17/04/2020

RESENHA: Mulheres Na Luta - Marta Breen e Jenny Jordahl

Mulheres Na Luta
Autora: Marta Breen
Ilustração: Jenny Jordahl
Editora: Seguinte
Páginas: 128
Ano: 2019
Há 150 anos, a vida das mulheres era muito diferente: elas não podiam tomar decisões sobre seu corpo, votar ou ganhar o próprio dinheiro. Quando nasciam, os pais estavam no comando; depois, os maridos. O cenário só começou a mudar quando elas passaram a se organizar e a lutar por liberdade e igualdade.
Neste livro, Marta Breen e Jenny Jordahl destacam batalhas históricas das mulheres — pelo direito à educação, pela participação na política, pelo uso de contraceptivos, por igualdade no mercado de trabalho, entre várias outras —, relacionando-as a diversos movimentos sociais. O resultado é um rico panorama da luta feminista, que mostra o avanço que já foi feito — e tudo o que ainda precisamos conquistar.
Todos deveriam ler essa obra!

Mulheres Na Luta - 150 Anos Em Busca de Liberdade, Igualdade e Sororidade é uma história em quadrinhos que conta historicamente as lutas de várias mulheres, para que hoje possamos ter o direito ao voto, ao divórcio, até aos métodos contraceptivos, a ter voz e respeito... Sabemos que há um longo caminho a se percorrer ainda, mas é necessário conhecer o ontem pra dar força as lutas de hoje. 

É um obra simples, mas que tem um conteúdo gigantesco e que todos deveriam conhecer - principalmente por mulheres que não acreditam no feminismo e na luta.
A HQ foi escrita por Marta Breen e ilustrada por Jenny Jordahl, que nos apresentaram momentos marcantes e mulheres incríveis que foram imprescindíveis na história do feminismo e que deram todas as suas forças e algumas delas, suas próprias vidas para termos direitos básicos.

Fiquei simplesmente encantada em conhecer várias mulheres, suas forças, suas determinações e seus valores. Mulheres como Harriet Tubman, Malala, Rose Luxemburgo, Margaret Sanger e tantas outras que vocês precisam conhecer.
Mulheres Na Luta nos apresenta historicamente todos os grandes marcos da história feminista no mundo, como as mulheres eram tratadas em seus lares, quando tentavam ter voz e quando começaram a se unir para lutar pelos seus direitos. Foi incrível ver que a nossa força é tão maior do que a gente pensa, principalmente quando nos unimos.

A narrativa é bem simples, dinâmica e divertida, mas adianto que teve alguns momentos que fiquei bem impactada e triste. A luta é necessária e todas as mulheres citadas foram fundamentais pra tudo que conseguimos hoje, agradeço muito a todas elas, inclusive. Mas me dói saber o que elas tiveram que passar, a gente bem sabe o que o machismo pode causar nos dias atuais, imaginem nos séculos passados? Algumas coisas foram bem cruéis.
Essa obra, sem dúvidas, deveria ser lido por todos... para que conheçam as lutas, as vitórias, os marcos e até os sofrimentos de várias mulheres incríveis, e passem entender tudo que aconteceu até hoje na luta das mulheres e assim disseminar ainda mais que merecemos igualdade e respeito. Leiam!


12 comentários

  1. Eu já tive a oportunidade de ver essa Hq em mãos(uma amiga ganhou, mas nunca me emprestou..rs)
    É belíssima! E não falo só do jogo de cores não, mas falo também dos nomes citados, das homenagens feitas,mas também do quanto isso tudo é importante sim a todos nós!
    Espero de coração ainda ter e ler essa Hq em mãos!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Oi Kami! Livros/HQ que retratam assuntos importantes sempre me chama a atenção, sabemos o quão cruel a sociedade pode ser em relação a nós, mulheres, é algo difícil de ler porém necessário. Com certeza irei adicionar na minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kamilla!
      Estou com você. Temos de continuar 'lutando' por mais direitos femininos e pelo feminismo. Somos importantes e temos de ser reconhecidas.
      A HQ deve ser uma delícia, sem contar que poderemos aprender mais sobre as desbravadoras de sua épocas.
      Lindo livro.
      cheirinhos
      Rudy

      Excluir
  4. Olá! Definitivamente é um livro que deve ser lido por todas e todos, principalmente aqueles que desconhecem ou fingem não notar a importância dessas mulheres atualmente. E sabe o que é melhor é que estava grátis durante essa grande campanha da quarentena e eu que não sou boba garanti a minha, sei que a experiência em ler no Kindle e ter a HQ nas mãos é gigantesca, mas o importante absorver tanta história inspiradora. Acho que já sei qual será minha leitura do final de semana #partiu.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Kamilla! Estou com esse livro no Kindle, mas ainda não abri. Espero que dê para apreciar bem as ilustrações. Acho bacana usar esse formato para falar de temas sérios, acaba atingindo mais gente, né?!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  6. ola
    sabemos das lutas das mulheres pare terem seu espaço e valor reconhecido ja deram muito passos mas ainda falta muito infelizmente ainda vemos muita desigualdade e muita falta de respeito
    e se faltou o respeito falta tudo

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é um hino!
    Muita admiração por todas essas mulheres.
    De fato, é uma obra que merece ser lida por todos

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Kamilla
    Esse livro está na minha lista de desejos desde que vi seu lançamento.
    É uma leitura que se faz necessária para todos!
    Uma pena que tudo o que temos hoje, algumas mulheres pagaram com suas vidas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Li esse livro graças a disponibilização gratuida dele que rolou na amazon e gente?????? Fiquei apaixonada por ele. Quanta luta a gente passou e não tinha conhecimento. PERFEITO

    ResponderExcluir
  10. Oi, Kamilla
    Adorei sua resenha e estou loucaaaaa para ler essa HQ.
    Já tenho ela no kindle e logo lerei.
    Parece nos fazer refletir muito sobre tudo que as nossas antepassadas sofreram e lutaram para que tenhamos uma vida mais digna e justa hoje.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Sempre vejo esse livro e fico com muita vontade de ler e conhecer todas essas mulheres que lutaram por nós e ainda luta né. Espero conseguir ter-lo na estante.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir