RESENHA: O Sol na Cabeça - Geovani Martins

O Sol na Cabeça
Autor: Geovani Martins
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 122
Edição: 1
Ano: 2018
Em O sol na cabeça, Geovani Martins narra a infância e a adolescência de garotos para quem às angústias e dificuldades inerentes à idade soma-se a violência de crescer no lado menos favorecido da “Cidade partida”, o Rio de Janeiro das primeiras décadas do século XXI.
Em “Rolézim”, uma turma de adolescentes vai à praia no verão de 2015, quando a PM fluminense, em nome do combate aos arrastões, fazia marcação cerrada aos meninos de favela que pretendessem chegar às areias da Zona Sul. Em “A história do Periquito e do Macaco”, assistimos às mudanças ocorridas na Rocinha após a instalação da Unidade de Polícia Pacificadora, a UPP. Situado em 2013, quando a maioria da classe média carioca ainda via a iniciativa do secretário de segurança José Beltrame como a panaceia contra todos os males, o conto mostra que, para a população sob o controle da polícia, o segundo “P” da sigla não era exatamente uma realidade. Em “Estação Padre Miguel”, cinco amigos se veem sob a mira dos fuzis dos traficantes locais.
Nesses e nos outros contos, chama a atenção a capacidade narrativa do escritor, pintando com cores vivas personagens e ambientes sem nunca perder o suspense e o foco na ação. Na literatura brasileira contemporânea, que tantas vezes negligencia a trama em favor de supostas experimentações formais, O sol na cabeça surge como uma mais que bem-vinda novidade.

O Sol Na Cabeça é um livro de que possui 13 contos do autor Geovani Martins, onde ele dá voz a alguns personagens que por mais fictícios que sejam, parecem muito reais. Todos os contos são ambientados no Rio de Janeiro nos mostrando várias realidades diferentes do que não estamos acostumados a enxergar, uma realidade que não é noticiada, não aparece na TV.
“É tudo muito próximo e muito distante. E, quanto mais crescemos, maiores se tornam os muros.” (Espiral) 
Foram 13 contos todos bem escritos, que nos faziam de fato enxergar uma realidade que é muito invisibilizada. Os contos são bem curtinhos, mas com mensagens tão grandes e importantes... percebi também muitas críticas, sobre os cidadãos de bens, polícia, bandido, religião. Nesses contos não há o certo ou o errado, Geovani só nos mostra a realidade fria e crua de muitas pessoas, dando vozes há muitas vozes que são silenciadas nesse país.
“Ao invés de alimentar a coragem, sufocava. Como sempre sufoca o corpo que é dominado pelo medo.” (O Rabisco)
O primeiro conto denominado Rolézim já nos mostra uma realidade, que imaginamos existir, mas preferimos não enxergá-la, num linguajar fiel aos que jovens da favela e com muitas gírias, de um personagem falando diretamente com o leitor. Foi uma leitura que me impactou, porque o autor não romantizou nada - nem o faz nos outros contos, mas como foi o meu primeiro contato já me fisgou ali.

Apesar de ter gostado bastante do primeiro conto, sem dúvidas tiveram três que se tornaram os meus favoritos, onde fiquei angustiada, revoltada e me deixou bem desconfortável (o que é bem válido). Foram os contos:

Espiral, onde uma criança que não entendia como algumas pessoas "tremiam" quando ele passava, o famoso preconceito enraizado sabe?, e isso acabou resultando em algo maior pra ele.

A História do Periquito e do Macaco que fala sobre o que aconteceu quando a UPP entrou na Rocinha, mostrando uma realidade diferente do que é contada nos jornais, mas o que mais me causou desconforto foi a visão do narrador sobre as crianças no meio de tudo.
“Tinha vez que sentia até pena de ver as criança naquela situação, mas o papo é que a agente se acostuma com cada bagulho sinistro.” (A História do Periquito e do Macaco)
O Mistério da Vila que fala sobre uma senhora macumbeira e que ajudou muita gente na vila, mas que no decorrer do tempo só recebeu ingratidão e muita intolerância religiosa. Esse conto é narrado em terceira pessoa, nos dando a visão de três crianças. 

Sem dúvidas O Sol Na Cabeça é um livro com contos incríveis, sobre uma realidade que muitas vezes é diminuída, silenciada ou apenas "esquecida" por parte da sociedade. Geovani Martins trás essa visibilidade ao leitor de forma real e envolvente, sem romantizações. Super indico essa leitura, vale muito a pena!
Leia Mais ›

TOP 4 CAPAS: Diários do Vampiro (Livro 1)

Oi gente! Tudo bem com vocês? O top 4 capas de hoje é com um livro que eu abandonei, na verdade o primeiro livro que eu lembro de ter desistido da leitura: Diários do Vampiro - O Despertar. Eu mal me lembro do que aconteceu na história, mas sei que não estava curtindo nada e abandonei sem dó. Mas enfim, hoje só vim partilhar com vocês a capa desse livro pelo mundo! Ok, em cinco países se contarmos com a capa nacional :p

O Despertar, primeiro livro da série Diários do Vampiro de L. J. Smith, foi publicado no Brasil em 2009 pela Galera Record.
Em Fell Church, uma cidade pacata em West Virginia, a garota mais popular da escola Robert E. Lee apaixona-se por um vampiro com quatrocentos anos. Com a ajuda das amigas, Meredith e Bonnie, Elena fará tudo para seduzir Stefan. E Stefan fará tudo para proteger Elena… dele mesmo. O adolescente de olhos verdes, rosto clássico escondem um passado sombrio e uma sede que não consegue controlar. Com ele, arrasta a memória de um amor perdido e um irmão que apenas deseja vingança. Em Florença, no Renascimento, Stefan e Damon Salvatore lutaram pelo amor da mesma mulher. Séculos mais tarde, voltarão a fazê-lo. Diários do Vampiro – O Despertar é a introdução a um triângulo amoroso arrepiante: a história de dois irmãos vampiros que se odeiam e de uma garota que se vê dividida entre os dois.
CAPAS GRINGAS
MÉXICO: Eu não sei se sou capaz de opinar sobre essa capa. A tentativa de colocar sangue na capa ficou totalmente frustrada. Eu gostei da ideia, mas não foi bem executada e sinceramente não sei se tem muito a ver.

REPÚBLICA CHECA: Eu gosto da expressão do vampiro nessa capa, apesar do nariz ter ganhado uma evidência desnecessária. Não gostei da fonte escolhida para o título.

ALEMANHA: Eu não gostei muito dessa capa não, ela não é feia e tem até um ar sombrio, mas creio que não combina muito com a história. Cadê vampiro, gente?! 

ESPANHA: Essa capa parece mais a de um romance erótico com vampiros. Apesar de gostar de livros eróticos e sobrenaturais, essa mistura nessa capa não combinou.
~~~
Nenhuma dessas capas me ganharam muito, mas acho que a fico com a do México porque tem sangue e fica menos assustadora na prateleira. Mas devo dizer que a escolha de hoje está entre a "menos pior" XD
Qual é a capa favorita de vocês? Ou a que se salva?
~~~
Gostaram do top 4 capas de hoje? :)
Beijos
Leia Mais ›

Novidades Literárias #153 - Autores internacional na Bienal de SP; Lançamentos da Ed. Harlequin e mais...

AUTORES CONFIRMADOS NA BIENAL DE SP
A Bienal Internacional do Livro de São Paulo acontecerá entre os dias 03 e 12 de agosto e já conta confirmou algumas presenças de autores internacionais no evento. São eles:
Victoria Aveyard, autora da série A Rainha Vermelha, irá vir para o Brasil para autografar o lançamento Tempestade de Guerra que será lançado em maio.
Soman Chainani, autor da série Escola do Bem e do Mal publicado pela Editora Gutenberg.
Yoav Blum, autor do livro Os Criadores de Coincidências publicado pela Editora Planeta.
Lauren Blakely, autora de Big Rock e Mister O publicados pela Faro Editorial.
Ainda não foram divulgadas as datas oficiais e nem se sabe se os autores passarão por outras cidades.
~~~#~~~
EDITORA SEGUINTE DISPONIBILIZA OS CONTOS DA TRILOGIA A REBELDE DO DESERTO
A Editora Seguinte publicou a trilogia A Rebelde do Deserto da autora Alwyn Hamilton e resolveu fazer umas surpresa para os fãs, a editora disponibilizou gratuitamente o e-book com os contos da trilogia nas plataformas digitais.
Neste livro essencial para os fãs da série A Rebelde do Deserto, você poderá revisitar esse cenário fantástico e desvendar o passado de Miraji.
Em "O carregamento roubado", acompanhe uma aventura de Jin e Ahmed em alto-mar, antes de voltarem ao país e darem início à rebelião.
Em "A garota do mar", veja como duas mulheres se conheceram no harém do sultão e fizeram de tudo para escapar da opressão que sofriam.
Em "A lenda do herói Attallah e da princesa Hawa", conheça em detalhes a história mítica desse casal unido na vida e na morte.
Por fim, em "O djinni e a fugitiva", saiba como Zahia, mãe de Amani, se apaixonou pelo verdadeiro pai da garota.
~~~#~~~
ROTEIRO DA ADAPTAÇÃO DE CORTE DE ESPINHOS E ROSAS ESTÁ PRONTO
A autora Sarah J. Maas divulgou em suas redes sociais a imagem do roteiro pronto da adaptação de Corte de Espinhos e Rosas escrito por Rachel Hirons. De acordo com a publicação da autora na rede social ainda se está a procura de um diretor e de um elenco, mas ela está super animada!
Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.
Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar um féerico transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação.
Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira que ela só conhecia através de lendas , a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... Ou Tamlin e seu povo estarão condenados.
~~~#~~~
LANÇAMENTOS EDITORA HARLEQUIN
A Editora Harlequin divulgou seus lançamentos de abril.
OS SEGREDOS DOS OLHOS DE LADY CLARE: 
Enquanto investiga a causa do aumento de bandidos em Troyes, sir Arthur Ferrer encontra a misteriosa Clare, uma possível filha ilegítima do conde de Fontaine, da Bretanha. Ele então percebe que ela pode ser a chave para a sua própria salvação. A honra exige que Arthur a leve até o pai para que possa ser reconhecida, mas o desejo prefere que ela fique em seus braços.
Será possível conciliar honra e desejo?
A autora Carol Townend mais uma vez convida as leitoras para uma viagem inesquecível de volta a condados, cortes e reinos e às incríveis histórias de amor entre nobres da (nem tão) alta sociedade da época.

SOL EM JÚPITER: Sol Leão é uma famosa youtuber de Florianópolis. Apaixonada pela sua “juba”, que dá nome ao canal, a jovem mostra ao mundo seu estilo e sua vida perfeita em vídeos divertidos e calorosos. No entanto, a vida real pode ser um pouco diferente disso, e um jovem com o estranho nome de Júpiter aparece para balançar o mundo de Sol e questionar as certezas que ela achava que tinha.
~~~
As novidades estão bem legais, né?! :)
Beijos
Leia Mais ›

Vamos falar de #9: Lojas Físicas X Lojas Virtuais

Oi pessoal! Sei que essa coluna está muito sumida aqui do blog, mas uma vez ou outra ela aparecerá, prometo. Bom, o tema de hoje é algo que acaba sempre sendo recorrente na internet: compras em lojas físicas versus compras em lojas virtuais.

O meu foco aqui vai ser totalmente voltado para o segmento literário, ou seja, em livrarias ou lojas que vendam livros.

LOJAS FÍSICAS
https://www.redesudeste.com.br/comunidade/invista-em-um-web-site-para-sua-loja-fisica/
Quando a gente pensa em loja física em segmento literários lembramos de imediato da Livraria Saraiva, Cultura, Fnac e outras, mas também há as lojas de departamento como Walmart e Lojas Americanas que vendem nossas preciosidades.

LADO BOM X LADO RUIM
A melhor coisa em uma livraria física é ter o contato direto com os livros, onde você poder cheirar, folhear e ver todas as nuances e novidades em um único lugar. Sem contar que não haveria espera, assim que você compra, já pode levar pra casa.

No entanto o valor dos livros geralmente são bem mais salgados, amo ir em livrarias, mas quando vejo o preço, chega bate o desânimo.

LOJAS VIRTUAIS
http://www.araraazulweb.com.br/blog/como-montar-uma-loja-virtual
As lojas virtuais está crescendo cada dia mais e até as próprias lojas físicas citadas anteriormente também adotam o uso de vendas por forma digital porque sabe que o número da demanda por esse meio está aumentando.

LADO BOM X LADO RUIM
Devo admitir que amo comprar em lojas virtuais e os meus principais motivos são: O preço que geralmente é bem mais acessível e quase sempre há promoções incríveis (o que é bem raro em lojas físicas). A variedade de lojas para comparação de preços, variedade mesmo dos livros disponibilizados e até mesmo cupons de desconto que sempre aparecem, há também a comodidade de nem precisar sair de casa.

Porém, como nem tudo são flores, não temos o privilégio de assim que comprar já estar com os livros em mãos, pelo contrário, isso pode demorar um tempão. Sem esquecer de mencionar o preço do frete pra algumas regiões do país, como por exemplo o meu nordeste.
~~~

Particularmente realizo sempre compra em lojas virtuais, já que para o bolso acaba sendo mais acessível. Algumas lojas virtuais como Saraiva e Cultura não cobram frete se você solicitar no site que entreguem seus livros em uma das lojas físicas deles, o que é bem legal, já que você pode ir e namorar os livros que estão na vitrine e ainda levar pra casa os que você comprou por um preço bem melhor.

Também tem sites como a Amazon que tem frete fixo, ou seja independente da quantidade de livros vai ser o mesmo preço de frete. Ainda possui a possibilidade de frete grátis, quando você chega a um determinado valor (varia de região). Esse é o método que geralmente utilizo, já que não tem muitas livrarias aqui perto de mim...

DICA MAROTA
Eu citei que uma das facilidades das compras era o fato de termos acessos a cupons de descontos, que particularmente também utilizo muito, já que desconto nunca é demais! A dica marota que deixo pra vocês é a do site Cupom Válido, que reúne cupons de descontos de várias Lojas Virtuais pra gente utilizar sem moderação e claro de forma segura, já que você vai comprar diretamente nas lojas oficiais da loja escolhida.
Acessem: www.cupomvalido.com.br e aproveitem bastante dos cupons e dos descontos! :)
 Cupom Válido
~~~
Qual é a opinião de vocês em relação a Lojas Físicas x Lojas Virtuais? Qual é a que vocês mais compram? E gostaram da dica? Deixem seus comentários, vou adorar saber :)
Beijos
Leia Mais ›

RESENHA: Hoje e Sempre - Nora Roberts

MacGregors #5
Autora: Nora Roberts
Editora: Harlequin
Páginas: 192
Edição: 1
Ano: 2018
Daniel MacGregor sempre soube que construiria um império. Por isso, aos 30 anos e trabalhando para conquistar seu segundo milhão, ele decide que é a hora certa de encontrar a mulher perfeita para casar e começar uma família. As melhores candidatas são aquelas de linhagem forte, silenciosas, bonitas e que queiram ficar em casa cuidando dos futuros filhos. Anna Whitfield não se encaixa nesse perfil. Ela é a única mulher da turma de medicina e aspira ser uma ótima cirurgiã. A última coisa que Anna deseja é se casar e ter filhos, pois isso iria interferir na sua dedicação à carreira médica. Mas Daniel não vai deixá-la fugir da atração que sentem, mesmo que para isso tenha que ignorar seus instintos que imploram por um casamento e aceitar a proposta de Anna de apenas morarem juntos. Essa situação será um escândalo que apenas o amor poderá superar! Finalizando o arco da família MacGregor, Hoje e sempre vai emocionar as leitoras com uma história controversa e repleta de amor!
ESSA RESENHA NÃO POSSUI SPOILERS

Daniel MacGregor é um homem poderoso, que trabalhou muito pra construir seu império e solidificar sua empresa, mas nem sempre foi assim, teve que passar por muitos perrengues quando mais novo e prometeu a si mesmo que conseguiria fazer o nome MacGregor ser reconhecido e que levaria seu sobrenome alcançar inúmeras gerações e pra isso ele precisaria se casar, desejava uma mulher bonita, inteligente e que fosse a típica "bela, recatada e do lar", pra ficar em casa e cuidar dos afazeres e dos filhos. Em uma festa ele acaba se encantando justamente por uma moça oposta a tudo que ele queria...

Anna Whitifield é uma moça bem a frente do seu tempo, enquanto a maioria pensava apenas nos vestidos e em casamentos, ela queria se formar em medicina e ser uma ótima cirurgiã e ajudar as pessoas. Na época isso não era normal para as mulheres, fazer faculdade? e ainda ser médica? Pra Daniel isso era inconcebível, mas foi por ela que se apaixonou. Será que isso iria dar certo?
Hoje e Sempre se passa em 1940, século XX, onde já  havia alguns avanços em relação aos romances de época que estou acostumada a ler, por exemplo já havia automóveis e energia, mas se tem algo que segue por gerações: a posição da mulher na sociedade, apesar de que naquela época a mulher tinha um pouco mais de direitos, ainda havia inúmeras barreiras.
“– Aprecio sua opinião. Acontece que não acredito que existe “profissão de homem” se uma mulher é capaz de exercê-la.”
Quando comecei a ler não sabia nada sobre a história, apesar de adorar romances de época e os seus estilos, fiquei bem incomodada com a forma do Daniel de ver o mundo. Sempre foi muito certo pra ele como uma mulher deveria se portar e os seus deveres, quando começou a nutrir o sentimento por Anna e queria que ela largasse tudo, incluindo seu maior sonho de ser cirurgiã, pra se casar com ele  e isso resultou em mim uma pequena raiva. Mas tudo passou, principalmente pela construção da protagonista.
“Uma mulher de verdade queria um homem de verdade, e uma mulher inteligente não ia ficar sentada em uma torre e esperar ser resgatada. Viveria a própria vida e faria as próprias escolhas.”
Nora Roberts criou uma personagem super empoderada, que ama sim o Daniel, mas ama a si mesma e os seus sonhos e sabe que jamais seria feliz e completa se largasse tudo por causa de um homem. Anna mostrou a força da mulher, com sua garra e resistência que ao invés de acatar tudo que lhe falavam, ia de acordo com que queria e claro que isso gera um desconforto em algumas pessoas, recebendo alguns comentários desnecessários e até mesmo um preconceito, um belo exemplo disso é que era a única mulher na turma de medicina.

O relacionamento entre dois, apesar do Daniel ter me irritado um pouco, foi muito lindo de se ver. O livro é bem curtinho, mas construção do relacionamento deles acabou se tornando gradativa, já que ambos puderam aprender um com outro sobre respeito, amizade, cumplicidade e amor em um relacionamento de um casal. Achei que a Nora foi muito feliz na construção dessa história e desse casal.
“– Amor é uma palavra vazia quando não há respeito. Prefiro não ter amor, a tê-lo de um homem que não pode aceitar-me pelo que sou. Prefiro não dar amor a um homem que não compartilha seus problemas comigo, nem o seu sucesso.”
Só havia tido um contato com a autora, que até gostei, mas sem dúvidas esse foi o que mais me conquistou. Essa nova edição da Harlequin está bem bonita, adorei os tons de verde. Não encontrei erros durante a leitura.

Hoje e Sempre é o quinto livro da série MacGregors, mas conta a história do começo de tudo, já que os demais livros conta a história dos filhos de Anna e Daniel.

Série MacGregors
Jogo de Sedução #1
Destino Tentador #2
Orgulho & Paixão #3
Encanto da Luz #4
Hoje e Sempre #5
Leia Mais ›

TOP 4: Capas com casais quase se beijando

Olá leitores! Tudo bem? Todo mundo aqui já viu capas de livros com casais no quase beijo, com os rostos pertinhos e que a gente sabe que se não fosse a foto, rolaria um beijão daqueles. Hoje trago algumas dessas capas pra vocês conferirem, sabem porquê? Dia 13/04 é o dia internacional do beijo!

De vez em quando eu sempre tento trazer alguma curiosidade sobre algum dia, hoje não seria diferente (algumas são informações inúteis, mas legais de se saber). O dia 13 de abril é considerado o dia do beijo por causa de uma lenda italiana, em uma pequena vila havia rumores que o jovem Enrique Porchelo havia beijado todas as jovens do vilarejo, no dia 13/04 um padre cansado dos rumores resolveu oferecer uma recompensa em moedas de ouro para a mulher que nunca havia sido beijada por Enrique. Ninguém reclamou o prêmio, e ainda de acordo com a lenda esse tesouro segue guardado até hoje em algum lugar da Itália. Interessante, né?!

Eu já havia feito um Top 4 capas, se quiserem conferir cliquem aqui. Mas vamos as capas de hoje? :)

4. MEUS DIAS COM VOCÊ
Essa é uma capa que particularmente eu acho linda! Dá pra imaginar os personagens de acordo com as descrições do livro ou da nossa cabeça e o quase beijo ficou tão meigo. 

3. O JOGO
Eu gosto bastante das capas dessa série, Amores Improváveis, acho bem jovem adulta como a série de fato é. Mas acho tão passado quando colocam esse sol no meio do quase beijo, se repararem a grande maioria usa esse efeito. Ok, algumas até acho bonitas.

2. NO LIMITE DA ATRAÇÃO
Infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler essa obra, porém sei que se trata de um New Adult (Novo Adulto) e sinceramente a capa demonstra muito isso. Eu não desgosto dessa capa, mas também não morro de amores... acho o quase beijo dos personagens ficou ok, mas nada que se chame a atenção.

1. CINQUENTA TONS DE CINZA
Era óbvio que essa capa apareceria por aqui, esse quase beijo a gente sabe bem onde vai parar. Apesar de não conseguir visualizar Grey e Ana com esses atores, acho essa capa bonitinha. O quase beijo deles chama mais atenção.
~~~
Espero que tenham gostado do top 4 da semana!
E aproveitem, que sexta-feira é o dia do beijo... aproveitem da forma que quiserem, lendo ou beijando! :P
Já deixo o meu beijo ;*
Leia Mais ›

PAGINAÇÃO