05/10/2018

RESENHA: Mais Forte Que o Sol - Julia Quinn

Mais Forte Que o Sol (Irmãs Lyndon #2)
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Edição: 1
Ano: 2018
Quando Charles Wycombe, o irresistível conde de Billington, cai de uma árvore – literalmente aos pés de Ellie Lyndon –, nenhum dos dois suspeita que esse encontro atrapalhado possa acabar em casamento.
Mas o conde precisa se casar antes de completar 30 anos, do contrário perderá sua fortuna. Ellie, por sua vez, tem que arranjar um marido ou a noiva intrometida e detestável de seu pai escolherá qualquer um para ela. Por isso o moço alto, bonito e galanteador que surge aparentemente do nada em sua vida parece ter caído do céu.
Charles e Ellie se entregam, então, a um casamento de conveniência, ela determinada a manter a independência e ele a continuar, na prática, como um homem solteiro.
No entanto, a química entre os dois é avassaladora e, enquanto um beijo leva a outro, a dupla improvável descobre que seu casamento não foi tão inconveniente assim, afinal...
Essa resenha não contém spoilers.

Ellie Lyndon é uma jovem que vive com seu pai, um vigário que está prestes a se casar com uma vizinha insuportável. Já Ellie não tem pretensão nenhuma em casar, aliás já está até guardando uma quantia e investindo (mesmo que no nome do pai sem ele saber, já que é mulher e não poderia fazer no próprio nome). Tudo começa a mudar quando o conde de Billington, Charles Wycombe, cai aos seus pés - literalmente....
“Uma observação mais atenta revelou que o homem que estão caíra não do céu, mas de um grande carvalho. Como sua vida havia ficado mais tedioso no último ano, Ellie teria preferido que ele tivesse de fato caído do céu. Teria sido, sem dúvida, mais emocionante.”
Charles Wycombe está a procura de uma noiva, precisa de uma antes de completar seus 30 anos - e falta semanas! -, já que seu pai deixou um testamento afirmando que se ele não se casasse até completar esta idade, perderia toda sua fortuna.
Após esse pequeno incidente entre os dois, o Charles resolve pedir a Ellie em casamento. Sim, do nada... e claro que nossa mocinha que é dona de si, geniosa e com uma personalidade forte ignora-o completamente. Mas a futura madrasta dela começa a mostrar as verdadeiras garras, deixando-a balançada com o pedido do Charles, já que as opções são: viver com uma madrasta que não quer nem tê-la por perto (e já queria arrumar um marido horroroso - em todos os sentidos - pra ela) ou casar com um conde galante, bonito, mas por quem não nutre nada (além de uma pequena atração, afinal ela não é de ferro). E aí, qual seria a escolha de vocês? a nossa protagonista resolveu casar.

Devo admitir que estava um pouco receosa com esse livro, já que Mais Lindo Que a Lua (livro da irmã da Ellie) me decepcionou um pouco, mas Mais Forte Que o Sol foi uma grata surpresa. 

Essa obra foi um sonho realizado da própria autora que queria contar uma história sobre o casamento por conveniência, mas claro que ela deixou as coisas do jeitinho dela. Com uma protagonista super inteligente, determinada, forte e com personalidade... Ellie não pensava em casar, mas infelizmente se viu obrigada a isso pra tentar ter um pouco de liberdade. A gente sabe bem onde isso dá né? 
“Sempre pensei que era da cor do pôr do sol, mas agora percebo que estou errado. – Então pegou uma mecha e levou-a aos lábios. – Ele brilha mais. Brilha mais do que o sol. Assim como você.”
Charles e Ellie são um casal incrível, que já nas primeiras páginas se percebe a química entre os personagens. E é tão gostoso acompanhar o desenvolvimento dessa relação... eles demoram pra se jogar nesse amor, mas tudo tem seus motivos, no entanto já digo que isso nos rende cenas de beijos calorosos e cenas engraçadas... fazendo o leitor torcer e muito por esse casal. E ah, apesar de parece que só há um romance fofo e que acaba por aí, sinto informar que estarão enganados. A Julia Quinn incrementou essa história com doses de mistério e aventuras também, o que deixa as coisas um pouco mais instigantes e envolvente.

Os personagens de Mais Lindo Que a Lua, que conta a história da irmã da Ellie - a Victoria Lyndon, não aparecem nesse livro. Senti falta, porque sempre vemos alguns personagens, mas é compreensível, já que não teria como desenrolar o casamento por conveniência se Ellie teria a irmã pra acudi-la.  

Mais Forte Que o Sol é um livro com uma história leve, divertida e apaixonante que me cativou já nas primeiras páginas, contendo personagens incríveis e uma narrativa totalmente envolvente que me deixou várias vezes com um sorriso bobo no rosto. É um romance que vale muito a pena ser lido, principalmente pelos fãs de romance de época e claro, pelos fãs da Julia Quinn!

DUALOGIA IRMÃS LYNDON
Mais Lindo Que a Lua #1 | Mais Forte Que o Sol #2


8 comentários

  1. Aah, linda resenha!!
    Ainda não tive a chance de conhecer a escrita da Julia, mas sempre leio resenhas positivas.
    Fico feliz que esse tenha te surpreendido, tão bom quando isso acontece.
    Tão bom saber que é uma leitura leve; me parece ser bem construída.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Kamilla,
    Em se tratando do gênero algumas coisas são difíceis de inovar, mas isso não muda o fato de que a premissa do livro chama bastante atenção. Ellie tem uma mente bem interessante e gostei de ver como ela é inteligente e corajosa, principalmente em relação a finanças. Quando surge a oportunidade de escolher o próprio marido (mesmo que não seja por amor) ela não hesita e aceita o desafio e com ele todos os problemas pós-casamento. Já o Conde certamente trará cenas bem divertidas para a trama começando com seu primeiro encontro com Ellie. O casamento por conveniência pode até ter sido abordado em muitas tramas, mas com o jeitinho da Julia Quinn esse tema tem tudo para ser um sucesso em um romance de época. Adorei que a autora inseriu um pouco de mistério, pois assim a trama ganha um diferencial e, com certeza, fica mais interessante.

    ResponderExcluir
  3. Estou com os dois livros para ler, Mais Lindo que a Lua e Mais Forte que o Sol. Ainda não comecei. Estava achando que não ia me desagradar, mas fiquei com o pé atrás agora que você disse que se decepcionou com o primeiro. Não vou com tanta expectativa, mesmo sendo Julia Quinn.

    ResponderExcluir
  4. Amo a Julia, ela tem um jeito único de fazer um clichê virar algo mais.
    Gostei bastante da premissa dessa história, achei a Ellie super guerreira e dona de si e acho que ela vai fazer o Conde suar um pouquinho pra ganhar seu coração kkk

    ResponderExcluir
  5. Imaginando a cena dele caindo da arvore aos pés da moça haha, parece ser bem divertido.
    Julia Quinn, eu sabia que você não ia me decepcionar!

    ResponderExcluir
  6. Bem, realmente o primeiro livro foi uma decepção imensa, mesmo sendo da Julia. Na verdade, foi o primeiro livro dela que fiquei me perguntando onde Quinn estava com a cabeça. E vi que essas opiniões foram compartilhadas com quase todos os leitores.
    Mas não desisti, porque se fosse possível leria até a lista de compras da Julia, então decidi ir pro segundo, e amei cada página. Entre todos os romances de época e as diferentes formas que podem ser tratados, os casamentos de conveniência são aqueles que roubam o meu coração. Adoro ver o crescimento do amor entre os personagens, do carinho, da amizade... enfim, esse livro tem tudo isso e ganhou meu coração. Indico a todos os amantes da Julia, dos romances de época e das leituras em geral.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Parece ser uma leitura gostosa e que diverte, deixando o leitor suspirando pelo casal. Adorei saber que tem mistério que adoro assim deixa a leitura mais envolvente e intrigante. Acho interessante acompanhar quando o casal se une por acordos e o sentimento vai surgindo aos poucos.

    ResponderExcluir
  8. Oi Kamilla,
    Já me apaixonei na sinopse, rsrs.
    Primeiro que amo quando a mocinha é decidida e dona de si, e foi bem o que vi aqui, e a forma que o casamento dos dois foi moldado, eu adorei, imagino que Júlia Quinn não deixou as risadas de lado nessa história... Que bom que teve um desenvolvimento real no relacionamento, é algo que sempre gosto em romances de época!
    Mesmo ainda não lendo o primeiro livro, já sei que desejo demais esse, ainda mais sabendo que foi o melhor da duologia.
    Beijos

    ResponderExcluir