13/10/2017

RESENHA: Polícia - Jo Nesbø

Série Harry Hole #10
Autor: Jo Nesbø
Editora: Record
Páginas: 546
Edição: 1
Ano: 2017
A polícia de Oslo precisa desesperadamente de Harry Hole. Mas, dessa vez, talvez ela não possa contar com seu detetive mais brilhante.... Ao longo dos anos, o inspetor Harry Hole esteve envolvido nos principais casos de assassinato em Oslo e salvou a vida de muitas pessoas. Mas, quando um assassino brutal ataca os policiais da cidade e seus colegas são expostos ao perigo, Harry não se encontra em posição de proteger ninguém – muito menos a si mesmo. Um investigador aposentado é assassinado de modo brutal em um bosque nos arredores da cidade; um detetive é morto com requintes de crueldade. Ambos são encontrados nos locais dos crimes que não foram capazes de solucionar. E o assassino não para por aí. Funcionando como uma força-tarefa, os amigos de Harry na polícia entram em ação. Apesar da falta de pistas, eles contam com uma ajuda inesperada para deter o assassino antes que seus colegas sejam as próximas vítimas.

Essa resenha não contém spoilers!

Em Oslo está ocorrendo vários assassinatos de policiais e o mais curioso é que esses profissionais da lei são mortos em lugares onde alguns crimes não solucionados foram cometidos, além disso até as datas dos assassinatos dos policiais batem com o que aconteceram anos antes. A principio a polícia de Oslo pensa serem casos isolados, mas os assassinatos passam a acontecer com mais frequência. E eles começam a tentar montar o quebra-cabeça desses assassinatos: Eles estão ligados? é a mesma pessoa? Porque policiais?
Polícia foi o meu primeiro contato com o Jo Nesbø, que cá entre nós eu estava muito curiosa, já que só vejo comentários ótimos a respeito, mas me disseram: Não leia, porque é o último lançado da série, apesar de terem histórias independentes, só os personagens que são praticamente os mesmos. Vocês devem estar se perguntando se realmente há alguma confusão ou dificuldade, particularmente não senti em momento algum durante a leitura dificuldade/confusão sobre quem era os personagens ou sobre histórias que aconteceram antes. O foco da trama é no caso atual - assassinatos dos policiais - e a respeito dos personagens, o autor soube nos apresentar bem e a medida que vamos lendo, ficamos mais íntimos dos mesmos.
“O Universo é sombrio. Nascemos maus. O mau é o ponto de partida, o natural. Aí, de vez em quando, surge uma luzinha bem pequena no fim do túnel. Mas ela é apenas temporária, temos que voltar à escuridão.”
O detetive que dá nome a série, Harry Hole, está afastado da polícia por motivos pessoais e por isso não poderá ajudar a Polícia de Oslo, deixando assim seus colegas ainda mais apreensivos para resolver o caso. Após várias tentativas surge uma equipe extra, liderada por amigos próximos ao detetive tão falado e aclamado e que me conquistaram pelas suas peculiaridades e forma de agir em prol de resolver o caso.

Simplesmente adorei a leitura desse livro, apesar de ter quase seiscentas páginas, a leitura não se torna cansativa ou previsível. O Jo Nesbø gosta muito de pregar várias pegadinhas no leitor e em vários momentos eu fiquei embasbacada com alguns fechamentos de cenas, que só deixa o leitor muito apreensivo pra saber o que ocorreu. Os assassinatos dos policiais deixa a equipe de polícia completamente desnorteada, sem saber quem é o assassino, e claro nós vivemos essa dúvida, tentando de todas as formas imaginar e adivinhar quem é o tal, mas obviamente que o autor não iria facilitar. Devo admitir que fiquei muito surpresa com o desfecho da trama.
“– O modo como escolhemos quem protegemos muitas vezes é um mistério, não acha?”
O detetive Harry dá o ar da graça e foi muito bacana conhecê-lo, ele tem sacadas geniais e com coisas simples que te deixa com aquele sentimento de “porque não pensei nisso antes?”. A obra me despertou vários sentimentos, inclusive, fiquei surpresa, apreensiva, angustiada, com medo, raiva e tristeza (aconteceu algo que partiu meu coração). Mas devo admitir que tenho algumas ressalvas quanto a obra, surgiram alguns personagens que foram dadas certa relevância em alguns momentos, mas que depois que o caso tomou outro rumo foram esquecidos ou ignorados completamente. O caso tem seu final, fiquem despreocupados, mas pode ser que o autor tenha deixado essas pontas soltas para um próximo volume.
“Talvez não seja importante ou relevante, mas tudo significa alguma coisa. E a gente começa a procurar onde há luz, onde se vê alguma coisa.”
No mais, se você gosta de livros policiais, com muito suspense, ação e que o autor te faz de trouxa, dando pistas e com várias pegadinhas que deixa o leitor surpreso, sem dúvidas esse livro é pra você!

Sobre os detalhes: A capa está linda e segue o estilo das outras. A diagramação está ótima, a fonte e o espaçamento são em tamanhos ideais. Não me recordo de ter encontrado erros.

Comentário final: Sem dúvidas os amantes de suspense e livros policiais irão adorar essa obra, foi o meu primeiro contato com o Jo Nesbø, mas sem dúvidas não será o último. Super recomendo!


10 comentários

  1. Oi Kamilla, ainda não tive a oportunidade de conhecer a escrita do autor mas também ouço muitos elogios dos fãs do gênero a sua obra e gostei de saber que você se arriscou ao pegar um dos últimos livros lançados da série mas isso não fez diferença pra o entendimento da história. A trama tem cara de série de televisão, consigo visualizar uma equipe trabalhando pra resolver o caso e encontrar o assassino de policiais e acho que essa história iria prender minha atenção. Curti a resenha, a dica do autor e quando quiser variar minhas leituras posso considerar lê-lo ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Kamilla!
    Nossa, eu vejo muitos elogios mesmo ao Jo mas ainda não li justamente por conta da quantidade de livros na série. Mas com são histórias independentes, acho que se eu pular um aqui e ali não faz diferença.
    Eu curto as capas das séries, menos a que tem uma barata na frente porque né... ninguém merece.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oi Kamilla!

    Me parece um livro policial muito interessante. Espero ter a oportunidade de lê-lo, pois dos poucos que li do gênero este me parece bem legal.

    Grande abraço!
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  4. Aah, pena que não contém spoiler. Não sou muito de ler suspense policial, mas fico curiosa quando leio resenhas para saber o desfecho, quem é o culpado e tal.
    Não conheço essa série; e confesso que não me chamou muita atenção. Me pareceu que a história fica apenas em volta dos policiais e o mistérios, poderia ter algo mais.
    Mas que bom que te despertou vários sentimentos, é maravilhoso quando uma leitura nos desperta tanta sensações.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ola,
    Adoro livros de suspense e esse sem duvida dever ser daqueles que vc começa a ler e quer chegar logo ao fim para saber quem realmente é o assassino, não conhecia o livro, ma já quero ler!! Essa resenha me deixou ainda mais curiosa em conferir essa história que parece ser muito intensa e instigante!!

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li nem um livro do autor Jo Nesbø, e não conhecia esta série, que bom que os livros tem histórias independentes, pois assim fica mais fácil de ler a série, parece ser um bom livro, quem sabe futuramente eu leia Polícia.

    ResponderExcluir
  7. Kamilla!
    Nem aredito que ainda não li nenhum dos livros do autor e da série, tenho a maior curiosidade.
    Pelo visto ele sabe escrever um bom livro policial que prende o leitor do início ao final, mesmo que sua forma de escrita seja até certo ponto um tanto previsível, mas acredito que com outros autores também são assim, pois ando relendo os livros da Agatha e depois que lê uns dois, já sabe toda dinâmica do que irá acontecer, o que não quer dizer que o livro não seja bom e não nos surpreenda, não é mesmo?
    Um final de semana alegre e feliz!
    “Não há nada que faça um homem suspeitar tanto como o fato de saber pouco.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  8. Ja li alguns livros policiais, mais nao gistei muito, nao e meu genero favorito. Mas esse me chamou muito a atencao, me lembrou um pouco de um dos episodio de Criminal Minds.

    ResponderExcluir
  9. Gostei de saber que lendo fora de ordem não fica confuso da para entender muito bem, pois quero muito ler algum livro dessa série e tinha receio de ficar perdida se não lesse em ordem. Gosto muito de historias assim com ação e mistério em torno dos assassinatos, e amo quando o autor engana o leitor fico dando risadas rs. Uau 600 páginas é muito assunto pra esse caso.

    ResponderExcluir
  10. Oi Kamilla :)
    Esse autor é carregado de elogios mesmo.
    Gostei muito da premissa da morte misteriosa de vários policiais. Gosto de suspenses policiais e a premissa tem tudo pra ser boa mesmo.
    Ainda bem que pode ler fora da ordem porque vi comentários que os primeiros livros não são tão bons quantos os últimos.
    O Harry Hole parece ser um detetive e tanto.
    Obrigada pela indicação ;)
    Abc

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO