08/09/2017

RESENHA: Carbono Alterado - Richard Morgan

Trilogia Altered Carbon #1
Autor: Richard Morgan
Editora: Bertrand Brasil
Páginas: 490
Edição: 1
Ano: 2017
Um eletrizante thriller noir de ficção científica em adaptação para série do Netflix No século XXV, a consciência de uma pessoa pode ser armazenada em um cartucho na base do cérebro e baixada para um novo corpo quando o atual para de funcionar. A morte, agora, nada mais é que um contratempo inconveniente, uma falha no programa. Takeshi Kovacs, um ex-militar de elite, após sua última morte, tem sua consciência transportada a Bay City, a antiga São Francisco, e é trazido de volta à vida para solucionar o assassinato de um magnata. Isso só para descobrir que seu contratante é a própria vítima, que voltou à vida em um novo corpo, mas sem as memórias do crime. Mal sabe Kovacs, porém, que essa investigação irá lançá-lo no centro de uma conspiração perversa até para os padrões de uma sociedade que trata a existência humana como um produto a ser comercializado.

Estava receosa de não gostar, já que livro de ficção científica não faz parte da minha zona de conforto, mas fui surpreendida positivamente!

Carbono Alterado se passa no século XXV e a realidade que hoje somos acostumados não existe mais. A tecnologia? muito mais avançada. A terra não é mais o único lugar habitável, inclusive nosso protagonista - Takeshi Kovacs - nunca conheceu a terra e olha que ele tem mais de cem anos. Isso mesmo, a tecnologia é tamanha que as pessoas podem ser reencapadas em outros corpos se vierem a morrer. Como isso acontece? Bem, é através da consciência que é transferida para um cartucho e este pode ser inserido em outros corpos. Logo, só se pode matar de fato alguém se acabar com esse cartucho.
"Siga a corrente e veja o que ela revela."
Takeshi Kovacs, depois de um tempo armazenado (que significa que teve o seu cartucho congelado, como forma de punição) é contratado pelo Laurens Bancroft, que é um ricaço que vive há mais de 200 anos e que aparentemente se suicidou. Só que ele não acredita nisso, acredita que houve um assassinato. O Kovacs é um Emissário (um tipo de soldado, treinamento pesado e inteligentes), por isso foi contratado pra resolver e descobrir quem matou o Laurens. O nosso protagonista foi reencapado em um outro corpo (ou seja, aquele cartucho foi colocado em outro corpo), que mais tarde vamos descobrir que era de um ex-policial chamado Elias Ryker. Esse ex-policial tinha um tipo de relacionamento com a Kristin Ortega, que atualmente é policial.  E assim que nosso protagonista chega na terra, é com ela com quem se encontra, pra lhe oferecer uma carona até a casa do Bancroft. Entendam: A polícia que havia encerrado o caso do Laurens, alegando suicídio, ajudando o cara que o Bancroft contratou pra levá-lo até a casa do figurão. Estranho, concordam?
Após a saída da casa do Laurens, ele vai se hospedar no hotel Hendrix, que possui uma inteligência artificial fantástica. E sim, isso é muito importante na trama, muito mais do que eu imaginei que seria. E já nos primeiros minutos que entra no hotel sofre um ataque, o hotel ajuda e em poucos minutos a polícia - com a Ortega - aparece pra salvar a pele do Kovacs. Tudo isso aconteceu nas primeiras páginas, já imaginam como é a trama?

Carbono Alterado é cheio de ação e reviravoltas. Eu não esperava gostar tanto do livro e tinha um certo receio por que as minhas experiências com ficção científica apesar de serem boas, fiquei voando em certas coisas/cenas. E com esse livro aconteceu de ter muitas informações e que são um pouco complexas, mas o autor conseguiu fazer o leitor entender e mais que isso, conseguiu inserir o leitor em toda a história. Alguns personagens são detestáveis ao extremo, mas outros consegue cativar o leitor rapidamente, como o Kovacs e a Ortega.
"- Eu vou conversar. 
- Só conversar? - Ela me olhou com descrença. - E nada mais?
Meti os óculos escuros desajustados de volta no rosto.
- Às vezes, isso basta."
Como já citei o autor soube colocar o leitor dentro do livro e com isso fez cenas bem reais e até cruas, há algumas cenas de sexo e morte, que pode não ser de agrado de alguns. Mas eu gostei de como o autor conseguiu colocar em palavras tudo isso. Parecia que estava assistindo a um filme, ou a uma série, falando nisso em breve sairá um pela Netflix e não vejo a hora de assistir. Devo admitir que se não tivesse lido o livro, não teria interesse pela série, mas agora quero muito. Voltando a trama do livro, ele nos deixa em muitos momentos tensos, alguns capítulos acabam em cenas que deixa o leitor ansiando pra ler o resto. Sabe aquele velho dilema que assola o leitor de "mais um capítulo" e quando vê já está amanhecendo, isso aconteceu comigo durante esse livro. 

Vocês devem estar se perguntando, e esse título tem a ver? E eu respondo que sim, mas deixarei descobrirem durante a leitura. Agora sobre as investigações e o desenrolar da trama, não me sinto confortável pra falar abertamente sobre isso, principalmente por que acontece muita coisa, tem muitas reviravoltas. São cenas de perseguição, assassinatos, tiros, lutas, torturas, tecnologia e até reencapamentos (aquele lance de colocar o cartucho em outros corpos). Então imaginem que seria difícil de expressar tudo isso, ainda mais sem soltar spoilers. Só vos digo que vale muito a pena ler esse livro!
"Tome o que lhe for oferecido, e isso as vezes tem que bastar."
Sobre os detalhes: Eu gosto bastante da capa, dentre as gringas que eu vi, essa sem dúvidas é a mais bonita. Não encontrei erros de digitação, apenas de impressão no meu livro. A diagramação está bem legal, assim como o tamanho da fonte.

Comentário final: Se você gosta de livros com suspenses, ação, perseguição e com tecnologia que se passe no futuro, se curte ficção científica ou tem vontade de conhecer livros do gênero, super indico que leiam esse livro. Ele é eletrizante!


24 comentários

  1. Oi, Kamilla!
    Eu ando vendo tanto comentário positivo sobre o livro que estou tentada a ler antes de sair a série na Netflix.
    Bom saber que o autor não tem medo de colocar cenas impactantes...
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio de aniversário do Balaio de Babados e O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi Kamilla! Tudo bem?

    Não conhecia a obra e positivamente me senti atraído por ele, através de sua resenha que são sempre as melhores! rsrs

    Adorei a capa e a premissa é bem chamativa!!!!

    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Victor! O livro é muito bom :)
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Kamilla, esse livro rende resenhas positivas e negativas pelo que tenho visto e acho que é aquele tipo de história que temos que ler pra saber. Eu gostei muito de tua resenha, a história é meio louca mas tudo parece se encaixar e o autor soube guiá-la a ponto de você ter seguido noite a dentro lendo, histórias envolventes assim sempre me despertam interesse. A capa tá mesmo legal, e a série da Netflix é algo que quero muito ver e se der vou tentar ler o livro antes ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece meio louca sim, Lili! Mas é muito boa e tudo se encaixa! haha
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Kamilla, lá no blog quem elu foi a Marise e ela adorou tb. Parece uma excelente ficção, cheia de detalhes, ansiosa pra ver a série da Netflix tb!


    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. A resenha está excelente, mas... não curto ficção científica e não consegui me interessar pela leitura.
    Acho que o fato de não ter intimidade com este gênero me fez estranhar a trama; reencapamento e tal, que louco. Apesar de que isso é o mais incrível na literatura, a possibilidade de criar novos mundos.
    Não conhecia o autor, e a capa está bonita.
    Pra quem curte o gênero essa é uma ótima indicação. E provavelmente depois que lançarem a série, terá muitas pessoas procurando pelo livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvidas! Parece de fato louco, mas tudo faz sentido. Livros é bom por isso, não existe o impossível.
      Beijos

      Excluir
  6. Kamilla!
    Gosto muito desse estilo mais noir nos livros policiais e ficcionais, são mais clássicos e cheios de variantes.
    eE se tem trechos bem reais e até cruas, trechos de sexo e morte, me interessa ainda mais.
    Como amo ficção, esse lance da mente ser transportada para outro corpo após a morte, é fascinante, pena as lembranças não irem junto.
    Quanto ao nome, já que é ficção, deve ser algo a alteração da molécula de carbono, mas só saberei quado ler.
    Gostei por demais.
    Desejo um ótimo final de semana!!
    “A sabedoria consiste em ordenar bem a nossa própria alma.” (Platão)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  7. Nunca li nenhuma ficção científica (apesar de ter muito interesse) e também nunca ouvi falar nesse livro, mas sua resenha e a sinopse chamaram muito a minha atenção! O livro parece ser incrível, principalmente por eu gostar desses livros que retratam um futuro totalmente tecnológico. Vou tentar lê-lo em breve para depois assistir a série.
    https://joaninhaliterariaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa parece ser um livro maravilhoso, fiquei bem curiosa para ler e assistir a série adoro ação e reviravoltas esse parece ser adrenalina pura. A leitura parece envolver o leitor de uma forma que ele fica viciado, até chegar o final.

    ResponderExcluir
  9. Oi Kamilla,
    Adoro ler história que se passam no futuro pois fico imaginando o quanto daquilo descrito pelo autor poderia se tornar realidade e Carbono alterado tem todos os elementos para fazer a mente de um leitor cheio de imaginação surtar. Richard Morgan foi audacioso e explorou ao máximo todos os elementos que o gênero proporciona e ainda foi além com a questão da transferência da consciência humana de corpo em corpo. Com certeza a trama trás muitas surpresas e não será nada fácil para o protagonista. É um livro que chama muita atenção e conseguiu conquistar a minha.

    ResponderExcluir
  10. Carbono Alterado está na minha lista de desejados. Eu amo o gênero e pelo que andei lendo será um sucesso <3
    Amei a sua resenha.

    ResponderExcluir
  11. Assim que vi essa capa pensei que esse é um dos livros que jamais teria vontade de ler na vida, afinal, julgando pela capa, ele não é nem um pouco atrativo, mas pelo visto me enganei, gosto de livros que se passem no futuro e quando a tecnologia evoluiu a um nível muito maior do que o de hoje em dia, fiquei bem curiosa para descobrir o que aconteceu com o Laurens e com o Takeshi.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Fiquei bem intrigada com historia desse livro, tem de tudo um pouco do que eu adoro ler. Ficção cientifica, ação e muita aventura. Esse lance de que você é transferido para um novo corpo me lembrou de muito de Starters. Bom esse livro promete e espero lê-lo em breve!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Gostei bastante desse livro, tenho uma paixão por ficção cientifica e com certeza irei amar esse livro, ganhei ele em um sorteio então estou ansiosa. Gostei dos personagens tem personalidade incrível e também a forma de eles manterem as pessoas viva por anos, uma ficção cientifica maravilhosa.

    ResponderExcluir
  14. Tipo.."Oi?" Entendi nada..kkk
    A resenha em si foi louca, imagina o livro inteiro..
    Não sei se conseguiria ler ele, pelo menos por agora..
    Como é um livro bem curioso, cheio de mistérios tecnologicos, e que acaba dando um nó na cabeça..é melhor eu esperar terminar a faculdade pra focar em ler esse livro..kkkk. Muita concentração num livro só para poder entender..talvez se eu assistisse a série, quem sabe me interessaria e entenderia mais..rs
    Mas a resenha está otima..sem discussão sobre isso..:)

    ResponderExcluir
  15. A maioria das resenhas que tenho visto tem sido positivas.
    Eu fiquei super empolgada com a premissa, pois adoro esse gênero todo, lendo o livro então eu não vou conseguir parar.
    Queria ler antes de lançar na netflix.

    beijos

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO