desenvolvido.

    ResponderExcluir
  19. Ainda não sei se gosto ou não da capa, mas adorei a sua resenha e fiquei curiosa sobre a escrita do autor e achei interessante ele ser dividido em tres partes. Com certeza vou querer ler.

    ResponderExcluir
  20. Sinceramente, hoje, não sei como começar meu comentário…..
    Eu achei a capa linda, a sinopse bem legal e concisa, mas foi lendo a resenha que realmente fiquei super intrigada, com aquela vontade de ler e “sair desvendando assassinatos por ai” ehhehehe Amei o clima tenso, as incertezas quanto ao livro poder conter detalhes (e a solução) do crime…

    ResponderExcluir
  21. Hey,adoro esse gênero então com certeza vou adorar a leitura, gostei principalmente por não sr capítulos longos, pois acho que capítulos mais curtos melhoram a dinâmica da leitura.

    ResponderExcluir
  22. Eu não conhecia este livro, mas após ler sua resenha já adicionei ele em minha lista de leituras, adoro esse estilo de livro que a história é tão boa a ponto de o leitor não conseguir parar de ler, estou bem ansiosa para ler O Livro dos Espelhos.

    ResponderExcluir
  23. Essa de te fazer de trouxa ou não é um ponto que gosto muito nesses gêneros. Muitas perguntas surgem ao decorrer e a "fome" para responder tudo é tanta que quando vê, acabou a leitura. Com um começo e meio de história envolventes, relevo o final fraco e mantenho o interesse em ler. Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  24. A capa é maravilhosa, o título é curioso e a resenha é tensa. Livros de suspense e investigação quando bem escritos deixa o leitor tenso, a vontade de terminar logo e ao mesmo tempo nao querer chegar ao final nos perturbam. Este está na lista.

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO