04/08/2017

RESENHA: Meus Dias Com Você - Clare Swatman

Meus dias com você
Autora: Clare Swatman
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Edição: 1
Ano: 2017
Quando o marido de Zoe morre, o mundo dela desaba. Mas e se fosse possível tê-lo de volta?
Numa fatídica manhã, Ed e Zoe têm uma discussão terrível, algo recorrente no seu casamento em crise, e ela acaba se despedindo de forma brusca quando ele sai para o trabalho.
Pouco tempo depois, um ônibus acerta a bicicleta de Ed, matando-o e deixando Zoe arrasada por não ter lhe dito quanto o amava. Se tivessem ficado mais um pouco juntos aquela manhã, ele ainda estaria vivo? Será que poderiam ter reconstruído o amor que os unira?
Após dois meses, Zoe ainda não conseguiu se conformar. De luto, decide cuidar do jardim do marido, quando acaba caindo e desmaiando. Então, algo estranho acontece: ao acordar, ela está em 1993, no dia em que conheceu Ed na faculdade.
A partir desse instante, Zoe passa a reviver momentos cruciais de sua vida e percebe que talvez tenha conseguido uma segunda chance: uma oportunidade de fazer tudo diferente, de focar naquilo que realmente importa, de mudar os rumos do relacionamento – e, quem sabe, o destino de seu grande amor.

A história desse livro é linda!

Zoe é uma mulher que vê seu mudo ruir quando seu marido, Ed, morre. Ela fica sem chão, principalmente pela forma como eles se trataram nas últimas horas que se viram. A nossa protagonista está saturada com alguns acontecimentos e acaba descontando em seu marido, mal sabe ela que quando ele sai nunca mais vai voltar. Mas eis que algo muda, algo acontece. Após um tempo, quando Zoe está tentando lidar com o falecimento, ela acaba batendo a cabeça. Tudo se apaga. Quando ela acorda não está mais na sua casa, está em 1993. O ano em que ela conhece o Ed.

Toda vez que ela dorme, acaba acordando em momentos que são importantes no relacionamento deles dois. Zoe decide então tentar mudar algo, pra ver se no futuro o relacionamento deles se salve e mais que isso, que Ed não morra. Será que as decisões tomadas no passado podem resultar nessa mudança no futuro?
“Com a cabeça aninhada no travesseiro macio, as lágrimas vão diminuindo e eu caio no sono, na esperança de mais um amanhã.”
Em Meus Dias Com Você tem uma trama que pode ser considerada clichê e até previsível, mas isso não quer dizer que isso a faz menos linda. A autora soube abordar a fragilidade de relações, de casamentos que no decorrer do tempo vão perdendo todo encantamento porque nós seres humanos tendemos a nos acomodar e quando temos algum problema, descontamos várias vezes naquele que está no nosso lado. O casamento de Ed e Zoe está bem balançado, por conta dessas fragilidades... nossos protagonistas queriam muito ter filhos, mas não conseguiram e tentavam várias e várias vezes e ficavam decepcionados e com aquele peso de não conseguir, como só tinham um ao outro, era neles mesmo que descontavam. Mas sejamos sinceros, qual é o casamento que não tem problemas?

Quando a nossa protagonista, Zoe, começa a reviver alguns momentos importantes na vida dos dois, tentando mudar algo pra que o Ed não morra. Ela começa a pensar e repensar certas ações e decisões que teve no decorrer da vida. Particularmente eu achei isso maravilhoso, essas voltas ao passado foi muito do que por Ed, mas sim por ela... pra perceber como estava guiando a sua vida. Nós vemos o amadurecimento dela ao decorrer da leitura, o que foi ótimo, já que nós aprendemos juntos com os personagens. Devo admitir que algumas vezes a Zoe foi um pouco infantil e isso a deixou um tanto quanto irritante, ao invés de aproveitar ao máximo os momentos que estava revivendo, ela foi bem chata. Mas como disse, ela vai evoluindo e amadurecendo ao decorrer da trama.
“A verdade é que a simples ideia de continuar vivendo sem a presença dele é como atravessar um imenso deserto sem nenhum sinal de água.” 

A trama toda é se a nossa protagonista mudará o desfecho do seu amado Ed, ela quer fazer valer a pena todo esse tempo. Apesar de quaisquer problemas que tenham, eles se amam. E é crível esse amor que um sente por outro. O desfecho pra mim foi um pouco previsível em alguns aspectos, que não irei falar se não iria soltar spoiler. Mas só foi em partes mesmo, porque em outras eu fui totalmente surpreendida, chegando a me arrancar lágrimas.

Por mais que o livro fantasie no aspecto de mudar o passado, fazendo a protagonista reviver certos dias, ele é muito real no que diz respeito as relações, sabe?! A Clare Swatman faz o leitor refletir e muito sobre as nossa ações, sobre como tratamos as pessoas ao nosso redor e como tudo pode mudar. Nós temos que dar valor e demostrar o nosso amor, por mais difícil que seja em alguns dias, pelo simples fato de que tudo isso pode mudar. E provavelmente não estaremos preparados para isso, será que vale a pena o orgulho ao invés de engoli-lo e dizer eu te amo (vai que seja a última vez?). 
“Há sempre alguma coisa que dá errado. Mas nunca é impossível superá-la.”
Sobre os detalhes: Essa capa é maravilhosa! Eu sou completamente apaixonada por ela e cá entre nós, esse balão foi uma dos motivos que eu chorei. Não encontrei erros e a diagramação está ótima. 

Comentário final: Esse livro tem romance, drama e muito reflexão. Eu super indico que façam a leitura e consigam absorver as mensagens da autora. Vale muito a pena!


24 comentários

  1. Esse livro parece ser mesmo maravilhoso!
    Além dessa capa ser espetacular, a sinopse dela é muito bonita.
    É claro que sempre queremos voltar ao passado para mudarmos algumas coisas, e nesse livro ela não quer perder o marido de novo.
    Esse livro deve deixar uma mensagem muito bonita!
    Quero ler em breve.

    ResponderExcluir
  2. Oi Kamilla! Tudo bem?

    Além da capa e da Sinopse, a sua resenha foi um dos principais fatores que me fizeram adicionar este livro em minha wishlist. A história é demasiadamente interessante, mesmo com os clichês - que talvez não sejam tão ruins assim - ela deve ser uma ótima história! Estou curioso para ler este título. rsrs

    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Kamilla!
    Eu acho a combinação de cores dessa capa linda demais!
    Achei o enredo interessante, mas por enquanto eu estou fugindo de dramas...
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra ao livro Depois do Fim autografado

    ResponderExcluir
  4. Oi Kamilla,
    Não conhecia o livro, porém já assisti um filme com uma história bem parecida e amei.
    Sua resenha me deixou com vontade de saber como ela tenta mudar algo sobre a relação, porque realmente depois de um tempo juntos as pessoas sempre tendem a entrar naquele comodismo.
    Adoro um bom drama que traga uma reflexão que nos deixe com aquela ressaca literária das brava!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Achei a capa desse livro, muito bonita! Por tudo que você comentou, na sua ótima resenha, fiquei bem motivada a fazer a leitura dessa obra. Parece ser bem cativante e trazer uma boa reflexão.
    Espero ter a oportunidade de conferir.
    Obrigada pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Kamilla!
    Imagino por tudo que Zoe passou com a perda do marido e que tente de alguma forma tentar mudar o passado, mas é bem improvável que aconteça.
    Acho importante livros que trazem uma forma de nos mostrar que devemos sempre expressar nossos sentimentos a qualquer oportunidade, porque ninguém sabe o que está por vir...
    Reflexão é sempre boa de ser feita em nossas vidas.
    Gostei!
    Desejo um mês repleto de realizações e um ótimo final de semana!
    “A vida guarda a sabedoria do equilíbrio e nada acontece sem uma razão justa.” (Zíbia Gasparetto)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Rudy! Sempre é bom de se fazer.
      Beijos

      Excluir
  7. Oii :)
    Esse foi meu primeiro livro de agosto e que leitura linda e reflexiva!
    Eu chorei bastante com muitas cenas, pois o livro faz a gente se perguntar se damos o valor verdadeiro àqueles que amamos, além de demostrar isso dia a dia.
    Foi muito bonito ver a personagem tentando consertar seus erros e se enxergando egoísta em determinados assuntos, meu coração doía com a tristeza deles.
    Bom, eu não achei o final previsível, talvez eu estivesse tão envolvida emocionalmente que não percebi os sinais para aquele final.
    Eu super recomendo a leitura!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ter sido isso mesmo, Bru! Pq antes do final já imaginava o que iria acontecer, mas não queria. haha
      Beijos

      Excluir
  8. Oi, Kamilla. Quero muito ler esse livro porque ele tem aquela carinha de Uma curva no tempo, mas como ele fala sobre relacionamentos duradouros como um casamento, acho que gostaria mais. Estou muito ansiosa pela leitura!
    Beijo.
    http://www.leitoraencantada.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca li Uma curva no tempo, por isso não sou capaz de opinar! haha
      Beijos

      Excluir
  9. Oi Kamilla! Desde o dia que li a sinopse desse livro eu tenho a impressão de que a história é comovente! Gosto dessa premissa de tentar mudar o passado e depois da resenha fiquei com mais vontade de ler ainda! <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Amei a resenha, Kamilla!!! E essa foto ficou linda <3 Tu sabe que eu amo livros dramáticos, e esse tem tudo para me fazer gastar o resto das minhas lágrimas! hahaha Então já quero ler e conferir as mensagens que a autora coloca na trama, parece ser uma leitura bem reflexiva! Espero de verdade ter a oportunidade de ler <3

    Super beijo!

    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Gaby <3
      É um livro bem bacana.
      Beijos

      Excluir
  11. Olá!! Gosto muito desse tipo de livro, que nos passam uma mensagem bacana, gostei muito da sua resenha e sua indicação. Dica anotada!
    Super beijo.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
  12. A historia parece ser muito bonita e deve nos colocar no lugar da personagem, fiquei curiosa para saber se ela com suas mudanças vai conseguir que o marido não morra. A leitura parece que envolve o leitor, seria muito bom se pudessemos mudar algumas coisas do passado.

    ResponderExcluir
  13. Quero muito ler esse livro, adoro leituras que nos fazem parar e pensar no modo como agimos normalmente, ignorando e quase sempre deixando coisas para depois, mas vai que esse depois não venha existir, se eu fosse a Zoe, aproveitaria cada segundo desses momentos que ela tem para reviver com o Ed, mas não mudaria nada, porém, quero ler o livro para ver como a autora fez o desfecho desse livro.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Kamilla,
    Quem nunca pensou que se eu pudesse voltar no tempo faria tudo diferente? A proposta do livro é bem interessante, é clichê mas pode deixa o leitor curioso pela história. Zoe e Ed são personagens bem comuns, para quem é casado ou está em um relacionamento longo vai conseguir se identificar com algumas situações, mas a volta no tempo é que trás um diferencial para a história. Viver com a culpa deve ser muito difícil e Zoe terá a chance de mudar isso, resta saber se ela saberá aproveita-la. Não tinha muito interesse em ler este livro, mas estou bem curiosa para saber o desfecho.

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO