23/06/2017

RESENHA: Nove Regras a Ignorar antes de se apaixonar - Sarah MacLean

Os Números do Amor - Livro 1
Autora: Sarah Maclean
Editora: Arqueiro
Páginas: 384
Edição: 1
Ano: 2016
A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.
E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato. Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.
Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.
Simplesmente encantada com esse livro!

A Lady Calpúrnia Hartwell, mas prefere ser chamada apenas como Callie. Ela é uma solteirona, aos 28 anos ainda não casou e não sente que um dia irá se casar. Todos os pretendentes que apareceram foram por interesse, não por ela. Após um tempo, ela resolve se arriscar e viver coisas que ela nunca havia experimentado por causa da reputação e dos bons modos. Oras, ela já está solteirona mesmo. Os itens da sua lista são:

Após uma conversa com seu irmão - Benedick - e ouvir, através da porta, da sua irmã mais nova - Mariana - (que está prestes a se casar) que ela é passiva, Callie toma coragem e escreve uma lista que dama nenhuma poderia realizar e mais, ela resolve que vai começar a riscar o primeiro item da sua lista naquela noite.  Resolve ir a noite na casa do Marquês de Ralston pedir-lhe um beijo.
1. Beijar alguém… Apaixonadamente.
2. Fumar charuto e beber uísque.
3. Montar com pernas abertas.
4. Esgrimir.
5. Assistir a um duelo.
6. Disparar uma pistola.
7. Jogar (em um clube de cavalheiros).
8. Dançar em todas as danças de um baile.
9. Ser considerada linda. Pelo menos uma vez.
Gabriel St. John, o Marquês, é um libertino e mulherengo. Não quer relacionamentos, não quer se casar e não quer de maneira nenhuma se apaixonar, afinal ele e seu irmão gêmeo, Nicholas, foram abandonados pela mãe e viu perderem o pai por causa dessa coisa tola que é o amor. E agora então, que descobrira ter uma irmã de um outro casamento da mãe, Juliana. E a assumirá publicamente para alta sociedade ela como irmã, mas pra isso terá que passar todas as regras e costumes, já que Juliana viera de outro país e tinha que se acostumar.
O Marquês fica surpreso quando se depara com Callie em seu quarto no meio da noite, afinal ela é uma dama/lady, e o seu pedido, resolve então fazer uma troca com a Lady Calpúrnia. Ele a beijaria, mas em troca Callie ensinaria Juliana a virar uma dama pronta a se apresentar a Alta Sociedade. 

A lista e o fato de Callie estar ajudando a Juliana, acaba aproximando ela e o Gabriel, mesmo antes de perceberem. Nossa protagonista se vê apaixonada pelo marquês, já este não posso dizer o mesmo. Ou posso, só ele que demora a perceber? Bom, só lendo pra saber...

Eu não esperava gostar tanto desse livro, adoro livros de romance histórico, porém nunca tinha tido nenhum contato com a autora, Sarah MacLean, e apesar de curiosa, estava receosa também. Mas foi maravilhoso. A história é cativante ao extremo, a Sarah fez algumas críticas ao machismo. Por exemplo, muitas dessas regras as mulheres não podiam fazer... por serem mulheres. Claro que não é o foco, mas deixa aquela crítica marota. 

Além disto, há o romance, cenas engraçadas e hots também. Em comparação aos que eu havia lido, este teve mais cenas sensuais. A protagonista foge dos padrões mulherão que a sociedade impõe, é mais corpuda e cheinha, mas não menos mulher ou sexy por causa disso. Callie foi muito bem construída, inteligente, simpática, sensual (porque tem protagonistas tapadas, sejamos sinceras, que ficam chocadas com tudo). Eu gostei bastante da construção do Gabriel também, que era sarcástico, inteligente, amável e tinha seus porquês pra não querer se apaixonar... Devo admitir que o marquês é como dizem por aí: homão da porr*

Outros personagens aparecem no decorrer da história como Mariana, irmã da Callie, Nicholas e Juliana irmãos do Gabriel, que foram personagens incríveis. E eu já os considero, outro personagem que gostei foi o irmão mais velho da Callie e Mariana: Benedick, que apareceu pouco, mas gostei dele.
“A aventura faz valer a pena a experiência decepcionante.”
Vamos falar sobre a lista: O Gabriel acabou ajudando, sem querer algumas vezes, a realizar algumas tarefas. E óbvio que isso acaba rendendo cenas sensuais, mas também bem engraçadas. Callie vestida de homem, tentando fazer voz de homem. Foi hilário. Quem ajudou também foi Anne, sua criada, que era mais uma amiga na verdade.

Sim, gostei de tudo no livro. A narrativa é em terceira pessoa, e intercalava no Gabriel e na Callie, fazendo-nos visualizar os dois lados. Particularmente adoro quando isso acontece, além de dar mais dinamismo, sabemos o que está passando na cabeça de ambos. O livro tem quase 400 páginas e passa tão rápido, que você nem se dá conta de tão fluída e contagiante que é a leitura. 

Sobre os detalhes: A capa é maravilhosa, não encontrei erros (na verdade estava tão imersa na história, que pode ter passado alguns despercebidos). A fonte e o espaçamento estão ótimos. 

Comentário final: Simplesmente amei a história e os personagens. Sem dúvidas virou um dos meus livros favoritos da vida. Super indico que leiam e conheçam a história de Gabriel e Callie. Porque vale muito a pena.


26 comentários

  1. Oi Kamilla, vamos falar desse meu livro favorito <3 e tenho que dizer que já li os três e essa trilogia é daquelas imperdíveis e que já começa com o pé direito, Gabriel e Callie são ótimos juntos e é impossível não se encantar por todos os personagens, mesmo os secundários são bons e eu também fiquei gamada em Benedick e sou frustrada com o fato da autora ainda não ter escrito uma história pra ele, ainda tenho esperança e ele merece :)
    Amo romances de época e amei a resenha :)

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito de romance no estilo e esse livro me animou bastante porque parece ter muita coisa legal e uma escrita deliciosa. A personagem parece diferente, forte, um tanto fora do comum e amei o que vi dela. A trama tem umas críticas, um jeito meio único. Ah gostei de tudo.
    Estou louca pra ler também *-*

    ResponderExcluir
  3. Olá! Tudo bem?

    Nunca li nada da Autora, acredita? Rsrs. Pretendo encaixar esse livro mas minhas próximas leituras, já que você falou tão bem a respeito. Confesso que não sou tao familiarizado com romances históricos, mas acho que já esta na hora de sair da zona de conforto e descobrir novos gêneros nos quais não tenho afinidade.

    Parabéns pelo post e blog. Beijão! ♥

    ResponderExcluir
  4. Oi Kamilla!
    Definitivamente não é um livro que eu leria e também não é um gênero que me agrade, contudo eu li a sua resenha por ser muito boa por sinal traz até uma certa curiosidade para quem não gosta, como eu rsrs

    Grande abraço,
    Victor N Souza
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  5. Eu já li muitas séries da Sarah, como Clube dos Canalhas, Escândalos e Canalhas, e já li os dois primeiros de Os Números do Amor; sou apaixonada pela escrita dela. Amo romances de época e posso dizer que a Sarah é uma das minhas autoras favoritas, porque ela sabe escrever um ótimo romance, seus diálogos são sempre divertidos e deixam o leitor curioso em saber o que vai acontecer no próximo capítulo. Esse primeiro livro é bem legal e divertido; quando uma mocinha resolve não dar muita atenção para a sociedade londrina, pode apostar que vem coisa boa por aí kkkkk Suas aventuras são deliciosas de ler, e ainda acompanhada por Gabriel deu tudo certo ! Adoro esses gêmeos e como são lindos e maravilhosos, claro que fico babando por esses libertinos apaixonantes.
    O segundo livro que traz o Nicholas, ainda é o meu favorito, mas estou ansiosa pra ler sobre Julianna, que acredito que vai ser tão bom quanto os outros.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Ola
    Não tenho dúvidas de que esta deve ser uma história apaixonante. Esse gênero é um dos meus preferidos, sem contar que já conheço a escrita da autora, então é claro que a premissa me intriga muito. Sua resenha ficou ótima e me deixou ainda mais motivada e curiosa a respeito do desenvolvimento.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  7. Oi tudo bem?
    Venho ouvido falar muito bem dessa série e tenho certeza que vou adora-lá afinal romance de época são os meus favoritos, sua resenha me deixou ainda mais animada para começar a ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Eu já li esse livro e adorei a narrativa. Fooi a minha primeira leitura da autora, e fiquei apaixonada pelo que encontrei. AInda não li o último volume, e estou bem curiosa para poder conferir, só posso dizer que o segundo livro também é muito bom!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Oi. :)
    Sou a louca dos romances de época, simplesmente o meu gênero favorito. <3
    Estou a tanto tempo querendo ter esse livro, que já consegui o segundo volume e esse não rs. Nunca baixa de preço. :(
    Adorei sua resenha, ainda mais pq tem quotes. Amo resenhas com quotes! <3
    Adorei sua opinião sobre o livro, parabéns flor.
    Blog As Meninas Que Leem Livros - Lauri Brandão

    ResponderExcluir
  10. Kamilla!
    Terminei a leitura desse livro nese mês e ainda me pego pensando em Gabriel e Callie.
    Em toda resenha que lia do livro, ficava me perguntando porque o nome horroroso de Calpúrnia e só em ver meu desejo realizado, já me dei por feliz e agora já nem acho o nome tão esdrúxulo...kkkkk
    Fato é que me deliciei com a leitura bem sensual e em alguns momentos pude rir muito com os pensamentos dela e a tal lista. E claro que me apaixonei por Gabriel...
    Boas festas juninas e bom final de semana!!!!
    “O que importa afinal, viver ou saber que se está vivendo?” (Clarice Lispector)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Eu amo romances de época e estou louca para ler esse livro. Ainda não li nada da Sarah MacLean, mas acho que vou me apaixonar também. Só pela sinopse já fiquei apaixonada pela história. Saber que a personagem é forte e que quer mudar o rumo da sua vida me motiva mais a ler.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Terminei de ler esse luvro ontem e gostei muito da leirura.
    Apesar de não ser um dos meus gêneros favoritos, tenho que concordar com você, a leitura é envolvente e fluida. Também prefiro livros narrados em terceira pessoa, pois temos uma visão mais holística da história.
    Abs e parabéns pela resenha ^^

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Não gosto muito de romances de épocas e me desanimo muito quando vejo tudo isso de continuações. Gostei muito dos seus comentários. Deve ser um ótimo livro pra quem gosta do gênero, mas não é pra mim :/
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Preciso admitir que não sou uma fã de romances históricos, não por não gostar do gênero mas por não ter muito contato mesmo. Portanto, nunca li nada dessa autora mas fiquei muito curiosa quanto à esse livro. Algo realmente diferente uma mocinha ser considerada feia pela sociedade em si. Agora desejo poder conhecer e presencia a volta por cima que a personagem da.

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu sou doida para ler um romance de época, mas ainda não tive uma oportunidade. Minha lista tá cheia de romances de época, mas esse eu ainda não conhecia e achei a história bem diferente, original, por a autora sair desse coisa mulher "padrão". Fiquei muito curiosa com essa lista, como ela fez para cumprir com os itens e tudo mais. Eu gosto desse toque sensual e tal, mas confesso que se tiver mutias cenas hot, acaba me incomodando um pouco, espero que isso não aconteça quando eu ler. Dica anotada!
    Beijos,
    Nay
    Traveling Between Pages

    ResponderExcluir
  16. Ola Kamilla,
    Já tinha lido algumas resenhas desse livro, tem uma história bem interessante, um ar bem clichê. Não li nada da autora ainda é nem sobre o gênero mas ao ler resenhas vemos muitos pontos positivos sobre esse gênero e fico com bastante vontade de ler. Naquela época as mulheres era trata como dama e não podia fazer nada, realmente era machismo e isso é chato, eu mesma em gosto disso mas na história do livro deve ser uma forma de quebra esse tabu.

    ResponderExcluir
  17. Adorei a resenha! Esse livro já estava na minha lista de desejos devido ao titulo que me chamou atenção, lendo a resenha, percebo o quão incrível é o livro. Quero muito ter a oportunidade de ler ele logo, hehe Parabéns pela resenha, ficou ótima!

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Não conhecia esse livro ainda, apesar de já ter lido bastante resenhas dos livros da autora.
    Adorei a capa desse livro. E amei a personagem Callie. Com todas essas características marcantes, como não gostar!? Adorei o fato de saber que ela não é apegada aquela ideia de que por ser mulher, ela não pode realizar certas coisas.
    Fiquei hiper curiosa com o desenrolar do romance entre Callie e Gabriel, e claro, as cenas sensuais.
    Está anotada a dica.
    Fiquei com uma dúvida. Esse livro faz parte de uma série ou é avulso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o primeiro livro livro da série Os Números do amor, mas cada livro da trilogia é sobre um casal diferente. Então dá pra ler de forma individual normalmente :)
      Abraços

      Excluir
  19. Hey Kamila,
    Estou louca para ler esse livro, mas ainda não surgiu a oportunidade. Achei as regras que a protagonista escolheu muito interessante!
    Gostei de saber que o Gabriel, mesmo sem querer, acaba ajudando-a a quebrar regras haha. Também gostei de saber que, apesar de o livro ser grandinho, ele passe rápido.
    Espero ter a oportunidade de ler logo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Oi, Kamilla

    Também favoritei esse livro! <3 Fiquei completamente encantada com Callie e com sua personalidade. Gabriel, apesar do temperamento, também me conquistou e amei a forma como ele ajudou Callie a riscar itens da lista! <3 Me apaixonei pela escrita da Sarah e li a trilogia toda em uma semana! hahahaha

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Quero ler a personagem parece ser muito divertida e decidida não liga para a opinião dos outros e sim para o que quer fazer e faz, essa lista é bem inusitada para a época.

    ResponderExcluir
  22. Oiiii
    Sarah é uma das minha autoras que estão no topo.amo os livros dela.
    Possue um dom para escrever romances históricos fora do comum.amo este livro
    O fato da mocinha sair dos padrões e mesmo oassim ser encantadora
    E Gabriel não precisa de palavras para descrever.
    Leia os outros dela vc não vá ise arrepender

    ResponderExcluir
  23. Acho os títulos desta série muito originais e a forma como você descreveu o enredo, já me deixou muito empolgada para ler. Adoro romances de época e quero conhecer a escrita da autora!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Eu li o segundo livro da série e amei a escritora da Sarah Maclean. Vejo todos falando que o primeiro livro é lindo e eu precisos urgentemente ler esse livro e conhecer os personagens. Adorei a forma como você descreveu o livro e pretendo ler em breve.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  25. Oi Kamilla, tudo bem? Que capa mais apaixonante. Impossível não querer acompanhar a história com resenha tão delicada e cheia de detalhes. Romances sempre nos chamam a atenção, ainda mais quando trazem uma protagonista com personalidade tão forte. Ainda não conhecia a autora mas gostei muito da indicação. Já anotei a dica na minha lista de leitura. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO