21/06/2019

RESENHA PREMIADA: Poder Extra G - Thati Machado

Poder Extra G #1
Autora: Thati Machado
Editora: Astral Cultural
Páginas: 240
Ano: 2016
Empoderamento define. É por isso e a partir daí que a história de Nina — e de Nico, de Marcela e de Noah — existe. Nina não é uma mulher de tipos. E não apenas por causa dos seus noventa e dois quilos. Nina tem atitude e amor-próprio. Talvez não nessa ordem, mas quem se importa? Ao namorar Marco, ela achava que estava subindo mais um degrau rumo ao topo de sua autoestima. É claro que alguns sinais lhe alertavam do contrário, só que o ego pode ser bastante ensurdecedor quando nos convém. Depois de se dar conta da farsa que era o seu relacionamento, Nina deixa sua vida em São Paulo e parte rumo a Buenos Aires, para um mês regado a argentinos sedutores e muito doce de leite. Ela só não esperava que o país dos hermanos pudesse lhe trazer muito mais do que uns quilinhos extras.
É uma obra encantadora, mas eu esperava mais...

Nina é uma mulher que foge dos padrões, é gorda, gostosa com seus 92kgs de curvas maravilhosas, ela se ama e se aceita do jeito que é... ama comer e nunca abriria mão disso, afinal há algo melhor que comer? É inteligente e independente. Mas nem todos a aceitam, como o seu ex-namorado Marco, que era um verdadeiro embuste e tinha vergonha dela.

Após o término do namoro Nina decide ir para a Argentina, lá ela conhece o Nico - um cara lindo, inteligente e dono de uma livraria - e eles logo se envolvem, mas o país guarda maiores surpresas para a nossa protagonista... Quando tudo parecia perfeito, algo acontece que a abala muito e até o ex-embuste reaparece pra bagunçar tudo.
Nina é uma mulher incrível, super dona de si, independente e que lida super bem com seu corpo e a forma em que a sociedade a trata, já que ela foge dos padrões impostos e é uma mulher emponderada. Eu simplesmente adorei essa parte da construção da personagem, mas a questão de aceitação me pareceu um pouco forçada, já que ela precisa reafirmar todas as vezes...
“Principalmente se você considerar o fato de que levei quase dezoito anos para entender que ser gorda não fazia de mim uma pessoa menos bonita, menos interessante ou menos capaz.”
Sabemos que a desconstrução desses padrões não é algo que conseguimos fazer de um dia para o outro, principalmente para nós mulheres, já que somos impostas a isso desde o nascimento. No entanto no livro essa confiança da protagonista é reafirmado muitas vezes e não foi com o intuito de mostrar essa desromantização durante o processo, Nina já se acha e é incrível, mas acabou se tornando algo bastante repetitivo... mas aí vem um outro ponto, foi falado em algum determinado momento do livro "Dama na rua, puta na cama", o que achei desnecessário. A gente realmente precisa de rótulos?

Um outro ponto que me incomodou foi saltos na histórias, no final temos alguns saltos de tempo que não me convencem muito, apesar de achar que não deve ter acontecido nada de relevante, é estranho de um capítulo para o outro, meses e anos terem se passado. Além disso todos os desejos da Nina se realizavam, as coisas aconteciam com muita facilidade pra ela, o que não me convence muito. Vida real não é assim, desculpa pessoal.
“– Aliás, quem é você para me falar que estou fora dos padrões? Eu quero que se danem esses padrões. Eles alienam pessoas como você!”
Apesar dos pontos ressaltados terem me incomodado, fingi que eles não existiam e segui o fluxo. O livro trás uma mensagem de aceitação de uma personagem gorda, que não tem medo ou vergonha de quem é. Um romance que foi construído aos poucos, foram se conhecendo e se apaixonando gradativamente, o que foi um belo ponto positivo pra mim... nada contra aos amores instantâneos, mas ver a evolução de um casal é algo que me cativa bem mais.

Poder Extra G guarda muitas outras surpresas, que apesar de não terem um foco grande, faz o leitor ansiar pra saber quais seriam as decisões que a nossa protagonista iria ter. A trama ainda nos presenteia com muitos momentos divertidos, que nos rendem boas risadas e amizades sinceras que são lindas de se ver e que eu queria ter.
“– A vida sempre dá um jeito de nos surpreender com soluções para os nossos problemas.”
O livro aborda temas importantes, como já citado o emponderamento e aceitação, mas também como a amizade, traição, adoção, transexualidade e como a sociedade ainda não faz questão de se preparar pra entendê-los e querer fazê-los se sentir incluídos e o mais legal de tudo isso é que foi inserido na trama de forma natural, se estereotipar, rotular... só mostrando as coisas como são de forma leve e real.

Apesar de Poder Extra G não ter sido um dos melhores livros já lidos, ele nos trás grandes lições e uma trama leve, com uma narrativa simples e fácil. Recomendo.
~~~
Em 2017 eu comprei dois exemplares desse livro, um pra mim e outro pra vocês. Como já faz um tempo, o livro adquiriu umas manchinhas amareladas, mas está novíssimo e autografado!

a Rafflecopter giveaway
REGRAS
- Residir em território nacional;
- Na opção 'Visitar a página no facebook' é necessário curtir;
- Os ganhadores serão contatados pelo e-mail e terão 48hs para respondê-lo;
- Não nos responsabilizamos por danos, extravios, endereços incorretos fornecidos pelo ganhador ou o não recebimento da encomenda (neste caso, não será feito reenvio).
- O envio será feito em até 70 dias corridos.


18 comentários

  1. Ah meu Deus!!!!
    Quando vi o título da resenha, meu coração já ficou tão triste..rs
    Acabei fazendo uma troca no Skoob há um tempo por este livro, enviei o meu(O Mundo de Sofia) e nunca recebi Poder Extra G. Doeu tanto na época...
    Pois este sempre foi um livro que desejei ler, por trazer uma personagem diferente do convencional, mostrando que felicidade vai além de corpo, de cascas, de peso, altura e afins!
    Agora com sorteio??
    Vou participar e torcer demais para ter este livro em mãos!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Nossa, que triste! Nunca me aconteceu isso, mas é bem complicado... e o livro que você enviou é bem carinho, né?! O perfil da pessoa ainda está ativo? me conta quem é, pra nunca cair nessa armadilha. :/
      Boa sorte!
      Beijos

      Excluir
  2. Olá! Já faz bastante tempo que estou querendo ler Poder Extra G, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Gosto muito do fato de o livro trabalhar o empoderamento e a aceitação, acho super importante esses temas serem trabalhados tendo em vista o mundo machista, cheio de rótulos e com falta de inclusão e aceitação que a gente vive.
    Saltos no meio da história não me agradam muito, pois ao não ser que tenham um propósito real, são desnecessários.
    Concordo com você, na vida real as coisas não funcionam assim, a gente não consegue tudo o quer com facilidade.
    Enfim, quero muito ler esse livro! Estou torcendo para ganhar! ♡
    Obrigada pela indicação! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ray!
      Um livro trazer temas assim é bem legal mesmo, serve pra abrir os olhos de muita gente.
      Boa sorte!
      Beijos

      Excluir
  3. Oiii ❤ Esse livro está na minha lista livros á serem lidos faz tempo, mas minha lista é tão grande, que esse é um dos livros que ainda não consegui ler.
    A história parece ótima, adoro livros que têm o tema empoderamento, acho isso tão importante, ainda mais numa sociedade como a nossa, cheia de padrões e estereótipos.
    Também acho desnecessário a personagem ter que ficar reafirmando pra si mesma o tempo todo o quão confiante ela é sobre seu próprio corpo, isso realmente se torna cansativo. Também não me agrada a frase machista citada no livro.
    Apesar disso, de resto, o livro parece maravilhoso, precisamos de mais personagens igual Nina em livros, passando a mensagem de que temos que nos amar.
    Espero poder fazer essa leitura em breve ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ray!
      É bem bacana abordar temas importantes assim, de desconstrução de padrões. Essa frase machista é muito desnecessário, mas fazer o quê! rs
      Beijos

      Excluir
  4. Ainda não li esse livro. Mas, adorei essa parte em que a personagem se sente muito bem exatamente do jeito que ela é. É muito importante que nós nos aceitemos. Porém, assim como você, esse negócio de tudo o que ela quer sempre acontecer acho meio forçado.
    Se fosse só pela capa, não me interessaria pela leitura. Talvez os pontos negativos citados também me desanimassem. Mas, vou participar do sorteio e, se eu ganhar, vou ler rapidinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nil!
      Apesar dos pontos ressaltados terem me incomodado, ainda assim é uma livro bacana de ler. Boa sorte!
      Beijos

      Excluir
  5. Olá! Nossa eu passei por esse livro há um tempinho (tempão), e ele ficou marcado por trazer uma protagonista bem fora dos padrões e ainda por cima ser nacional! Contudo devo confessar que ainda não consegui tirar ele da lista (#chateada). Mas depois de ler a resenha (e saber que teremos resenha premiada), já estou aqui na torcida (risos). Apesar de algumas ressalvas, a história em si tende a ser bem inspiradora.

    ResponderExcluir
  6. Que resenha maravilhosa!
    Gosto de histórias que fogem do padrão, e essa além de fugir do padrão também traz temas atuais e relevantes.
    Mas confesso que os mesmos pontos que te incomodaram também seria um problema pra mim.
    Porém, sem dúvida é uma leitura que vale a pena conferir.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Kamilla
    Esse livro já esta um tempinho na minha lista de desejos, mas ainda não comprei porque as vezes o frete onde moro é mais caro que o livro.
    Me sinto representada nesse livro pela personagem ser gorda, afinal não tem tantos livros que abordem esse tema.
    Quanto a necessidade da personagem ficar reafirmando pra ela se aceitar e do seu potencial sei que é maçante ler isso, mas tenho uma amiga que conheci na escola e ela é linda e gordinha também só que ela vai muito pelo que os outros pensam dela. Na escola tinha que conversar muito com ela sobre isso e aos poucos ela foi se aceitando. Porém ela é daquele tipo de pessoa que tem que ter um porto seguro para seguir em frente, sem pensar na opinião dos outros sobre seu corpo.
    Concordo com você na vida não temos tudo que desejamos, temos que batalhar para ter e colher os frutos de nosso trabalho, amizade...
    Mesmo com esses detalhes é uma leitura que vale a pena ser lida, claro que estou torcendo muito para ganhar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Kamilla, tudo bem? Apesar das ressalvar eu achei interessante o tema, parece ser fácil gostar da protagonista!

    Bjs, mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Gostaria de ler, adoro personagens fora do padrão, achei muito importante a protagonista ser o que é, se aceitar, mas é desnecessário ela ficar frisando isso, acaba irritando. Fiquei curiosa com essas surpresas que acontece com ela.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Já faz um tempinho que tinha lido resenha desse livro, a historia para mim me agradar bastante por ser algo fora dos padrões que a beleza exige muito em nossa sociedade. Eu estou desejando ler esse livro faz bastante tempo e quero ter a oportunidade de conhecer mais.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  11. Eu me lembro de ter lido esse livro pouco tempo depois de ter terminado o livro Amor Plus Size da Larissa siriani eu gostei bastante de finalmente poder livros bons com protagonistas gordas. Uma representatividade tão gostosa que é impossível não se apaixonar

    ResponderExcluir
  12. Oii!
    Que tema legal! Muito comentado nos dias de hoje e importante falar sobre o ‘padrão de beleza... Parece uma leitura envolvente e gostosa de se fazer, apesar de seus pontos negativos.
    To surpresa que nunca tinha ouvido falar desse livro.

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho muito interesse em ler esse livro.
    Parece nos fazer refletir sobre o quanto é importante nos aceitarmos como somos e ficar longe de pessoas tóxicas.
    O romance também parece trazer boas surpresas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho uma Nina em casa (minha filha). Não é fácil a vida de uma pessoa acima do peso em uma sociedade que cultua a magreza como padrão de beleza. Quando soube dessa livro desejei muito poder comprar, mas com a filha desempregada e vivendo de aposentadoria não consegui até agora. Vou participar e tentar ganhar para poder dar a ela e tentar elevar um pouco da auto estima dela. Obrigada. Bjussss

    ResponderExcluir