24/04/2020

RESENHA: Entre o Amor e a Vingança - Sarah MacLean

Entre o Amor e a Vingaça || Série O Clube dos Canalhas #1
Autora: Sarah MacLean
Editora: Gutenberg
Páginas: 304
Ano: 2015
O que um canalha quer, um canalha consegue...
Uma década atrás, o marquês de Bourne perdeu tudo o que possuía em uma mesa de jogo e foi expulso do lugar onde vivia com nada além de seu título. Agora, sócio da mais exclusiva casa de jogos de Londres, o frio e cruel Bourne quer vingança e vai fazer o que for preciso para recuperar sua herança, mesmo que para isso tenha que se casar com a perfeita e respeitável Lady Penélope Marbury.
Após um noivado rompido e vários pretendentes decepcionantes, Penélope ficou com pouco interesse em um casamento tranquilo e confortável, e passou a desejar algo mais em sua vida. Sua sorte é que seu novo marido, o marquês de Bourne, pode proporcionar a ela o acesso a um mundo inexplorado de prazeres.
Apesar de Bourne ser um príncipe do submundo de Londres, sua intenção é manter Penélope intocada por sua sede de vingança - o que parece ser um desafio cada vez maior, pois a esposa começa a mostrar seus próprios desejos e está disposta a apostar qualquer coisa por eles, até mesmo seu coração.
O começou foi um pouco lento e chatinho, mas depois...

O jovem marquês Michael Bourne perdeu tudo em uma jogatina, por conta disso foi renegado pela aristocracia. Anos depois ele conseguiu se reerguer, tem riquezas de sobras, mas há algo que ele quer mais que tudo: vingança.

Penélope sofreu um grande escândalo: seu noivo a trocou por outra mulher, e mesmo tendo se passado alguns anos, ainda permanece solteira. Ela quer mais. Mas vendo suas irmãs, sabe que vai ter que casar. Só que não esperava que seria com o Michael, seu melhor amigo da infância, que nem se importa com ela... só quer as terras do dote pra se vingar.
“O ódio tomou conta por um breve instante, antes de desaparecer, extinto por uma fria determinação. Então seu mundo e a vida que sempre conheceu. Jurando vingança...”
Entre o Amor e a Vingança é o primeiro livro da série O Clube dos Canalhas, devo admitir que eu estava muito curiosa, primeiro: eu adoro canalhas de romance de época e segundo: é Sarah MacLean

Desde o início eu gostei do casal Penélope e Bourne, porque começou no estilo cão e gato, mas é nítido que a Penélope sempre nutriu sentimentos além da amizade para com o Michael. Só que ele foi muito irritante, arrogante, prepotente, mesquinho e egoísta... o começo é só ele pensando na vingança, magoando a Penélope várias vezes, mesmo ele notando que estava começando a desenvolver um sentimento mais forte. Mas já chegando no final as coisas começaram a ficar melhor, mas sinceramente? fiquei decepcionada, as outras obras da autora sempre me conquistaram desde o começo. 

Michael me irritou profundamente, principalmente no começo, mas é compreensível algumas ressalvas e medos que ele tinha. A autora foi fazendo-o compreender que a vida é mais que vingança, terras e dinheiro... como diria o nosso amado Seu Madruga “A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena”. Todo esse amadurecimento por parte do nosso mocinho foi bem gradativo e nítido ao acompanhar essa evolução.
“Não houve uma única coisa valiosa na minha vida que eu não tenha arruinado ao tocar, Penélope. E eu me amaldiçoarei se permitir que aconteça o mesmo com você.”
O casal possui uma química forte, então se preparem pra cenas quentes entre os dois... Apesar da ingenuidade e da falta de conhecimento por parte da Penélope sobre os assuntos mais carnais, ela é madura e bastante ativa quando quer. Adorei o envolvimento dos dois, é crível a atração e o desejo que um sente por outro.

Destaco nessa obra as irmãs da Penélope, que são incríveis, quero muito conhecer a história delas, mas principalmente da Phillipa - que já nessa obra nos deixou com gostinho de quero mais. Outros que merecem destaque são os sócios do Michael, são completamente diferentes um do outro, mas é impossível não gostar de suas personalidades e jeitos.
"Você quer mais a sua vingança."
"Quero as duas coisas. Quero tudo."
"Ah, Michael, quem foi que lhe disse que podia ter tudo?"
Sarah MacLean soube criar uma história cativante, com personagens maravilhosos, mesmo com o início chatinho, é impossível não se apegar a escrita dessa mulher. E como esse é o primeiro livro de uma série, ela soube construir uma ótima base para os livros que virão em seguida


10 comentários

  1. A vingança nunca é plena,mata a alma e envenena!!!Grande pensador Seu Madruga(eu admito que ri gostoso)
    Sou doida para ler essa série da Sarah. A autora chegou de mansinho e já arrebatou milhares de fãs e não é a toa né? Apesar de ter lido muito pouco dela, já a considero uma das maiores no gênero!!!
    E pelo que pude conferir acima, fora a beleza desta capa, há personagens reais demais, principalmente Michael.
    Espero poder começar a saga em breve.
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Oii!
    Gostei muito da resenha! Tenho muita vontade de conhecer essa série da Sarah, pois já li comentários bem elogiosos. Além disso, já li dois livros dela e simplesmente amo sua escrita. Espero ter a oportunidade de ler esse em breve

    ResponderExcluir
  3. Kamilla!
    Saber que Penélope é uma mulher a frente de seu tempo, estimula ainda mais a leitura.
    Adoro os romances de época e os ambientados no século XIX ainda mais, me fascinam e cativam.
    Apesar de não gostar muito de livros quando tem vingança.
    Quero muito poder ler, ainda por cima com essa capa vermelha, linda!
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Preciso criar vergonha na cara e ler mais romances de época. 😂
    Gostei de saber desse livro, ainda mais sendo uma leitura cativante. Que os próximos sejam ainda melhores.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Kamilla
    Apesar de não conhecer muito os romances de época já gostei desse enredo que trás uma mulher que sabe muito bem o quer e não se importa de mostrar seus desejos.
    Adorei o último quote, perfeito!
    Estarei ansiosa esperando para a resenha dos próximos livros.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. ola
    estou comprendo os livros dessa autora e fazendo a coleçao
    essas capas são maravilhosas e é uma pena que o livro não foi assim tão bom
    enbora tenha melhorado no final Mas acontece nem sempre as autoras vão acertar em suas obras
    como fã de romances de epoca quero adqurir mesmo com essas ressalvas que voce resenhou

    ResponderExcluir
  7. Olá! Meus motivos para ler essa história são os mesmos que o seu, canalha e Sarah Maclean, e pelo jeito a autora é craque em fazer mocinhos odiosos, é dela um dos mocinhos que eu mais detesto na vida (Perigo para um inglês), por isso, já vou preparada para essa leitura, afinal estamos falando de um romance de época e eu não dispenso um nem por esses mocinhos intragáveis (risos).

    ResponderExcluir
  8. A Resenha ficou otima mas eu acho o livro bem fraco. O mais fraco dessa serie na verdade. Apesar de eu amar a sarah e a forma que ela cria mocinhos esse livro não me agradou mt

    ResponderExcluir
  9. Oi, Kamilla
    Sou louca para ler algum livro da Sarah e principalmente esse.
    Nossa, mas fiquei chateada que o Michael é chato e arrogante assim.
    Coitada da Penélope. Ela parece ser muito fofa e querida.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu já li varias resenhas dos livros da autora, tenho uma certa curiosidade pelas obras dela. Esse tem uma boa premissa e como eu adoro um casal que briga feito cão e gato e depois estão apaixonando, com certeza vou adora.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir