11/10/2019

RESENHA: As Três Partes de Grace - Robin Benway

As Três Partes de Grace
Autora: Robin Benway
Editora: Galera Record
Páginas: 322
Ano: 2019
Grace acabou de ter uma filha. E a entregou para adoção. Não foi uma decisão fácil, já que a própria Grace é adotada. Como escolher uma família para sua bebê? Como ter certeza de que ela terá bons pais? Era de esperar que tudo isso fosse emoção suficiente na vida de uma adolescente, mas ela também acabou de descobrir que tem dois irmãos.
Maya é a única integrante de cabelos escuros naquela família de ruivos. As fotos pela casa mostram como ela é diferente de seus pais e de sua irmã Lauren, filha biológica do casal. Quando a família começa a passar por problemas e tudo parece prestes a desmoronar, Maya não consegue parar de se perguntar se aquele é o seu lugar. Quem é sua família biológica? Onde está seu lar?
Joaquin é o irmão mais velho. Ele nunca foi adotado. Chegou muito perto por muitas vezes, mas algo sempre acabava dando errado. Agora ele vive com uma boa família acolhedora, cheia de amor e vontade de adotá-lo, mas o garoto, prestes a completar dezoito anos, não sabe se deve mesmo acreditar que o destino está lhe dando chances de ser filho de alguém. Criar laços afetivos não é fácil quando se passou a vida inteira sendo abandonado. Mas talvez suas irmãs possam lhe ajudar a vencer essa barreira.
Em vista por amor familiar, companheirismo e, no fim das contas, por não se sentir sozinho no mundo, Grace, Maya e Joaquin vão contar uns com os outros na procura pela mãe biológica. E por si próprios.
Que livro maravilhoso!

Grace é uma adolescente de 16 anos, que está passando por um dos momentos mais difíceis de sua vida. Ela engravidou e resolveu dar a filha, a quem chama carinhosamente de Pesseguinha, para a adoção, porque sabe que darão um futuro melhor pra sua filha. Ela sabe que a adoção pode ser benéfica, afinal ela mesma é adota e ama incondicionalmente seus pais e é um sentimento recíproco. Quando ela entrega a Pesseguinha para os pais adotivos, resolve encontrar seus irmãos biológicos e tentar conhecer a mãe.

Maya tem 15 anos, também foi adotada por uma família que a ama incondicionalmente. Mas os pais estão passando por várias coisas, principalmente a mãe dela está com algumas dificuldades bem difíceis. 

Joaquin, 17 anos, foi o único que ainda não foi adotado. Passou por várias casas acolhedoras, com pessoas legais e outras nem tanto. Atualmente ele está em um lar onde os acolhedores são ótimos, mas ele tem medo e receio de se apegar de novo e ser abandonado.
“As palavras tinham o potencial de cortar mais que vidro estilhaçado contra a parede, de machucar mais que um soco na boca.”
Os primeiros a se encontrarem foi a Grace e a Maya, as duas ficaram receosas, mas de forma gradativa acabaram criando um vínculo tão bonito e quando conheceram o Joaquin esse vínculo se estende ainda mais. Apesar de sempre se verem, ficavam guardando seus segredos, medos e receios pra si... não achavam que tinha intimidade um com o outro o suficiente. Mas aos poucos foram se abrindo, encontrando um no outro a força e o poder de um laço fraterno.

A obra nos mostra a importância da família e não necessariamente de laços sanguíneos, mas do amor, do perdão, da aceitação e da superação. 

Eu fiquei completamente apaixonada por cada um dos três, são personagens cujos problemas são sérios, críveis e que te deixa angustiado de verem eles passando por isso. Quantas vezes a gente já não viu uma adolescente engravidar? ou os pais de alguém se divorciar? ou alguém passar por algum tipo de preconceito?
“– Você pode ficar com medo! – Birdie ainda estava gritando. – Será que não entende? É isso que acontece quando você ama alguém: a pessoa é corajosa quando você não consegue! Eu posso ser corajosa. Por você, por nós dois!”
As Três Partes de Grace é um livro extremamente tocante, emocionante e que te cativa e prende já nas primeiras páginas. Os capítulos são alternados entre os três personagens, Grace, Maya e Joaquin, então podemos ter a versão e visão deles sobre o que está acontecendo e o que estão sentindo. O que foi maravilhoso de acompanhar, porque apesar de serem irmãos, viveram vidas completamente diferentes e logicamente as reações e sentimentos a tudo que vem acontecendo seria diferente.

Os três são personagens incríveis, me apaixonei por cada um deles e queria muito abraçá-los. Não quero me estender falando deles individualmente, porque seria incrível conhecê-los sem saber muito, mas a Grace e o Joaquin foram os que mais mexeram comigo. Além deles, há alguns personagens secundários que abrilhantaram ainda mais a obra.

Esse livro me fez ficar com raiva em algumas cenas e desconfortável em outras, a autora não romantizou os problemas do personagens, mas as retratou com uma sutileza fazendo com que o leitor se envolvesse ainda mais com a história. Teve momentos que eu chorei muito, me emocionei de verdade, parecia que eu estava tão próxima dos personagens. Particularmente, eu amo quando isso acontece...
“Isso significa que não importa para onde você vá nem a distância, você ainda é pare de mim e de Grace e nós ainda somos parte de você também.”
Robin Benway presenteia o leitor com uma história incrível e personagens maravilhosos. Foi o meu primeiro contato com a autora e estou completamente apaixonada pela escrita da mesma, espero em breve ter oportunidade de ler mais obras dela, porque sinceramente As Três Partes de Grace foi a melhor leitura do ano! Leiam.


12 comentários

  1. Ahhh!!!! Como eu estou doida para conferir este livro! Ele tem sido recomendado demais e agora entendo os motivos!
    As três partes, que se encontram, que se encaixam e que de um forma sutil e real, trazem problemas reais e dolorosos, nada distantes de nossa realidade, infelizmente.
    Três crianças...três histórias, três vidas.
    Prepara que lá vem emoção!
    Lerei com certeza!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Angela! Muita emoção. Essa obra sem dúvidas deveria ser lida por todos.
      Beijos

      Excluir
  2. Olá, Kamilla
    Não conhecia essa autora, nem esse livro, mas já estou morrendo de amores por ele!
    Acho que vou chorar um pouco e quem vai ser um livro meio pesado, mas mesmo assim quero muito ler!
    Obrigada pela indicação

    ResponderExcluir
  3. Ah, sua resenha só me fez desejar ainda mais esse livro.
    É o tipo de leitura que eu amo; e fiquei feliz de saber da maneira como a autora conduz essa leitura.
    Ansiosa para ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Acho que toda pessoa que foi adotada acaba tendo essa curiosidade, querendo saber quem são os pais biológicos e até conhecer ou reencontrar os irmãos. Achei linda e tocante essa estória do livro. Quero muito poder conferir o reencontro desses três irmãos.

    ResponderExcluir
  5. Deve ser daquelas histórias que mexe com as nossas emoções, pois ser separados da família deve ser muito triste, mas que bom que foram adotados e por pessoas que os acolheram e deram amor, também acho que família não é só biológica, mas confesso que fiquei triste pela protagonista dar a filha, mas só conferindo a história para saber o ue aconteceu na vida de cada um dos personagens.

    ResponderExcluir
  6. Kamilla!
    Gosto de livros que trazem essa carga dramática e com ensinamentos.
    Entendo a busca dos filhos por seus pais biológicos, acredito que toda criança adotada, tem o ímpeto de ir em busca das suas origens. Sei disso porque acompanho um caso familiar bem de perto e mesmo com todo amor, a pessoa se sente como se não fizesse parte do lugar, sabe?
    Quero ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Olá, Kami!♡ Eu amei a sua resenha, já quero fazer essa leitura ♡ Adoro livros que nos emocionam, que nos envolvem completamente com os personagens e suas histórias e torcemos muito por eles, para que possam superar as dificuldades e serem felizes.
    Os três protagonistas parecem personagens maravilhosos, do tipo que a gente se apega com facilidade. Já quero conhece-los e ver esse lindo vínculo que eles têm entre si! ♡
    Achei muito bonita e tocante a mensagem do livro, sobre que para ser uma família não é necessário laços sanguíneos, mas sim muito amor ♡
    Essa capa é maravilhosa e a história parece ser tão linda quanto. Certeza que vou me emocionar muito com esse livro ♡
    Obrigada pela indicação! Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá! Nossa que engraçado, passei por esse livro algumas vezes e acabei não dando tanta atenção assim para ele, mas agora sabendo um pouco mais sobre a história e do quanto ela é emocionante, inspiradora e reflexiva a necessidade em conferir o desenrolar desses três protagonistas é enorme. Tenho certeza que será uma leitura que eu vou levar para vida toda!

    ResponderExcluir
  9. ingriD - Figueiredo16 de outubro de 2019 00:08

    menina eu li o livro... assuntos como gravidez na adolescência na adolescência, aceitação da orientação sexual, alcoolismo e traumas por abandono são abordados de uma forma delicada, mas a escrita da autora é fluida e agradável e a história nos envolve logo nas primeiras páginas. Por vezes eu senti que esse livro conversou comigo. Me deixou reflexões sobre a vida e sobre como às vezes somos obrigados a fazer escolhas difíceis quando não temos... bem, escolha. E foi uma leitura emocionante. Não chegou a me arrancar lágrimas, como vi algumas pessoas comentando; não achei dramático a esse ponto, mas sim, muito tocante e sensível. Amei o desfecho, o final foi lindo!
    Indico esse livro para todo mundo, independente de preferências de gênero. É uma leitura super válida, que em algum momento da vida todos poderiam fazer

    ResponderExcluir
  10. Oiii ❤ Nossa, nem consigo imaginar como deve ser difícil ter que dar seu bebê para adoção, ainda mais por não saber se ele será bem cuidado ou amado.
    Achei legal que Grace, Maya e Joaquin vão se encontrar e ir em busca da mãe.
    Estou curiosa para saber como a relação entre os irmãos vai surgindo e como isso será para cada um deles.
    O fato de o livro ser narrado pelos três facilita, pois acho que vai ser melhor para entender a história e a vida de cada um deles.
    Com certeza vou querer fazer essa leitura, ainda mais por você ter gostado tanto. Al de que essa capa é lindíssima.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Vi muitos leitores com esse livro porém não parei para conhecer a trama. Ao ler a resenha fiquei bastante curiosa pela historia dos personagens e de como estão levando a vida em frente mesmo com os problemas. Adorei muito e com certeza vou anotar na listinha de leitura.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir