02/05/2018

TOP 4: Livros nacionais escrito por mulheres

Oi apreciadores! Tudo bem com vocês? Vocês sabiam que no dia 30/04 é comemorado o dia nacional das mulheres? Não, né?! A maioria das pessoas só conhecem o dia internacional da mulher, mas o dia nacional também é muito importante, com o intuito de de reeducar e mostrar a sociedade sobre os direitos das mulheres.

O dia nacional foi instituído em 1980, a data foi escolhida em homenagem a Jerônima Mesquita, uma enfermeira. Ela foi uma mulher muito a frente do seu tempo, se casou jovem com seu primo por imposição da família, isso resultou em um filho, mas em menos de quatro anos se separaram. Jerônima prestou serviços voluntários para a Cruz Vermelha Francesa durante a primeira guerra mundial, depois passou a trabalhar na Cruz Vermelha Suíça. Ela fundou o Movimento Bandeirante do Brasil em 1919, também fundou a Associação Damas da Cruz Verde que tinha o intuito de combater doenças graves que estavam aparecendo no Brasil. Indico que leiam esse artigo sobre essa incrível mulher.

Vamos ao top 4? de livros nacionais escrito por mulheres incríveis!

4. Azar o seu!
Azar o seu! é um chick-lit super fofo, bem amorzinho. O livro começa no meio de um tiroteio no Rio de Janeiro e acaba soltando a um "desconhecido" que amava seu antigo vizinho. Mas advinha quem é o desconhecido? Tem muitas cenas engraçadas, com personagens bem construídos e cativantes.
~~~
3. Não Pare!
Acho que todo mundo já ouviu falar sobre o livro Não Pare!, correto? O livro foi primeiro publicado de forma independente na amazon, depois a Editora Valentina nos presenteou com a versão física. É um romance sobrenatural, com personagens incríveis (uns bem teimosos e irritantes, devo admitir rs).
~~~
2. Um Acordo de Cavalheiros
Um Acordo de Cavalheiros é um romance de época que possui mocinha a frente a seu tempo, e um mocinho incrível e que faz de tudo pra emponderar as mulheres. A obra ainda possui algumas de mistério, suspense e ação, deixando o leitor ainda mais imerso na história.
~~~
1. Perdida
Perdida é um dos meus livros favoritos da vida, Carina Rissi é uma das minhas autoras queridinhas e claro que teria livro dela aqui, esse em especial me conquistou de um jeito que vocês não tem ideia. Me apaixonei pelos personagens, chorei, briguei e defenderei pra vida! Mistura romance de época com viagem no tempo. É muito amorzinho ♥
~~~
E aí, pessoal, gostaram do top 4? Já conheciam o dia nacional da mulher? Legal, né?!
Agora me deixem sugestões de livros nacionais escrito por mulheres que eu deveria conhecer :)
Beijos


20 comentários

  1. Amei o post! Ainda não li nenhum desses nem nada dessas autoras, mas já anotei aqui :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Kamilla.

    Nada melhor do que livros (e escritos por mulheres) para representar um dia especial, né? Não tinha conhecimento sobre esse dia.

    Sugiro o livro "Aluga-se Um Noivo", da Clara de Assis. Se ainda não leu, leia. ^^

    ResponderExcluir
  3. Eu ouvi falar do Dia Nacional da Mulher, mas não sabia o motivo. Achei bem interessante.
    Dessa lista eu só li Perdida, amo muito! Mas é triste perceber que tem muitos livros nacionais bons que não conheço.
    Indico Eternamente Cecilia, romance de época.
    Desde que te vi.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu confesso que não tinha conhecimento do dia nacional da mulher, uma data importante para reforçar o valor das mulheres na sociedade e lutar pelo respeito tão merecido. Eu não li nenhum da lista top 4. Da lista só não conhecia o Azar o seu!, os outros já tinha visto pela net.

    ResponderExcluir
  5. Não sabia que existia o dia nacional da mulher, importante que divulguemos isso. Eu sempre ouvi falar muito bem da Carina mas ainda não li nada dela, inclusive perdida está na minha lista mas ainda não cheguei la kkk. Eu sou extremamente apaixonada por romances antigos e um acordo de cavalheiros me chamou bastante atenção. Vou lê-lo com certeza

    ResponderExcluir
  6. Kamilla!
    Muitos dias para comemorar as mulheres, mas colocar em prática os direitos que temos, é bem difícil.
    Agradeço as indicações, pois não li nenhum dos livros ainda...
    Desejo um MÊS de sucesso e bençãos!
    “Nunca confunda movimento com ação.” (Ernest Hemingway)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MAIO – 4 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  7. Oi Kamilla.
    Adorei o post.
    Já li vários livros da série Perdida, mas o primeiro continua sendo meu favorito.
    Já li Não Pare!, mas não gostei muito.
    Quero muito ler Um acordo de cavalheiros. Gosto muito de romances de época, então acho que eu iria gostar da história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Sou suspeita de falar sobre os romances de época porque é o meu gênero favorito. Que lindo ver dois livros aí!! Principalmente por serem histórias tão criticadas positivamente e que tem um número enorme de leitores! A Lucy escreve maravilhosamente bem e a Carina nem se fala né, todos os seus livros são caribantes!!

    ResponderExcluir
  9. Não sabia que existia essa data, mas achei bem legal!
    Gosto muito de Não Pare e Perdida, a Carina é uma das minhas favoritas!
    Não Li nenhum da Lucy ainda, mas adoro romance de época e vou anotar a dica.

    Beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  10. Não sabia que era nosso dia rs. Perdida também é meu favorito da vida. Não Pare esta na minha lista de compras quero muito ler essa trilogia que é bem comentada, fiquei um pouco com receio desses personagens irritantes rs. Um Acordo de cavalheiros também gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  11. Oi Kamilla,
    Eu não sabia mesmo do dia nacional, na realidade nem que ele existia, bom conhecer isso, vou gravar a data!
    "Não pare" é mesmo incrível, e a autora então, um amor, encontrei com ela em uma Bienal e adorei conhecê-la.
    Os outros ainda não tive oportunidade de ler, mas já sei que a série da Carina Rissi vai me conquistar, adorei todas as resenhas que li!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá Kamilla,
    Dos livros do post, eu ja li Perdida (todos os livros lançados). E tenho Não Pare! e tenho curiosidade de ler Azar o Seu!
    Não conhecia Um Acordo de Cavalheiros e fiquei curiosa pra ler.

    ResponderExcluir
  13. Olá, esse dia nacional da mulher é novidade pra mim, mas vou aderir, evidentemente. Rissi está na minha lista de leitura há bastante tempo, mas ainda não tive a oportunidade de conhecer sua escrita. Em relação a autoras nacionais, gosto bastante da Paula Pimenta, com seus romances bem adolescente clichés, mas muito bem escritos. Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi Kamilla,
    Nossa, não conhecia o dia nacional da mulher, acho que não é muito divulgado né?
    Já li Azar o seu! e adorei, é um chick-lit muito gostoso de ler.
    Pretendo ler a trilogia Não pare! assim que surgir uma oportunidade.
    Amo romance de época e fico feliz que cada vez mais autoras nacionais estão apostando nesse gênero. Um Acordo de Cavalheiros está na minha lista de desejados.
    A Carina Rissi é a minha autora nacional favorita, amo tudo o que essa mulher escreve haha Sou fã da série Perdida.
    Indico a autora Babi A. Sette, que também é uma das minhas autoras nacionais favoritas.
    Também indico a Samanta Holtz, li Quando o Amor Bater à Sua Porta e amei.
    Marina Carvalho, autora de O amor nos tempos do ouro, pretendo ler também A História de Malikah, que é a continuação, e o livro Azul da cor do mar.
    Do Seu Lado, da Fernanda Saads.
    Uma autora que tenho muita curiosidade em ler é Raiza Varella, só vejo ótimos comentários do livro O Garoto dos Olhos Azuis.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Morro de vontade conhecer a trilogia Não Pare! Acompanho o trabalho da autora nas redes sociais e todos(ou a maioria) recomenda estes livros dela.
    Babi também é outra autora que se firmou no mercado literário e tem alcançado mais e mais leitores fiéis. Ainda preciso conhecer também.
    Carina é um ícone. Sempre com livros leves e voltados a leitoras mais sedentas de romances e vida.
    É preciso valorizar nossa literatura nacional e estamos bem servidos tanto em autoras, quanto em autores!
    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Oi Kamilla,
    Este foi o primeiro ano que fiquei sabendo do dia nacional da mulher e adorei isso, principalmente por saber que o dia surgiu em homenagem a alguém que teve grande importância na nossa história. Das autoras citadas já conheço FML Peper e Carina Rissi (a qual amo os livros) e recomendo. Em se tratando de autoras que quero conhecer a escrita, Lucy Vargas é uma das que mais tenho curiosidade e espero ler Um acordo de cavalheiros o mais breve possível. N conheço muitas autoras nacionais, mas recomendo Camila Moreira, Mila Wander e Nana Pauvolih.

    ResponderExcluir
  17. Olá, Kamilla!
    Sabia que existia o dia nacional da mulher, mas é pouco conhecida.
    Adorei conhecer mais livros e autoras brasileiras, já ouvi falar muito de Carina Rissi. Não li nenhum destes livros, porém tenho vontade de lê-los.
    Precisamos valorizar os autores nacionais e agradeço por você apresentar essas autoras.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Amo ler livros escritos por mulheres brasileiras. O meu favorito é O fim da Fernanda Torres. Entre esses, li o livro perdida, que fiquei perdidamente apaixonada na leitura. A Carina Rissi é uma escritora de mão cheia e quanto ao resto, quero muito saber mais sobre e ter a oportunidade de ler algum deles.

    ResponderExcluir
  19. An-nyong-se-ha-yo!
    Tenho muito interesse em ler ''Não Pare!'' e ''Perdida''. Você acredita que eu não sabia que eram escritos por brasileiras? Tomei um choque, que demais!
    Beijocas.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Kamilla!!
    Já conhecia essas quatro indicações, mas ainda não li nenhum desses livros. Mas tenho Perdida que vai ser uma das minhas próximas leituras de junho.
    Bjoss

    ResponderExcluir

PAGINAÇÃO