21/07/2017

RESENHA: Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter - Sarah MacLean

Os Números Do Amor # 2
Autora: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Edição: 1
Ano: 2016
Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.
Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.
Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.
Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.
SEM SPOILERS

Sarah MacLean sem dúvidas me conquistou!

Isabel Townsend é uma mulher que comanda a Casa das Minervas, uma casa cheia de mulheres que chegaram lá precisando de algum tipo de ajuda, seja por ter pais ou maridos horríveis. A nossa protagonista vivia lá com sua mãe, que falecera, e seu irmão - James. Que foram deixados de lado pelo pai, o Conde, que vivia para a aposta... tendo apostado, inclusive, algumas vezes a própria filha. A propriedade da Isabel é em Yorkshire, longe de tudo e todos. Principalmente porque as mulheres que vivem com ela não podem serem descobertas, inclusive quando tem alguma visita, todas se vestem de homens. Mas ela vê tudo desmoronar quando descobre que seu pai está morto e não há ninguém para ajudá-la, decide então vender suas estátuas (que adora) pra poder arcar com as dívidas e continuar ajudando essas mulheres.

Nicholas St. John é um solteiro, que é lindo, maravilhoso, inteligente e está sendo muito requisitado em Londres, após surgir uma coluna em uma revista de fofocas, onde mencionava homens incríveis e que estavam disponíveis, onde ele era um destes. Depois disso todas as moças da cidade começaram a vê-lo de outra maneira e claro que não deixariam um solteiro tão maravilhoso a solta. Decidido a fugir da cidade, resolve aceitar um pedido de um amigo, pra encontrar a irmã perdida dele. A última pista que tem é que a irmã do seu amigo aparecera em Yorkshire, mas não consegue descobrir nada por lá... mas conhece uma dama peculiar: Isabel. Ela está decidida a vender sua estátuas e como ele conhece e tem propriedade sobre isso, resolve ajudá-la. 
“Lorde Nicholas é um verdadeiro modelo de masculinidade. Bonito e charmoso, com uma aura de mistério que faz leques e cílios balançarem. E os olhos, cara leitora! Tão azuis!"
A partir dessa ajuda, onde o Nicholas e seu amigo Rock tiveram que permanecer na casa de Isabel, pra estudar todas estátuas. A nossa protagonista fica ansiosa e receosa deles descobrirem que ali é A Casa da Minerva, mas essa não é a única preocupação já que é nítido que ela e o Nick estão sentindo algo um pelo o outro.

Esse é o meu segundo contato com a autora e continuo querendo ler tudo dela. A relação de Nick e Isabel passa em dias, mas parece anos, sabe? A Sarah consegue adentrar o leitor na história que você anseia pelas coisas mesmo passando pouco tempo. A construção dos personagens foi incrível, você consegue compreendê-los.
“Às vezes, milorde, somos obrigados a fazer coisas que não queremos.”
Mas nem tudo são flores, o Nick e a Isabel são personagens bem parecidos. Ou seja, são bem teimosos e um tanto quanto orgulhosos e tem  momentos que isso resulta em alguns sorrisos ao leitor, mas outra nos dá uma aflição. A Isabel é uma das personagens mais incríveis que tive o prazer de conhecer, é uma mulher forte, de fibra e por mais que tenham seus medos e aflições, não se deixa abater. Levanta a cabeça e luta pelo que acha certo, cuida das mulheres da casa e se coloca em risco perante a sociedade porque sabe que aquelas mulheres valem a pena. E isso causa a ela medo de que alguém possa machucar aquelas mulheres, a ela e ao seu irmãozinho. O Nicholas percebe esse jeito da Isabel, de não querer ser cuidada e nem ajudada - já que cá entre nós, ela nunca teve isso nem dos seus pais, porque iria abaixar a guarda? - Mas o Nick é diferente, ele a entende. E quer ajudá-la.
Dez formas de fazer um coração se derreter é narrado em terceira pessoa e tem uma narrativa leve e fluída, que contagia o leitor. Tem cenas engraçadas, mas ao mesmo tempo aborda assuntos sérios e que faz o leitor pensar. Antes de alguns inícios de capítulos, temos o prazer de ler as notas da revista de fofoca, Pérolas e Peliças, onde lemos as dicas de como conquistar um pretendente. E obviamente é engraçado a forma que a autora abordou isso e como a história mostra que não é preciso dessas dicas. Apenas o sentimento verdadeiro. 

Destaco na resenha os personagens secundários que apareceram na trama, em principal as mulheres da Casa da Minerva. Não conhecemos a história de todas, mas já é crível como elas são guerreiras e quanto algumas delas já sofreram. Achei incrível a forma que a autora abordou sobre essas mulheres. Outro personagem que me encantou foi o pequeno James, irmão da Isabel, que é o novo conde. Que criança mais sagaz e inteligente... Mesmo tendo apenas 10 anos se preocupa com as mulheres da casa, como se fosse responsável por elas. Outro que gostei bastante foi o Rock, amigo do Nicholas, que nos diverte muito com os comentários e nos encantou - assim como fez com uma outra personagem (só lendo pra descobrir quem foi).
“O que havia naquela mulher que o deixava tão nervoso e disposto a sacrificar tudo por ela? O que o fazia querer tanto ajudá-la?”
Apesar de esse livro não ter me ganhado tanto o primeiro, da Callie e Gabriel (irmão gêmeo do Nicholas). Esse me conquistou também, na sua maneira, com personagens bem construídos e uma história de amor bem fofinha. Isabel e Nick são personagens maravilhosos. A obra conta com algumas cenas quentes, que particularmente achei bem menos em comparação com o primeiro livro, mas de qualquer forma é crível o desejo que eles sentem um pelo outro. 

Sobre os detalhes: A capa é maravilhosa, o tom avermelhado na roupa remete a história. A diagramação e o espaçamento estão ótimos. Não encontrei erros. 

Comentário final: Esse livro é ótimo, consegue conquistar o leitor já nas primeiras páginas. Sarah MacLean tem o poder de fazer você adentrar na história e não querer largar até que a obra termine. Super recomendo!

SÉRIE OS NÚMEROS DO AMOR
Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar #1 | Dez Formas de Fazer Um Coração Se Derreter #2


21 comentários

  1. Oi Kamilla, eu vi algumas resenhas decepcionadas com a história de Nick em comparação com a Gabriel, mas eu concordo contigo que essa história conquista a sua maneira e me ganhou completamente. Foram tantas coisas que amei nesse livro: o fato de Isabel iniciar a casa de Minerva tão nova; a própria casa de Minerva e suas ocupantes; as lindas cenas entre Isabel e Nick, com diálogos tão românticos, suspirei tanto durante esse livro haha e houveram outros motivos que me escaparam agora mais só posso dizer que vale a pena a leitura e que Sarah me encanta com suas histórias <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lili! Também vi resenhas decepcionadas, e eu até gostei mais do primeiro. Mas isso não quer dizer que esse foi ruim, né?! Isabel é uma personagem incrível. Suspirei também, devo admitir. hahaha
      Beijos

      Excluir
  2. Tudo que a Sarah escreve é maravilhoso! Embarco de coração aberto nas séries dela, porque sei que vai ser divertido, briguinhas que adoramos kkkk e muito amor.
    Esse foi o meu preferido, acredito que eu me apego mais às histórias que os personagens não assumem o quanto gostam um do outro, e aí é briga pra lá e pra cá. Por isso que eu amei esse segundo livro, Isabel é teimosa e até o final não quer mostrar que ama o Nicholas, então fiquei babando por aquele final lindo!!
    Já li os dois livros duas vezes e estou ansiosa pro terceiro. Julianna é imprevisível e sua história deve ser tão boa quanto as dos seus irmãos.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isabel é teimosa, mas o Nich não fica pra trás! hahaha
      Beijos

      Excluir
  3. Oi, Kamilla!
    Eu amei esse livro. Li num piscar de olhos.
    Eu amei o irmão da Isabel e o Rock é a melhor pessoa!
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Sorteio de Férias: cinco livros, um ganhador!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O James é uma fofura mesmo! O Rock é incrível.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Kamilla!
    A Sarah tem esse poder de nos envolver na história. Quero muito ler essa série. Gostei dos personagens Nick e Isabel. Apesar de ser parecidos se gostam muito. Adorei a personalidade da Isabel e espero gostar muito do casal quando for ler. Que bom que ela dá destaque aos secundários. Adorei o desenrolar da trama e espero me apaixonar pelo casal *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem esse poder mesmo! Isabel é uma mulher incrível.
      Beijos

      Excluir
  5. Oi! Acho que é minha primeira vez aqui no blog e adorei ler a resenha de um romance de época. Estou bem ansiosa para ler algo dessa autora, todos elogiam. Isabel e nicholas parecem ser bem fofos. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A autora escreve muito bem, super indico!
      Beijos

      Excluir
  6. A leitura parece ser gostosa e divertida, os personagens encantadores, fiquei muito impressionada com a protagonista que mulher corajosa e amável se preocupa em ajudar outras mulheres que por motivos que não agrada a sociedade foram parar lá, ainda mais naquela época onde se prezava muito as aparências. Quero muito ler essa série.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isabel é uma personagem incrível, Maria. Super indico conhecê-la! :)
      Beijos

      Excluir
  7. Oi Kamilla!
    Primeira vez por aqui, adorei o blog. =)
    Nunca li romances de época, mas falam super bem dessa série. Tenho vontade de conferir!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  8. Oi Kamilla, eu adorei o livro, mas concordo que o primeiro é melhor. de qualquer forma Nick é um mocinho muito querido <3

    BJs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Não gosto muito de romances de épocas e me desanimo muito quando vejo que tem muitas continuações. Comecei várias séries que ainda não terminei hahaha
    Gostei muito dos seus comentários. Deve ser um ótimo livro pra quem gosta do gênero, mas não é pra mim :/
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maioria das séries de romances históricos são independentes. ;)
      Abraços

      Excluir
  10. Ainda não tive contato com romance de época mas, a cada resenha que leio, a curiosidade aumenta. A resenha está muito boa, a história é cativante e forte, me conquistou. Vou adicionar mais um a minha lista de desejos e assim que possível, vou tentar adquirir para tirar minhas próprias conclusões.

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Não tive contanto com o gênero de romance de época, mas varios livros desse gênero já me encantou pela historia e esse me deixou muito curiosa para conhecer, tem uma premissa maravilhosa, um romance que já conquistou meu coração.

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO