10/01/2020

RESENHA: Tempo de Regresso - Kristin Hannah

Tempo de Regresso
Autora: Kristin Hannah
Editora: Arqueiro
Páginas: 336
Ano: 2019
Meghann Dontess é uma mulher atormentada pela tristeza e pela solidão, e não consegue lidar com a difícil decisão que tomou na adolescência e que a fez perder tudo, inclusive o amor da irmã. Advogada de sucesso, trabalhando com divórcios, ela não acredita em relacionamentos – até que conhece o único homem capaz de fazê-la mudar de ideia.
Claire Cavenaugh está apaixonada pela primeira vez na vida. Conforme seu casamento se aproxima, ela se prepara para encarar a irmã mais velha, sempre tão dura e arrogante. Reunidas após duas décadas, essas duas mulheres que pensam não ter nada em comum vão tentar se tornar algo que nunca foram: uma família.
Sensível e divertido,Tempo de Regresso fala sobre os erros que cometemos por amor e as dores e as delícias que apenas irmãs podem compartilhar.
Kristin Hannah, te venero!

Meghann Dontess e Claire Cavenaugh são duas irmãs - por parte de mãe - que acabaram se afastando com o tempo, mas eram muito unidas quando crianças, já que tiveram uma infância muito difícil. A mãe delas sempre optou pela carreira e os homens que se relacionava, esquecendo das filhas e deixando a responsabilidade de cuidar e proteger principalmente para a Meghann, que é a irmã mais velha.

Apesar de serem unidas, ainda na infância aconteceu algo que a fizeram se afastar de forma abrupta. Deixando marcas e mágoas nas duas. Mesmo depois de tantos anos, elas não conseguem voltar a conviver como antes, se falam uma ou duas vezes por ano e só. 

Claire agora tem uma filha pequena e vive com seu pai. E Meghann se tornou uma famosa advogada de divórcio, rica e solitária.
“— Como é que a gente se esqueceu de tanta coisa importante?”
As irmãs se mantiveram afastadas, até Claire se apaixonar ligar para a irmã e avisar do seu repentino casamento. Meghann decide encontrar sua irmã e mesmo contrariando a si mesma, resolve ajudar nas preparações do casamento. Uma chance de talvez se reconciliarem.

Eu sabia que iria adorar o livro, porque Kristin Hannah tem uma sensibilidade única de escrever histórias tocantes e que focam na família. Amo romance, casal e tudo isso, mas ler sobre família e principalmente sobre a relação entre as duas irmãs foi algo tão lindo. As duas tem os seus motivos pra terem guardado tantas mágoas uma da outra, muito deles foram culpas de terceiros, mas elas nunca sentaram e conversaram, com medo de que mais mágoa e tristeza fosse surgir.

A reconstrução entre a relação delas duas foi gradual e linda de se acompanhar. Enquanto a Claire ficou com seu pai e teve uma filha linda, a Meghann continuou solitária, sem ninguém, nem seu casamento deu certo. Ela não acredita mais no amor. Sem dúvidas foi a personagem que mais me cativou. E as surpresas que a Kristin reservou pra ela foi incrível.
“A gente não pode viver a vida de outra pessoa. Por mais que a gente a ame.”
Todo o drama pra autora é pouco, acontece algo que desestabiliza todos na história, inclusive nós leitores. Mas acabou reaproximando e fortalecendo ainda mais as relações existentes, sim no plural. Não irei adentrar dizer quais foram, porque seria spoiler, só digo que apesar de ter sido bastante doloroso e de ter ficado com aquele bolo na garganta, foi lindo ver como o amor é um laço forte, apesar de todas as mágoas e sofrimentos.

Tempo de Regresso não é o meu livro favorito da autora (Jardim de Inverno é meu amor da vida), mas sem dúvidas trás uma mensagem e reflexão tão importante e válida. O orgulho e a mágoas as vezes nos consome, mas vale a pena? As personagens vão aprendendo que não. Sem dúvidas é uma obra maravilhosa, que todos deveriam ler.


9 comentários

  1. Olá! Devo confessar que ainda não conheço a escrita da autora, mas em minha defesa, não é por falta de vontade viu! Até tenho um título dela aqui na minha estante, o que me falta mesmo é tempo (ai ai ai Yukito). Só ouço (leio) coisas boas em relação à autora, por isso, a necessidade em ler algo dela só aumenta pelo jeito uma caixinha de lenços não será suficiente hein.

    ResponderExcluir
  2. KAMILLA!
    Adoro quando um livro nos proporciona uma montanha russa de emoções ao fazermos a leitura.
    Sou bem fã dos enrredos da Kristen também, porque além dela criar personagens com que acabamos nos identificando de alguma forma, tem sempre todo drama e as surpesas como falou, são sempre arrebataadoras e comigo pelo menos, fico sempre em dilemas, me perguntando como agiria se acontecesse comigo.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Ah, estava ansiosa para conhecer sua opinião. E mesmo não sendo o seu favorito, eu amei cada detalhe sobre.
    Kristin arrasa e sempre me emociona com suas histórias familiares.
    Jardim de inverno também é um dos meus favoritos junyo com O caminho para casa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nossa, eu amo livros que tratam de dramas familiares, para mim acabam sendo super tocantes. Ouço muita gente falando bem dessa autora, mas até hoje não consegui ler ainda! Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  5. Ganhei este livro recentemente e não vejo a hora dele chegar. Eu amo dramas familiares e será minha oportunidade de conferir as letras da autora, que são imensamente elogiadas.
    Todos são unânimes em afirmar que ela tem o poder de jogar o leitor dentro do drama e fazer sentir realmente.
    Lerei em breve!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Sabe o que me lembrou? Frozen! haha, não sei, talvez eu esteja meio louca, mas esse amor entre irmãs, a distância, o reconciliamento...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior é que faz sentido! haha Mas é algo mais adulto e maduro. Além de ser algo bem mais dramático.
      Beijos

      Excluir
  7. Olá!
    Meu projeto esse ano e ler algo dessa autora, ouço fala bastante bem dela e de seus livros. Adorei a trama é bem interessante e com uma premissa ótima. Quem não adora uma bela drama familiar ainda mais por trazer boas reflexões para vida. Espero ler logo!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir